PREFEITURA SANEAMENTO

JUCA KFOURI: Ronaldo disse ter vergonha do País tentando dar uma força na candidatura do seu amigo Aécio Neves. Ronaldo fez uma aposta eleitoral

blog-do-juca (1)

A aposta de Ronaldo

Ao dizer que está com vergonha do Brasil, Ronaldo, que não dá ponto sem nó, busca três objetivos;

eximir o COL das responsabilidades que também são do COL, do qual faz parte, talvez a mais visível;

culpar o governo federal, embora as culpas devam ser divididas também entre os 12 governos estaduais e municipais que receberão a Copa do Mundo;

apoiar a candidatura à presidência do amigo Aécio Neves.

Elementar.

20140525-015655-7015376.jpg

 

———

DILMA PARA RONALDO: “NÃO VAMOS NOS ENVERGONHAR”

:

A presidente Dilma Rousseff respondeu diretamente as críticas do jogador Ronaldo, que disse se sentir envergonhado pelo atraso nas obras da Copa de 2014; “Tenho orgulho das nossas realizações, não temos do que nos envergonhar e não temos o complexo de vira-latas, tão bem caracterizado por Nelson Rodrigues se referindo aos eternos pessimistas de sempre”, disse ela; sobre a oposição, afirmou que não permitirá a volta de “espectros fantasmagóricos”; recentemente, Ronaldo postou uma foto nas redes sociais ao lado do tucano Aécio Neves, referindo-se a ele como “futuro presidente”

 

 

247 – A presidente Dilma Rousseff decidiu responder, diretamente, às críticas formuladas pelo jogador Ronaldo sobre a preparação do País para a Copa de 2014. “Tenho orgulho das nossas realizações, não temos do que nos envergonhar e não temos o complexo de vira-latas, tão bem caracterizado por Nelson Rodrigues se referindo aos eternos pessimistas de sempre”, disse ela, durante discurso no 17º Congresso da União da Juventude Socialista, em Brasília.

Em entrevista à Reuters, Ronaldo disse que se sentia envergonhado pelo atraso nas obras da Copa. Na primeira resposta oficial, o ministro Aldo Rebelo, dos Esportes, afirmou que Ronaldo chutou a bola contra o próprio gol.

Dilma, embora não tenha citado Ronaldo, mandou um recado direto a ele, voltando a dizer que o Brasil realizará a “Copa das Copas”.

Espectro fantasmagórico

No mesmo discurso, a presidente Dilma partiu para o ataque contra a oposição ao afirmar que não irá permitir a volta dos “espectros fantasmagóricos” que aterrorizaram o país no passado. Dilma disse, ainda, que o retorno da oposição ao poder promoveria “atrasos” ao país e que as forças políticas “velhas” resultarão em “desemprego, recessão e arrocho salarial”.

“Quem tem lado sabe que é preciso estar atento, estar ao mesmo tempo com um olho no futuro e com um outro olho no passado. Este olho no passado é para evitar que outros e certos espectros fantasmagóricos tentem voltar com as ameaças às conquistas dos brasileiros”, afirmou em discurso dirigido aos jovens. Embora tenha evitado citar explicitamente o nome de partidos ou de pré-candidatos rivais, a petista mandou vários petardos endereçados ao PSDB do presidenciável Aécio Neves.

Segundo Dilma, os adversários já admitiram, caso sejam eleitos, que irão fazer uso de “medidas impopulares”, bem como reduzir “direitos que o povo e a nação conquistaram”, referindo-se às declarações recentes de Aécio onde o tucano disse que adotará medidas impopulares desde que elas sejam favoráveis ao desenvolvimento do Brasil.

Antes da fala de Dilma, o presidente do PCdoB, Renato Rabelo, já havia feito um discurso onde acusava a oposição de usar a tática do “quanto pior, melhor”. “Não apresentam projeto, não apresentam saídas. Se concentram em tentar desconstruir o governo da presidente Dilma. Esse objetivo deles é o de quanto pior, melhor. Não podemos acreditar em gente desse tipo”, afirmou.

————-

 

ELIANE: CAMPO SOCIAL DEU GUINADA PARA DILMA

:

Colunista Eliane Cantanhêde diz que governo e PT estão ganhando a batalha desta eleição; “Dilma, que patinava, deu uma guinada e puxou tucanos e pessebistas para o campo social”; segundo ela, os novos anúncios do governo – aumento do Bolsa Família, correção da tabela do IR, investimentos em saneamento básico – reforçaram a munição da presidente

 

247 – A colunista Eliane Cantanhêde diz que a presidente Dilma Rousseff e o PT estão ganhando a batalha desta eleição.

Segundo ela, os presidenciáveis da oposição Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), vinham bem quando o debate era Petrobras, crise ética, crescimento baixo, inflação alta, o preço do tomate. Agora, Dilma, “que patinava, deu uma guinada e puxou tucanos e pessebistas para o campo social”.

Para Eliane, os novos anúncios do governo –aumento do Bolsa Família, correção da tabela do IR, investimentos em saneamento básico– reforçaram a munição de Dilma.

————-

BTG, DE ESTEVES, APONTA DILMA NO PRIMEIRO TURNO

:  

Depois de promover uma palestra do senador Aécio Neves (PSDB-MG), em Nova York, em que o tucano apontou a falta de confiança de investidores na economia brasileira, o banco BTG Pactual, de André Esteves, distribui um relatório a seus clientes do Brasil e de fora apontando a tendência de vitória da presidente Dilma Rousseff em primeiro turno; levantamento aponta “larga margem” de vantagem da presidente

 

 

247 – Depois de promover, em outubro do ano passado, um evento em Nova York onde o senador Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou que o Brasil havia se tornado um país “pouco confiável”, o BTG Pactual, do banqueiro André Esteves, distribuiu, nesta semana, um relatório a seus clientes prevendo a vitória da presidente Dilma Rousseff em primeiro turno. Leia, abaixo, reportagem do Entrefatos:

Do Entrefatos – Relatório distribuído pelo banco de investimentos BTG Pactual a clientes ao qual o Entrefatos teve acesso consolida todos os dados das pesquisas eleitorais já feitas para as eleições presidenciais deste ano. No documento do banco produzido pelo BTG em inglês aos seus clientes, Dilma “recuperou alguns de seus pontos” e “provavelmente seria reeleita no primeiro turno”. O documento mostra dados desde junho do ano passado, quando os protestos de rua que tomaram o país causaram abalos na avaliação da presidenta Dilma Rousseff, e mostram que apesar dessa percepção, a vantagem da petista em relação aos adversários segue em alta, e com perspectivas de vitória já na primeira rodada.

Segundo o levantamento, produzido em inglês e que compila os dados de 33 pesquisas, Dilma tem nas intenções espontâneas de voto na ultima pesquisa (Ibope, feita entre 15 e 19 de maio) um total de 22% das indicações de eleitores, próximo dos 27% que a presidenta tinha em junho de 2013 – 27%, em pesquisa realizada pelo Datafolha entre 6 e 7 daquele mês do ano passado. Os 4% que Aécio tinham à época passaram a 8% enquanto que Eduardo Campos (PSB) passou de 1% a 4%.

A intenção de voto estimulada costuma dar vantagem a quem disputa a reeleição, já que a cobertura do noticiário e outras fontes de informação acabam dando destaque maior  a ações do governo.

No quadro que reúne dados de levantamentos feitos de forma estimulada – quando o entrevistado recebe um cartão com os nomes dos candidatos, tendo que indicar quem é seu preferido – Dilma teve 41% no ultimo Ibope, frente aos 50% de junho de 2013, Aécio passou de 14% a 22%, enquanto que Campos foi de 6% a 14%.

O histórico de simulações de segundo turno não é bom para Aécio Neves – se em julho do ano passado, segundo levantamento do Ibope o quadro era Dilma 38% a 26%, agora o levantamento indica 43% a 24%, “larga margem”, segundo ressalta o banco.O banco  ainda aponta que as pesquisas sugerem que a população “tem um grande desejo de mudança”, mas ainda apoiando a presidenta Dilma.

Confira parte das pesquisas extraídas do relatório do BTG Pactual (clique nas imagens para ampliar):

 

 

 

 

 

 

 

 

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.64.226.205 - Responder

    que vexame, ronaldo. agora virou cabo eleitoral. do jeito que gosta de faturar, deve tá faturando nessa também

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

3 − um =