Jornalista Nivaldo Queiroz expõe no Facebook drama por falta de remédio.As três caixas do medicamento Tarceva 150 mg, que é importado, deveriam estar na Farmácia de Alto Custo, segundo Nivaldo, há pelo menos nove dias. Cada caixa com 30 comprimidos custa R$ 7 mil.

As três caixas do medicamento Tarceva 150 mg, que é importado, deveriam estar na Farmácia de Alto Custo, segundo Nivaldo, há pelo menos nove dias. Cada caixa com 30 comprimidos custa R$ 7 mil.

Na dependência por caros medicamentos para tratar do câncer de pulmão, o jornalista Nivaldo Queiroz, 55 anos, formalizou, nesta terça-feira, uma denúncia na Ouvidoria da Secretaria de Estado de Saúde cobrando providências referentes ao atraso na entrega dos remédios pela Coordenadoria de Assistência Farmacêutica (CAF), que é mantida por uma organização social de saúde.

A denúncia será analisada pelo Conselho Estadual de Saúde. Se dentro de 15 dias a situação não for resolvida, o Conselho acionará o Ministério Público Estadual. O caso ganhou repercussão depois de Nivaldo utilizar a rede social Facebook para compartilhar a sua situação.

As três caixas do medicamento Tarceva 150 mg, que é importado, deveriam estar na Farmácia de Alto Custo, segundo Nivaldo, há pelo menos nove dias. Cada caixa com 30 comprimidos custa R$ 7 mil. “Cada dia que fico sem tomá-lo a doença se agrava”, afirmou.

Nivaldo possui um tumor maligno de 5,75 centímetros em cada pulmão. O remédio, segundo ele, reduz e estabiliza o tamanho dos tumores, elimina outra série de pequenos nódulos cancerígenos que se formam nos pulmões e não faz os cabelos cair. O jornalista contou que o tratamento com o remédio, por ser menos agressivo, o ajuda a levar uma vida mais saudável.

Ele disse que o Tarceva 150 mg contribui, inclusive, para ter uma melhor noite de sono. “Quando estou medicado não tenho que ficar acordando toda hora para tossir”, argumenta.

Nivaldo Queiroz é jornalista em Cuiabá, Mato Grosso

Nivaldo, que garante nunca ter sido um fumante inveterado, descobriu a doença em maio de 2006 e, no mesmo ano, em agosto, realizou a sua primeira cirurgia para retirada de tumores. Outras duas, no ano seguinte e em 2009, vieram depois.

Até fevereiro do ano passado ele se tratava por meio de quimioterapia. O uso do Tarceva foi sugerido por um oncologista norte-americano, durante uma visita ao irmão que mora no estado do Texas, ano passado. Por meio de uma portaria administrativa, o Estado bancou o medicamento a Nivaldo de junho a dezembro de 2012.

A SES assegurou, por meio da assessoria, que já foi feito o pedido e que amanhã o medicamento já estará disponível na Farmácia de alto Custo. A SES informou que o atraso se deu pela demora de Nivaldo em fazer o pedido de renovação. Ele contesta, afirmando que fez tudo dentro do cronograma. (HF)

fonte DIÁRIO DE CUIABÁ

8 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.3.38.56 - Responder

    Esta história de “atraso para fazer o pedido” é balela dos (ir)responsáveis pelo setor. Moro em Sinop-MT e encaminhei um processo para meu pai, no mês de novembro/2012, que encessita de dois medicamentos para tratamento de problema de próstata, e até hoje (17/01/2013) não chegou o remédio. Cada vez que procuro a Secretaria de Saúde do Município as respostas são sempre as mesmas: não tem, não chegou, é de responsabilidade do Estado, problemas de licitação, etc… etc…
    E cada vez que vou, percebo a angústia dos pacientes que chegam lá e recebem a mesma resposta. A lista de remédios em falta é enorme.
    Quem tomará providências quanto a este descaso do governo quanto à Saúde Pública que é direito do cidadão, conforme artigo 196, da Constituição Federal???? (Art. 196 – A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação).
    Creio que devemos nos unir para denunciar o descaso. Sei que poderá haver alguém que conteste esse comentário. Peço então que vá ver de perto a situação.

  2. - IP 189.59.48.99 - Responder

    Se resgatassem todo o dinheiro do estado brasileiro tirado indevidamente pelos sanguessugas e congêneres, com certeza a farmacias de alto custo deste pais estariam supridas de tudo quanto é medicamento solicitado pelo cidadão necessitado.

  3. - IP 187.90.106.218 - Responder

    Enock:

    Ouvi na TV que estão fazendo quota para comprar o remédio do Nivaldo. Como a gente pode ajudar?

  4. - IP 187.20.144.10 - Responder

    Minha mãe precisa do tarcev. Se alguém tiver vai nos deixar felizes e aliviados. Pois com um mês de tratamento reduziubo câncer que ela trata a cinco anos. Muito obrigada. [email protected].

  5. - IP 201.17.178.231 - Responder

    Minha mãe está precisando medicamento Tarceva 150 mg para tratamento câncer pulmão. Se alguem tiver esse medicamento disponível para doar, agradeço desde já. Foi diagnosticado há uma semana.

    • - IP 189.10.128.117 - Responder

      OLÁ, ME CHAMO KARIN ,E SE AINDA ESTIVER PRECISANDO DO TARCEVA ENTRE EM CONTATO,POR FAVOR,TENHO UMA CAIXA QUE INFELIZMENTE MINHA MÃE AGORA EM DEZEMBRO NÃO CHEGOU A USAR,MAS QUE TERIA O MAIOR SATISFAÇÃO SE A SUA PODER FAZER USO.MEU EMAIL É [email protected]

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 + 9 =