Jairo Rocha e Vilson Aguiar choram na despedida do PT

Jairo, até muito recentemente, era secretário geral do PT em Mato Grosso e Vilson Aguiar presidente do PT em Cuiabá

O Partido dos Trabalhadores de tantos rachas registra mais uma racha em Cuiabá. Líderados por Jairo Rocha e Vilson Aguiar, cerca de duzentos filiados que militavam no grupamento da Articulação de Esquerda, em Cuiabá, anunciaram, nesta quarta-feira(17) sua saída tanto da Articulação de Esquerda quanto do Partido dos Trabalhadores. Entre as alegações para a retirada, a denúncia de o candidato Lúdio Cabral lhes propõs isolar a ex-senadora Serys dentro do PT e também uma crítica política à atuação do candidato petista à Prefeitura da capital. De acordo com Jairo e Vilson, Lúdio passou a atuar, neste segundo turno da eleição, como um marionete do ex-secretário da Secopa, Éder Moraes e do presidente da Assembléia, o deputado super-processado Geraldo Riva.
Em coletiva à imprensa, no Plenarinho da Câmara Municipal, tanto Jairo quanto Vilson, em alguns momentos, se deixaram vencer pela emoção e foram aos prantos, diante de dezenas de repórter. São mais de 30 anos de militância, lamentou-se Jairo.
O grupo deve se incorporar imediatamente à campanha de Mauro Mendes e se manter sem filiação partidária até o inicio de 2013, quanto será feita uma avaliação da conjuntura municipal e dos possíveis novos rumos a serem seguidos.

Durante a coletiva foi ressaltado que nem a ex-senadora Serys Slhessarenko nem o vereador eleito Arilson Silva pretendem se afastar do PT neste momento. Do grupo que se afasta, agora, fazem parte também os ex-dirigentes municipais Jair dos Santos, Mardesen Evilásio e Marina Moraes. O vereador reeleito pelo PDT, Adevair Cabral, esteve no Plenarinho para solitarizar-se com os ex-petistas.

 

Vilson Aguiar, que deixa a presidência municipal do PT e a militância na Articulação de Esquerda, é professor da rede estadual e ativista do movimento comunitário na região do bairro Santa Isabel, em Cuiabá (fotos Dinalte Miranda/Centro Oeste Popular)

3 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.65.243.34 - Responder

    Sai chorando do PT e, entra sorrindo no PSB!

    – Estranho – ou não – um grupo que a muito tempo não pede voto nos candidatos do PT e faz política para MM dentro do PT.
    – Todo mundo sabe que Jairo é um dos principais conselheiros políticos de M2 e que sua turma vem trabalhando a favor dele, faz uma hora já.
    – Não eram mais PTistas!

    Mas… e Serys? E Arilson? como ficam!?

    O PT perde mais alguns que estavam no PT e já não são PTistas há um bom tempo.

  2. - IP 201.25.81.30 - Responder

    Será que isso convence alguém, lágrimas de crocodilo, já faz anos que não militam no PT, agora sim estão no seu devido lugar, pois precisam de um patrão(antes era a serys, que não deu mais conta), agora sim o que MM não mandar, APB mandará vcs fazer..rsrsrs
    Ninguém vai divulgar muito isso pois, é um fato sem importância, além de uma atitude tardia, já deveriam ter sido convocado a muito tempo a se retirarem, mas ninguém queria gastar saliva com vcs para fazer esse convite…
    Vão tarde e MM, APB, Taques, Maggi e cia façam bom proveito….kkk

  3. - IP 200.17.60.247 - Responder

    Esse apoio do super processado Riva e também do nada carismático Éder Moraes ao candidato petista Lúdio em nada ajuda na sua campanha rumo ao Alencastro. Muitos votos, certamente, ele irá perder para o candidato ricasso em função desses apoios… o Lúdio vereador combativo em nada se compara ao agora candidato… Serys Marly tem história no PT e querem deixá-la de lado? A política aproxima inimigos e, as vezes, afasta amigos…Para satisfazer interesses eleitoreiros, o inimigo de hoje, pode ser o amigo de amanhã…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezoito + cinco =