(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

OAB protocola pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Roussef. LEIA O PEDIDO

Publicados

Brasil, mostra tua cara

Oab protocola pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Roussef by Enock Cavalcanti


 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Juiz Roberto Seror manda Governo do Estado pagar R$ 45.685,83 ao casal Durval e Deuseli Barbosa, médicos veterinários e pecuaristas, e seus dois filhos menores, constrangidos e ameaçados em perseguição injustificada e criminosa comandada pelo delegado Marcos Aurélio Dias Leão e pelo agente Tonico, da Policia Civil de Mato Grosso, na cidade de Confresa. No seu "total despreparo", como caracterizou Seror, policiais chegaram a disparar suas armas contra o casal que buscou refúgio em posto da PM. LEIA A SENTENÇA

Propaganda
1 comentário

1 comentário

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

TSE retoma julgamento de ação que pede cassação da chapa presidencial

Publicados

em


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retoma hoje (28), às 9h, o julgamento de duas ações que pedem a cassação da chapa vencedora das eleições de 2018, formada pelo presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente, Hamilton Mourão. Até o momento, três dos sete ministros da Corte votaram contra a cassação.

O julgamento de duas ações protocoladas pela coligação formada pelo PT, PCdoB e PROS teve início na terça-feira (26). As legendas pedem a cassação da chapa formada por Bolsonaro e Mourão pelo suposto cometimento de abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. De acordo com os três partidos, teria ocorrido o impulsionamento ilegal de mensagens pelo WhatsApp durante a campanha eleitoral de 2018.

Está prevalecendo o voto do relator, ministro Luís Felipe Salomão. Ele reconheceu que houve uso da ferramenta para “minar indevidamente candidaturas adversárias”, mas afirmou que faltam provas sobre o alcance dos disparos e a repercussão perante os eleitores.

“Não há elementos que permitam afirmar, com segurança, a gravidade dos fatos, requisito imprescindível para a caracterização do abuso de poder econômico e do uso indevido dos meios de comunicação social”, disse Salomão. O entendimento foi seguido pelos ministros Mauro Campbell e Sérgio Banhos.

Leia Também:  CARLOS FÁVARO: Agro em MT produziu ilhas de prosperidade, cidades de primeiro mundo, mas esta riqueza ainda não está ao alcance de todos mato-grossenses

Defesa

Durante o julgamento, a advogada Karina Kufa, representante de Bolsonaro, disse que as acusações foram fundamentadas apenas em matérias jornalísticas, não sendo apresentadas provas que tenham relação com a atuação da campanha.

“Com base em tudo o que está nos autos e a comprovação de que nada foi feito pela campanha de Jair Messias Bolsonaro e Hamilton Mourão é que a gente pleiteia a improcedência das ações”, afirmou.

Karina Fidelix, representante de Mourão, também reforçou a falta de comprovação das acusações. De acordo com a advogada, “não houve qualquer comprovação de abuso de poder econômico ou de abuso dos meios de comunicação pelos investigados”.

Edição: Kleber Sampaio

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA