Jornalista com passagens por emissoras como Band, Rede TV e SBT, Jorge Kajuru está desaparecido desde o início da tarde de sábado, 2

kajuruJorge Kajuru está desaparecido, informa produtora do jornalista

Jornalista com passagens por emissoras como Band, Rede TV e SBT, Jorge Kajuru está desaparecido desde o início da tarde de sábado, 2. A informação foi divulgada por meio do perfil mantido pela equipe do comunicador no Twitter. Ao anunciar o paradeiro desconhecido do apresentador, a moça que revelou se chamar Aline Silva e trabalhar com ele há 25 anos, mas que tinha se identificado anteriormente como “produtor e redator”, definiu que o caso está “muito estranho”.

 

Segundo a informação da produtora, Kajuru estaria desaparecido desde às 14h. Por volta 23h de sábado, porém, identificando-se como o próprio cronista esportivo, o perfil no microblog chegou a publicar duas mensagens de cunho político. Na primeira, retuitou opinião do site cristalvox.com.br, dando conta de que “vem aí um terremoto contra ministros do STF e STJ”, afirmação feita com base na coluna de Jorge Bastos Moreno em O Globo.

Na segunda mensagem, publicada às 23h02, o @realkajuru usou linguagem em primeira pessoa para elogiar o trabalho de Vladimir Netto, repórter da TV Globo em Brasília e autor do recém lançado Lava Jato – O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil. “Seu livro sobre a Lava Jato é ima jóia rara. Te respeito e sou grato por 1.999”, afirma a mensagem que pede para o colega global não ir a Goiânia, cidade onde Kajuru mora. O jornalista sempre garantiu que teve a morte encomendada por um político em 1999.

Identificando-se como a produtora, o perfil do Twitter deixou telefone para contato para receber informações sobre o paradeiro do jornalista: 62 981-463-203. Ao divulgar o número, a profissional chegou a responder um internauta que questionou a razão de ela publicar conteúdo opinativo depois do desaparecimento de Kajuru. “Você tuita por vontade própria e em cima de seus conceitos, não pela cabeça e pensamentos dele”, escreveu o seguidor. “Tolinho, eu e ele somos jornalistas e pensamos iguais em tudo”, respondeu a responsável pela conta @realkajuru.

A reportagem do Portal Comunique-se tentou entrar em contato por meio do telefone divulgado no Twitter, mas o número está programado para não receber ligações. Em troca de mensagens, a responsável pela conta chegou a afirmar que Kajuru teria desaparecido na quarta-feira, 29 de junho, e que poderia ter ido ao Rio de Janeiro. No início da tarde deste domingo, 3, perguntas foram enviadas a fim de esclarecer as informações a respeito do sumiço do jornalista – com as eventuais respostas, a matéria será atualizada.

Tweets Organizados por ‎@comuniquese

Jorge Kajuru

  1. Alo @wnetto Vladimir Neto, seu livro Sobre Lavajato é ima jóia rara. Te RESPEITO e sou grato por 1.999 em Goiás, Evita Goiana

  2. Sou produtor e redator do Kajuru. Socorro, ele está desaparecido desde as 14hs do sábado. Tudo muito estranho, e

  3. Quem tiver informação dele, por favor ligue no 062–981-46-32-03.

  4. Nossos amigos reais da imprensa já estão em ação e escolheram só os policiais super confiáveis. Deus conosco, vai dar tudo ok

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezesseis + vinte =