JOSÉ ORLANDO MURARO: Coronavirus, a vingança dos pangolins, o golpe do general Ogrão e a extração da gordura de tutano

Coronavirus: a vingança dos pangolins, o golpe do general Ogrão e a extração da gordura de tutano

POR JOSÉ ORLANDO MURARO

 

Tento que inventar o que fazer…..nestes dias de isolamento. Tenho 63 anos, 15 malárias, 2 leishmaniose e sabe-se lá o que mais…..

Como sempre escrevo, e alerto os leitores, tenho uma atrofia em uma parte do cérebro (sistema límbico) e sou classificado como portador da síndrome de Asperger. Tem o lado escuro da força (explosão de violência, exaustão mental , alcoolismo) e a probabilidade -80%- de acabar com esquizofrenia- loucura total…. mas tem o lado bom (ganho colateral da doença) denominado marcadores biológicos.

Como Asper tenho dois marcadores biológicos bem determinados: número elevado de leucócitos (glóbulos brancos) no sangue. Todo mundo tem até 11 milhões por milímetro cúbico. O último exame de sangue apresentou que tenho 13.100 milhões. Já cheguei a ter 16 milhões e o médico perguntou se eu tinha AIDS!

Os autistas também apresentam taxa elevada de leucócitos brancos no sangue. É um marcador biológico.

O segundo marcador biológico dos ASPER é o nível elevado de SEROTONINA no sangue. Este hormônio é responsável pela alegria e felicidade. Estou sempre feliz…..sapato furado eu coloco um papelão…a calça rasgou, peço pra Nilza , a costureira, remendar e sigo em frente pendurando meu jornal nos postes da rua! Um ASPER, criança ou adulto, tem estas características: detestamos pessoas porque somos felizes, e bem felizes, sozinhos!

Odiamos quando tentam nos socializar!

Os autistas também são felizes sozinhos, no canto e no silêncio deles!

Portanto não me cobrem um texto sisudo, de rabicó trancado. Aqui vai na alegria e na ironia!!

Mas agora vamos à vingança dos pangolins.

Tem uma matéria no jornal espanhol EL PAIS (em português) de hoje, em que narra que diversas pesquisas feitas em animais apreendidos na China, Austrália e Tailândia revelou que a carne dos pangolins abatidos ( e mantidos congelados) apresentam um vírus com um genoma muito próximo do atual COVID-19.

Os pangolins são abatidos e vendidos livremente em mercados do Oriente. É uma espécie ameaçada de extinção. Compensa ler a matéria no EL PAIS.

Mas os pangolins, antes da extinção total, num surto de vingança inexplicável contra a humanidade, resolveram dar o troco. Eis aí a possível origem da contaminação pelo coronavirus em seres humanos. Vai idiota…vai comer “carne de caça”!

E no nosso pedaço, já está comprovado que o tatu é o grande transmissor da hanseníase (lepra)…..vai idiota…. vai fazer farofinha de tatu!

A matéria do EL PAIS tem a foto de um mercado com corpos inteiros e retalhados de pangolins. Compensa ler e repensar sobre o assunto….se puder, repassem para todas as crianças e jovens que estão entediados e confinados. Esta é a lição de casa: abater e comer animais silvestres tem conseqüências graves.

A segunda matéria do EL PAIS de hoje que quero comentar é a manchete da capa: militares se unem ao vice –presidente, general Hamilton Ogrão e avaliam cenários de médio e longo praza para afastar o presidente Jair Messias Boçalnarus.

Isto tem que ser feito antes do prazo para a renovação da concessão da Rede Globo, que vence em 2021 e o atual (ainda) presidente disse que só irá renovar se aquele oligopólio de comunicação pagar, quitar, todos os impostos atrasados que deve para a União.

O importante desta matéria do EL PAIS, importantíssimo, é que a cúpula militar aliada ao vice Ogrão, traça o seguinte cenário para 30 ou 60 dias: se a pandemia se alastrar de forma incontrolável, com milhares de mortos, a culpa será do Presidente, que determinou a reabertura do comércio. Eles vão colar a responsabilidade no lombo do boçal que ocupa a presidência.

E afastá-lo! É trocar merda por bosta…mas salva a Rede Globo!

Por outro lado, se a pandemia arrefecer ou surgir um medicamento eficaz que a controle, o grupo golpista Globo-Ogrão continuará na moita esperando outra oportunidade.

Outra boa matéria do EL PAIS. Existe ainda este tipo de jornalismo analítico, ao lado das outras especificidades da nossa profissão: investigativo, noticioso, médico, esportivo, etc…

Aos pais reclusos, eu indico a leitura da análise feita no dia de hoje (28.03) no citado site do jornal EL PAIS.

O terceiro assunto que quero abordar é sobre a extração da gordura do tutano.

Vamos lá.

A antropologia sempre sustentou que foi a gordura do tutano que permitiu à nossa espécie ( homo sapiens) sobreviver enquanto outras (neandertais, hobits, dowsonianos, etc) sucumbiram no último período glacial ( que durou 120 mil anos e findou há 12 mil anos).

Levei tempo para entender porque nossos antepassados tinham predileção em quebrar ossos longos de animais e se alimentarem do tutano.

Hoje sei que a vida naqueles tempos era bem difícil para nossos ancestrais. Quando abatiam um animal, não podiam ficar por ali dando bobeira. Outros animais carniceiros (tigre dentes-de-sabre e outros) seriam atraídos pelo cheiro do sangue e os caçadores acabariam sendo comidos. Era derrubar o bicho, tirar a parte que desse para carregar e se pirulitar do local.

Outra alternativa de sobrevivência era esperar que os carniceiros devorassem a caça e se apropriar dos ossos longos da carcaça, para retirar o tutano.

Utilizando a sabedoria dos ancestrais, resolvi produzir a gordura de tutano para usar na alimentação e aumentar a minha imunidade.

Receita do chief…..

Fui no açougue do mercado e pedi para um assentado da Monjolo, que é o açougueiro, que cortasse o osso longo do boi em pedaços pequenos. Os açougueiros não fazem isto, alegando, com certa razão, que cortar aquele osso longo superior da pata do boi “cega” a serra fita. Eles cortam a parte de baixo da canela do boi e vendem como osso buco, porque é um osso mais fino.

Mas, enfim, consegui que o amigo cortasse dois ossos da parte superior da perna da carcaça que ele estava desossando.

Coloquei os ossos, em pé, dentro da panela de pressão. Mandei água e coloquei para ferver.

Tempos depois, retirei os ossos e, com uma faquinha de cozinha, fui retirando o tutano.

PRIMEIRO ERRO: deveria ter colocado o tutano em uma peneirinha de metal, para separar o óleo do tutano.

Joguei os ossos fora e devolvi o tutano para a panela de pressão. Fervi de novo e deixei descansar a noite toda. A noite toda!!!

Na manhã do dia seguinte abri a panela de pressão e lá estava: uma prancha de três dedos, amarela, flutuando sobre o tutano cozido.

A gordura do tutano!!! Com uma escumadeira fui recolhendo em pedaços e depositando, aí sim, em uma peneirinha de metal.

Depois joguei a água em outra peneirinha e salvei o tutano, propriamente dito.

Hoje não uso mais banha de porco ou óleo de soja. Sigo a receita dos ancestrais. Uso somente gordura de tutano para cozinhar. E é muito pouco que eu coloco para fritar. É uma gordura bastante forte. Dá para entender o papel da gordura de tutano na sobrevivência da humanidade.

O tutano propriamente dito, eu frito e depois mando o arroz ou miojo pra cima. Bom demais. Outro dia fritei o tutano e mandei a farinha PINDUCA prá cima. Farofa de tutano, frita naquela gordura abençoada pelos ancestrais!!

Se vai aumentar a minha imunidade, é uma possibilidade. Mas que o rango fica bom demais, isto lá fica!


Gordura de tutano no coronavírus!

JOSE ORLANDO MURARO SILVA
Advogado e jornalista
Editor do folhetim PLURIVERSO CHAPADENSE
Portador da Síndrome de Asperger

————————-
CONFIRA A SELEÇÃO DE VIDEOS SOBRE O AQUI E AGORA FEITA POR ENOCK CAVALCANTI NO VIMEO

Médica espanhola recomenda sexo a cada dois dias para melhorar a imunidade frente ao Covid 19. Sexo melhora o humor das pessoas from Enock Cavalcanti on Vimeo.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

20 − dezessete =