(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

Lula: salvação do país foi consumo interno

Publicados

Brasil, mostra tua cara

Luís Inacio Lula da Silva, o metalurgico-presidente, continua mais ativo do que nunca, participando de eventos políticos no Brasil e em outros diversos países


Ex-presidente lembra da ascensão de 40 milhões de brasileiros para a chamada nova classe média em seu governo e ressalta que quando assumiu o governo, o País tinha apenas R$ 380 bilhões em crédito disponível para o mercado – hoje já são R$ 2 trilhões
247 – Na iminência de reajuste da taxa Selic em mais uma tentativa do governo de controlar a inflação e manter o Brasil na linha do crescimento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lembrou nesta terça-feira que em seu governo “a salvação do País” foi o consumo interno.
“De vez em quando, eu vejo umas pessoas dizendo que o Brasil precisa exportar mais, que não tem de ficar olhando para o mercado interno. A salvação deste País foi o mercado interno”, afirmou, durante discurso dos 90 anos do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região.
Lula também relembrou a ascensão de 40 milhões de brasileiros para a chamada nova classe média e ressaltou que quando assumiu o governo, o País tinha apenas R$ 380 bilhões em crédito disponível para o mercado e que hoje já são R$ 2 trilhões para o mercado interno
fonte BRASIL 247

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  DILMA NO REINO DOS HOMENS PROBOS DO CONGRESSO: A votação no Senado da PL do pré-sal revelou, em toda crueza, o nível atual do poder presidencial. A presidente está literalmente refém de chantagem política. Com o enfraquecimento do poder presidencial, três dos mais notórios operadores do Senado – Renan Calheiros, Romero Jucá e José Serra – se uniram para recriar o “centrão” – o grande balcão de negócios que, em alguns momentos de vácuo político no país, é constituído para barganhar favores com presidentes fracos.

Propaganda
2 Comentários

2 Comments

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

Publicados

em

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) apresentou hoje (12) registro de candidatura à Presidência da República no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A chapa terá Padre Kelmon, do mesmo partido, como candidato à vice-presidente.

Jefferson declarou à Justiça Eleitoral lista de bens avaliados em R$ 745 mil – valor investido em aplicações financeiras. Kelmon declarou R$ 8,5 mil aplicados em caderneta de poupança.

Na proposta de governo enviada ao TSE, a chapa defende a liberdade como princípio fundamental, direito à legítima defesa, ao porte de arma de fogo, a criminalização da “cristofobia”, o agravamento da pedofilia como crime hediondo e a proibição da legalização, venda e cultivo da maconha.

Na educação, os candidatos defendem a remuneração digna aos professores, ensino universitário gratuito, mas reembolsado pelos formados, e a erradicação do analfabetismo.

No meio-ambiente, propõe a exploração racional dos recursos naturais e equilíbrio entre desenvolvimento econômico e proteção à natureza.

Até o momento, o TSE recebeu 11 pedidos de registros de candidatura à Presidência. Para os cargos de deputado estadual, federal, distrital, senador e governador, o registro é realizado nos tribunais regionais eleitorais.

Leia Também:  PSOL lança candidatura de Luciana Genro à Presidência da República."Quero ser a porta-voz das ruas", diz a candidata para quem Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) representam projetos burgueses

O pedido de registro é uma formalidade necessária para que a Justiça Eleitoral possa verificar se os candidatos têm alguma restrição legal e não podem concorrer às eleições de outubro.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA