Kadu Moliterno – que se apresenta neste domingo(18), no Teatro da UFMT – explica sua saída da Rede Globo, depois de 35 anos: “Preciso pagar as contas”. Kadu vai atuar em nova novela bíblica da Record

Kadu Moliterno comanda a encenação da comédia "Corra que minha ex-mulher vem aí com os divorciados", a partir das 19 horas deste domingo, no Teatro da UFMT

Kadu Moliterno comanda a encenação da comédia “Corra que minha ex-mulher vem aí com os divorciados”, a partir das 19 horas deste domingo, no Teatro da UFMT

Kadu Moliterno explica ida para a Record: “Preciso pagar as contas”

kadumoliternoO Troféu Sinceridade da semana vai para o ator Kadu Moliterno, que acaba de acertar a sua ida para Record, onde atuará na novela bíblica “A Terra Prometida”, em 2016. Ouvido pela repórter Ana Cora Lima, do UOL, Kadu, que se apresenta neste domingo, no Teatro Universitário, em Cuiabá, ele explicou:

“A Record sempre foi uma opção para quem trabalha na televisão. Estava no mercado e como qualquer profissional, eu tenho que trabalhar para ganhar dinheiro. Preciso pagar as contas. Tenho a certeza que vou ser feliz na minha nova casa assim como fui na Globo.”

O Juba de “Armação Ilimitada” trabalhou na Globo pela primeira vez em 1972, na primeira versão de “Selva de Pedra”. Voltou à emissora em 1978, onde atuou em mais de 20 novelas e minisséries. A sua saída ocorre no momento em que a emissora está revisando a sua política de contratos de longo prazo com atores, preferindo acertos por obra. “Senti o baque, claro, porque foram 35 anos de um vínculo, renovado de quatro em quatro anos. Mas, tudo bem, os tempos estão difíceis para todo mundo”, disse o ator.

Paloma Bernardi, depois de alguns anos na Globo, foi igualmente contratada pela Record para ser uma vilã na mesma novela bíblica. Tal como Kadu Moliterno, ela expressou a sua satisfação com o convite dando uma declaração que permite dupla leitura: “É a primeira vez que me confiam uma protagonista. Li a sinopse e vi que a personagem é tão rica que não tive outra saída a não ser aceitar”.

Nívea Stelmann e Cristina Oliveira também foram contratadas para atuar nesta próxima novela da Record.

 

FONTE UOL

—–

Kadu Moliterno no Teatro Universitário

DC ILUSTRADO – DIÁRIO DE CUIABÁ

Uma maratona de peças teatrais que certamente vai te fazer sorrir. Neste final de semana, o Teatro da Universidade Federal de Mato Grosso recebe um super elenco para protagonizar “Corra que minha ex-mulher vem aí com os divorciados” e ” Os homens querem casa e as mulheres querem sexo”, em sessões às 19h e 20h, no domingo.

Esta será a primeira vez que Kadu Moliterno se apresenta em Cuiabá, e o público pode acompanhar um ator que volta às raízes das artes cênicas ao completar 45 anos de carreira. “Acho que o teatro é a verdadeira arte de representar. TV é uma brincadeira séria; o teatro é só sério. É aquele momento que pulsa, é vida. Nenhum espetáculo é igual ao outro, e um ator que só faz TV nunca vai descobrir a verdadeira arte”, diz o ator.

O texto de “Corra que minha ex-mulher vem aí com os divorciados” conta a história de Jonas que vê seu sonho de família perfeita sendo frustrado. A comédia trata do relacionamento com duas mulheres em uma só: a do início da relação e a do divórcio. Moliterno adianta que, apesar de a ideia central e o texto original se manterem íntegros, os atores atualizam a peça constantemente, comentando os momentos vivenciados no país e no mundo em diferentes aspectos, como, por exemplo, a política, para manter o espetáculo vivo e em diálogo com a atualidade. “A peça é incrível, pois desde a primeira cena ela conquista o público.

Outro espetáculo assinado por Carlos Simões que também vai ser apresentado é ‘Os homens querem casar e as mulheres querem sexo’. A peça traz Jonas como personagem central. Nessa, o elenco formado apenas por Carlos Simões e Hedla Lopes começa a contar a história de Jonas, um rapaz que tenta, de todas as maneiras, encontrar uma mulher para casar. Durante essa busca, muitos tipos de mulheres passaram pela sua vida deixando muitas histórias.

Freqüentador assíduo de casamentos, de conhecidos e desconhecidos, ele briga por todos os buquês e enfeites de bolo. No entanto, depois de mais uma tentativa frustrada, ele resolve ir para o um lounge de casamento, beber e desabafar com seu lado feminino. E é nesse lugar que sua vida se transforma. O espetáculo não acontece apenas no palco e conta com participação do público que, assim que chega ao teatro recebe adesivos nas cores verde (solteiro), vermelho (comprometido), para que casais sejam formados na plateia. Mais informações, 3627-4497

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

17 + doze =