JOSÉ ORLANDO MURARO: Juízes e desembargadores, em Mato Grosso, GANHAM MUITO POUCO pelo tamanho das suas responsabilidades! Um juiz de currutela está recebendo valor equivalente a 500 sacas de soja ou 6.600 sacas por ano, com o 13º salário. E nenhum desembargador chega a ganhar mil sacas de soja por mês

José Orlando Muraro (à direita), o polemista de Chapada dos Guimarães, em seu novo artigo informa que a bronca em que se envolveu com o ex-prefeito de Chapada, Sebastião Treme Terra (à esquerda) já foi arquivada pela Justiça e faz elogios rasgados à política de transparência, adotada pelo desembargador Orlando Perri (ao centro) como presidente do Tribunal de Justiça

José Orlando Muraro (à direita), o polemista de Chapada dos Guimarães, em seu novo artigo informa que a bronca em que se envolveu com o ex-prefeito de Chapada, Sebastião Treme Terra (à esquerda) já foi arquivada pela Justiça e faz elogios rasgados à política de transparência, adotada pelo desembargador Orlando Perri (ao centro) como presidente do Tribunal de Justiça

Sobre vencimentos de desembargadores e o preço da soja

por JOSÉ ORLANDO MURARO

Em primeiro lugar, quero deixar bem claro que não tenho NENHUM processo em grau de recurso perante o Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Entretanto, tenho processos em primeiro grau nas Comarcas de Tapurah, Chapada dos Guimarães e Campo Verde, em sua grande maioria ações criminais contra mim, por força da militância na imprensa, mas estão sendo resolvidos nas próprias Comarcas. Mesmo no conflito com Sebastião Treme-terra, fui absolvido, a partir do pedido do próprio representante do Ministério Público.

Ou seja, a maioria dos grandes processos em que demando, tramita na Justiça Federal, notadamente porque envolve terras da União em Mato Grosso.

Esclarecido este ponto, vamos ao que interessa. Uma das poucas e raras lembranças que tenho do desembargador Orlando Perri foi quando do assassinato de juiz Leopoldino do Amaral ( 07.09.1999). O Tribunal de Justiça sobre pressão e ele, vem a público e declara que iria abrir a sua conta bancária e fiscal para a imprensa. Só levou cacete dos seus pares. Mas foi o único, naqueles tempos difíceis que declarou a sua intenção.

Passados quatorze anos, eis que o mesmo Orlando Perri, agora no comando do Tribunal de Justiça, toma a decisão de publicar no site do próprio órgão os vencimentos dos desembargadores e dos juízes. Novos tempos, amparado em uma lei que exige transparência, acabou retomando a sua decisão de mais de uma década atrás.

Vejamos o caso do Congresso Nacional: o senador José Sarney, enquanto comandou a casa, recusou-se terminantemente a publicar os salários dos parlamentares e, principalmente, dos servidores. Ou seja: nas altas esferas, cumpre a lei quem quer.

Mas como sempre dizia o meu falecido pai: moral é que nem pedra no rim – só dói em quem tem!

Fica aqui o meu reconhecimento à decisão do desembargador Orlando Perri em cumprir e fazer cumprir a Lei da Transparência.

Mas fica aqui também o meu desapontamento: juizes e desembargadores GANHAM MUITO POUCO pelo tamanho das suas responsabilidades!

Vamos fazer só um exercício a partir da MOEDA corrente em Mato Grosso: o valor da saca de soja. Pelos sites especializados, fico sabendo que hoje a saca de soja, de 60 quilos, está cotada, em Sorriso a R$ 62,00 ( sessenta e dois reais).

Rapidamente você chega à conclusão que, com vantagens e tudo mais, um juiz de currutela, está recebendo, por mês, o valor equivalente a QUINHENTAS SACAS DE SOJA, ou 6.600 sacas por ano ( com o 13º salário). E nenhum desembargador chega a ganhar MIL sacas de soja por mês

É muito pouco. Qualquer hectare de terra agricultável e já aberta, em Mato Grosso, está valendo entre 150 e 900 sacas de soja.UM HECTARE apenas. Ou seja, mil hectares valem hoje, entre 150 mil e 900 mil sacas de soja. Mesmo que seja pagando em dez anos, o resultado ainda assim supera e, em muito, os vencimentos do juízes das comarcas mato-grossenses!

Aí vem o problema: um juiz que julga uma causa envolvendo um imóvel de um mil hectares, decide sobre um valor entre 10 milhões e 55 milhões de reais!!! Ou seja, se a cabeça for fraca e o bolso fundo, a corrupção do magistrado é só uma questão de tempo.

No início dos anos de 2003, o Exército encomendou um estudo sobre a possibilidade de envolver as forças terrestres no combate ao narcotráfico. Foi rejeitada a proposta com o seguinte argumento: qualquer traficante que dominava uma boquinha de cocaína ganhava, à época, três vezes o soldo mensal de um general, e na Colômbia este envolvimento foi a fonte da corrupção nas Forças Armadas que quase jogou o país em uma guerra civil.

Mas vamos utilizar outra moeda, agora NACIONAL: os salários dos técnicos de futebol!

Murici Ramalho, para assumir o time do São Paulo até o final desta temporada de 2013 ( e evitar que o time fosse rebaixado para a segunda divisão) pediu e conseguiu a bagatela de 1 MILHÃO E CEM MIL REAIS, por três meses de trabalho!

Mas vamos ver os outro técnicos:

Mano Menezes, técnico do Flamengo, recebe R$ 400 mil mensais. Porém, com os 27,5% de desconto do imposto de renda, Mano recebe cerca de R$ 300 mil.

Gilson Kleina, treinador do Palmeiras, recebe R$ 300 mil mensais. Porém, com os 27,5% de desconto do imposto de renda, Kleina recebe R$ 217,5 mil. Em 1 ano, o treinador ganha R$ 3,9 milhões

Dorival Junior, técnico do Vasco, recebe R$ 300 mil mensais. Porém, com os 27,5% de desconto do imposto de renda, Dorival recebe R$ 217,5 mil

Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, recebe R$ 380 mil mensais. Porém, com os 27,5% de desconto do imposto de renda, Oswaldo recebe R$ 275,5 mil. Em 1 ano, o treinador ganha R$ 4,94 milhões

Cuca, técnico do Atlético-MG, recebe R$ 350 mil mensais. Porém, com os 27,5% de desconto do imposto de renda, Cuca recebe R$ 253,5 mil. Em 1 ano, o treinador ganha R$ 4,55 milhões.

Tite, treinador do Corinthians, recebe R$ 600 mil mensais. Porém, com os 27,5% de desconto do imposto de renda, Tite recebe R$ 435 mil. Em 1 ano, o treinador ganha R$ 7,8 milhões

O Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, em uma entrevista, dias atrás no programa Jogo Aberto, da bela e insuperável Renata Fan, declarou que técnico de futebol tem mesmo que ganhar muito bem: – “é pressão da torcida, pressão dos dirigentes, da imprensa, que acaba indo pra dentro de casa, afeta todo mundo. Técnico de futebol tem que ganhar muito bem mesmo”, concluiu.

Agora, vejamos o outro lado desta história o Zé-mané alcunhado de contribuinte, que paga os vencimentos dos magistrados ( via imposto) é o mesmo que compra ingressos nos estádios para ver o seu time jogar. E pior: concorda com os altos salários de técnicos e jogadores mas se revolta contra os vencimentos dos magistrados.

Alguma coisa está fora da ordem, fora da ordem mundial, cantando com Caetano.

Sustentar que os vencimentos da magistratura são imorais perante os salários dos zé-manés deste País é usar um argumento sem sentido.

Por quê?

Porque MÉRITO e COMPETÊNCIA, É ATRIBUTO DO ESFORÇO DE CADA UM! Quem quer sentar na arquibancada, ao invés de ralar em um banco de faculdade, está lá porque assim escolheu. Até os 39 anos, meu pai tinha somente o terceiro ano do primário. Fez madureza ginasial e colegial e, no mesmo ano ( 1972) entrou para a faculdade de Direito. Já tinha quatro filhos para sustentar. Quando faleceu, em 2012, recebia cerca de 19 mil reais como fiscal aposentado do Ministério do Trabalho.

Vou dar um exemplo de MÉRITO e COMPETÊNCIA aqui da turminha da imprensa: LAURISTELA GUIMARÃES!

A LOIRA, coitada, sem atributos físicos, desmilinguida, só tomava bucha, no quebra-queixo das entrevistas de rua. Até que um dia ela decidiu tocar o pé na miséria, e repaginar a sua própria vida. Quando do lançamento da revista CAMALOTE, eu fiquei apatetado com a qualidade do produto. Era uma coisa muito bela e muito fashion para nós, bugres do cerrado mato-grossense.

Outro dia alguém me contou que fez um tour por alguns países europeus e encontrou a revista CAMALOTE em vários saguões de hotéis, na Itália, França e Portugal! Ao lado da Vogue francesa, e coisas do tipo…..

E quanto ganha Lauristela Guimarães hoje? Não sei e nem me interessa. O que eu sei, com certeza, é que o que recebe é fruto de dedicação, trabalho árduo, MÉRITO E COMPETÊNCIA da loirinha. Beijos para ela….

E por falar em Europa, é bom lembrarmos que, por lá, juiz não tem vencimentos. Tem uma conta em aberto, que ele faz saques na medida de suas necessidades. Tem um controle interno, mas a realidade é esta.

Este assunto ainda vai render, mas aqueles que, como eu, vivem da advocacia, de bater o umbigo no balcão das escrivanias, sabem que precisamos de JUÍZES HONESTOS E INCORRUPTÏVEIS, e com estes vencimentozinho, que não enche nem uma carroça, por mês, de sacas de soja, a coisa vai cada vez ficar pior!


Jose Orlando Muraro Silva é advogado e polemista, editor do jornal “Pluriverso Chapadense”, e reside em Chapada dos Guimarães, MT

24 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.41.94.220 - Responder

    Salário dos magistrados – Parabéns – grande Muraro – mandou muito bem

    Esse tema merece muita atenção e sem titubear concordo totalmente com o ilustre colega. Juiz ganha muito mal, pela responsabilidade e carga de trabalho. Eu sempre disse isso. A magistratura é um sacerdócio, exige muita dedicação e renuncia, quando se está no interior tem que decidir sobre tudo, manda soltar e manda prender, na maioria das vezes não tem suporte do Estado nem do município para fazer valer suas decisões. Está exposto, não tem segurança nenhuma.

    Particularmente nunca quis ser juiz, acho que tem que ter vocação, é fazer uma opção de renuncia até de amigos, a família sofre a ausência do pai ou da mãe/magistrado que leva para casa não raras vezes, pilhas de processos e passa o final de semana na frente de um computador.

    É preciso valorizar o serviço do Magistrado, merece, passou por um concurso seletivo difícil e trabalha muito, quem advoga sabe disso.

    • - IP 189.59.38.114 - Responder

      Qual é o interesse por tras de tal artigo,sr.Naime.É UMA VERGONHA A nossa JUSTIÇA QUE DEVERIA SER totalmente legalista, e que teria a obrigação de cumprir a constituição,que limita os salários dos servidores públicos aos salários dos ministros do STF,o que faz?Cria penduricalhos fajutos e marotos para aumentarem o proprio ganho, em verdadeiro acinte e deboche a toda sociedade.,Uma justiça meia -boca ,que frequenta as paginas policiais com escândalos, vendas de sentenças,advogados se apropriando de bens de clientes,serviços jurisdicionais eternos e fora das regras etc,etc. Agora vem o sr. que parece ser professor,dar uma declaração ridícula e fora de contexto,contra o povo brasileiro.,Quando os juristas vão olhar para a planície onde nós habitamos e deixar de olhar para os próprios umbigos? QUANDO?

      • - IP 179.217.113.150 - Responder

        Raraiiii Osmir até eu vi ele quer atacar a Lauristela Guimarães, deve ser um frustado, e olha sou uma simples leitora não tenho interesse em nada mas, vê como ele ataca ela, diminuindo até os atributos fisicos dela afffff eu se fosse ela metia um processo nesse camarada ai fala serio e nesse site para aceitar assim difamar uma pessoa.

  2. - IP 189.99.187.140 - Responder

    Voce e suspeito e mal informado,sao salarios incompativeis com a qualidade do servico prestado.o tj.de MT,e o pior do brasil,segundo a pesquisa do CNJ.Em todas instancias e varas!

  3. - IP 177.193.159.97 - Responder

    E para ilustrar um pouco mais, temos o sr. Rui Prado, Presidente da FAMATO, ganhando, paaaaaaaaasmem, R$ 50.000,00 (CINQUENTA MIL REAIS) ao mês (segundo suas próprias palavras). E não me venham dizer que tudo bem, pois a entidade é privada. Ledo engano. A citada federação recebe e muito VERBAS públicas. Então, a defasagem pelo que vimos, está, realmente, no PARCO subsidio pago aos nossos magistrados. E aí???

  4. - IP 201.67.77.27 - Responder

    Concordo com Vossa Senhoria, Dr. Muraro, o Magistrado tem que ganhar um salário que condiz que as peculiaridades do cargo, porém, discordo somente do senhor alegar que rala o bucho no balcão das escrivanias, e, no seu belo texto, esquecer dos migalhas de salários que recebem os servidores da justiça de MT. Se o Magistrado produz, é porque atrás dele tem um quadro reduzido e desfalcado de servidores,que ralam o umbigo no balcão das escrivanias para atende-los.Um forte abraço.

    • - IP 177.193.162.192 - Responder

      Carvalho…concordo contigo…a vantagem da transparencia é esta: o contribuinte pode analisar os fatos. Tenho perdido um tempo danado levantando folhas de pagamentos dos times do Brasileirao série A…..é no confronto dos dados que a coisa se explicita….o Rosenwal, que foi meu aluno na UNIC, tem que vir a publico e apresentar os dados sobre o numero de servidores do Judiciário e o total da folha de pagamento….vou te adiantar o seguinte: a NOSSA CAIXA, empresa publica, paga por m^es ao meu time, o Corinthians, cerca de 8 milhoes de reais…..quase a folha dos servidores do Judiciário???? Nao sei…..mas esta resposta eu quero ter…abracos….vamos continuar esta discussao..

      ..

  5. - IP 179.253.7.42 - Responder

    Ai qui dó, qui dó!

  6. - IP 187.4.97.223 - Responder

    Nós servidores do TJMT, queremos um pouco da migalha que sobra da mesa dos juizes e desembargadores para nós. Somos gente que come, bebe, tem necessidade e família para sustentar. Somos nós que fazemos o trabalho de formiguinha. Os Deuses do Tjmt não trabalham sozinhos. E não queremos o direito deles e sim nossos direitos (restos a pagar). Que o TJMT, sabe que temos direito e não nos pagam. No dia do servidor não temos nada a comemorar. Fica aqui o meu lamento.

  7. - IP 177.193.185.158 - Responder

    Amigo…
    Já que gosta de fazer levantamentos…
    Faça um que mostre quantos e quais de nossos juizes e desembargadores possuem fazendas, e produzem soja e bois. Levante a vida financeira desses vampiros de tôga e mostre-nos quão compatíveis são seus vencimentos e seus bens. E parabéns por fazer analogia entre salário de juiz e agronegócio. Gostei. Entendi como um trocadilho oportuno…afinal…eles são loucos por terras. Mas que tal fazer a comparação com sacas de MILHO ao invés de soja, ilustrando quantos hectáres são necessários para a correspondente produção equivalente…? Quanto a comparar os salários dos mesmos aos valores das demandas envolvidas…ISSO É RACIOCÍNIO PRÓPRIO DE MALANDROS, PILANTRAS E DESONESTOS. Quanto deveria ganhar um mecânico que dá manutenção ao carrão do juiz? Quanto deveria ganhar a doméstica que cuida de seu apartamento na Av. do CPA? Quando deveria ganhar a puta que faz programas com eles? E quanto deveria ganhar toda a cadeia de servidores do judiciário envolvidos no trabalho dessas tais demandas? Deveria então ser rateado? Com base em que critérios? SE ISSO É MENTALIDADE DE PROFESSOR, IMAGINA A DOS ALUNOS QUE INFLUENCIA. Deve ser por isso que tem tanto advogado roubando da familia dos presos…será que vc talvez seja professor de ética do direito…? Não duvido…(Em Tempo: VAI PRA PUTA QUE TE PARIU!)

    • - IP 189.31.2.248 - Responder

      CARLÃO QUERO TE DAR OS PARABÉNS PELA LOGICA DO SEU ARGUMENTO!! O QUE FAZ UMA PESSOA HONESTA NÃO É O QUANTO ELE GANHA, SE ASSIM FOSSE, OS SERVIDORES DO TJ/MT (NA SUA MAIORIA), ESTARIAM SENDO DESONESTOS E SABEMOS QUE SÃO PESSOAS HONESTAS, OS QUAIS TRABALHAM EM OUTRAS ATIVIDADES PARA TER UM COMPLEMENTO DE RENDA. SERÁ QUE ELES NÃO ATUAM EM PROCESSOS DE ALTOS VALORES?????? SE ESSE ADVOGADO É PROFESSOR, FICO COM PENA DOS SEUS ALUNOS!! RACIOCÍNIO SUPER DISTORCIDO.

  8. - IP 189.62.40.32 - Responder

    Se os Desembargadores estaduais do nosso TJMT ganham pouco imagina os juízes federais e do trabalho que ganham menos que metade do salário dos juízes estaduais. Na prática, um juiz estadual iniciante recebe líquido no fim do mês o dobro do que ganha um Desembargador federal ou do Trabalho. Basta olhar a folha de pagamento na internet. O subsídio líquido de um juiz federal é de R$ 16 mil e de um juiz estadual mais de R$ 20 mil, sem contar que esse último recebe uma remuneração a mais a cada 6 meses para comprar livro, nas férias o adicional é de 100%… Estranho esse artigo… A Justiça do Trabalho que é mais célere, funciona em MT e seus juízes ganham metade do salários do estaduais, ninguém fala nada…

  9. - IP 189.74.61.86 - Responder

    e os medicos da rede municipal que podem um dia salvar a vida de qcada uma que comentaou recebe ao total com “mensalinhos” r5800,00 cinco mil e oitocentos reais! s conseguir arruma dois 3 empregos chega ao maiximo de 16000,00 3 plantoes por semana à noite. que vidão tem tem esses senhores. vão levar muito dinheiro consigo quando morrerem

  10. - IP 186.213.226.254 - Responder

    Cadê nossos direitos? Cadê os 16%?

  11. - IP 187.68.52.221 - Responder

    caramba quanta idiotice escrita acima…….bando de invejosos….se querem ganhar bem estudem direito…façam concurso e sejam aprovados…mas não fiquem a agourar a vida alheia pela sua própria ignorancia e incompetência..

    • - IP 64.20.10.221 - Responder

      Condordo com vc Augusto, na vdd quem escreve acima, com algumas exceções são uns bando de analfabetos e frustrados, que não conseguem sair do mesmo lugar e ficam com vergonha de olhar para os seus próprios filhos ante as suas incompetências.

      • - IP 189.59.54.91 - Responder

        Rafael e Augusto:ou são magistrados ou filhos ou genros de magistrados ,enfim a elite predadora do TJ.Produto do meio que debocha e ri do povo brasileiro.Suas horas vão chegar.No bom sentido, quando surgir um homem com H maiúsculo que peite esses debochados e criminosos,sim criminosos do colarinho branco e engomadinhos,, pois apropriar de dinheiro publico,seja de que maneira for; é PECULATO!

  12. - IP 189.59.63.65 - Responder

    Em MT um magistrado não ganha menos de R$ 600 mil por ano, ou seja, ganha R$ 50 mil por mês, quase 80 salários mínimos por mês, enquanto os servidores ganham na media 5 salários mínimos por mês. Afinal QUEM GANHA MAL?

  13. - IP 189.10.25.189 - Responder

    Sou Técnico – mas no TJ/MT – Olha senhores, nunca questionei salários de outros, quero mesmo que os desembargadores ganhem muito bem, porque com certeza eles irão olhar pelos coitados dos servidores. Sinceramente, não gosto de futebol só porque os jogadores são totalmente analfabetos, ganham milhões sem trabalhar, para mim futebol não é trabalho é mera diversão, enquanto que quem trabalham neste pais ganham pouco. A matéria foi ótima.

  14. - IP 187.54.246.123 - Responder

    Acho que juizes tem mesmo que ganhar muito bem. Não concordo apenas com a forma de raciocínio de comparar a riqueza do cliente ou o valor da causa, como justificativa para aceitar suborno e vender sentença. É isso que o articulista argumentou. Quanto aos idiotas que chamam questionamentos éticos da sociedade de inveja, incompetência e vergonha dos filhos, devo dizer que quanto a mim não procede. Sou estudado, honesto, trabalhador e ganho muito bem. Sou orgulho dos meus filhos e não tenho inveja de juiz corrupto e ladrão. Tenho pena desses vampiros que se sujeitam a comer bosta em troca de prestígio e bens. E o outro sentimento que eles despertam em mim é o da violência. Sinto vontade de eliminar a todos os corruptos vagabundos da face da Terra!!!

  15. - IP 187.54.246.123 - Responder

    Pior que um rato sujo nojento que vive invadindo os lares para roubar e se esgueirando pelos esgotos escuros, só mesmo as pulgas e carrapatos que sobrevivem no couro do seu saco pois só assim conseguem sobreviver. Que orgulho os filhos desses parasitas devem sentir deles!!!

  16. - IP 177.4.189.130 - Responder

    Ridícula essa reportagem, ridícula a comparação que foi feita em relação aos ganhos dos magistrados e vergonhoso o puxa-saquismo relatado pelo Sr. Muraro… Vem a público defender quem não necessita e pior defender os vencimentos altíssimos dos Juízes e Desembargadores… Se um juiz julga uma causa de R$ 50 milhões deve ganhar muito mais, então o que diria de um Policial que defende vidas humanas (não tem preço), ou um Bombeiro que salva vidas. Quanto eles deveriam ganhar então? Por favor Sr. Muraro reflita antes de publicar asneiras, seu puxa-saco.

  17. - IP 189.59.63.160 - Responder

    VERGONHA e´ ter inveja dos juizes e do salario. eles fizeram por merecer . pensa que é ffácil passar em um concurso desse porte isso é pra que tem gabarito n~ para quem quer.

  18. - IP 177.4.189.130 - Responder

    caramba…as premissas são por demais equivocadas desse sujeito chamado CARLÃO…pois parte da premissa que todos os juízes são corruptos…que asneira…é a mesma coisa que eu achar que todos os caras chamados CARLÃO são…várias coisas que prefiro nem falar….viu a lógica sem lógica dele??// estamos a viver uma desconstrução da sociedade e isso é perigoso…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

seis + sete =