Já soou o segundo alerta contra a volta da indústria das multas no trânsito de Cuiabá. Primeiro alerta foi desta PAGINA DO E. Vereador Dilemário Alencar (PTB), da base do prefeito Mauro Mendes, estranha que sistema de radares esteja sendo instalado sem placas de sinalização. “(Esse sistema de radares) não pode se transformar num caça níquel, uma armadilha para meter a mão no bolso dos trabalhadores e dos condutores do veículos” – dispara Dilemário

Mesmo compondo a base do governo, Dilemário se preocupa com o que, se não houver controle por parte da Câmara Municipal e da comunidade, pode representar a volta, a Cuiabá, da indústria da multa, que já sobressaltou tanto os lares dos cidadãos cuiabanos, em passado recente

Mesmo compondo a base do governo, Dilemário se preocupa com o que, se não houver controle por parte da Câmara Municipal e da comunidade, pode representar a volta, a Cuiabá, da indústria da multa, que já sobressaltou tanto os lares dos cidadãos cuiabanos, em passado recente

POLÍTICA / RADARES

Vereador questiona instalação e quer invalidar multas

Ele criticou a implantação dos aparelhos sem a devida sinalização

Ana Adélia Jácomo, do MATO GROSSO NOTÍCIAS

O vereador Dilemário Alencar (PTB) criticou o novo sistema de radares, recém instalados em Cuiabá. De acordo com o parlamentar é necessário que a Casa aprove um projeto de lei proibindo a colocação das ferramentas sem a sinalização adequada para os motoristas, evitando assim a “fábrica de multas”.
Os radares já estão em plena atividade nas três principais avenidas de Cuiabá (Fernando Corrêa, Miguel Sutil e Beira Rio), mas só começarão a valer 10 dias após a completa implantação. Nesse período, os motoristas que ultrapassarem a velocidade máxima permitida serão multados de forma educativa por enquanto.
O petebista, no entanto, disse que se preocupa com o fato de os radares terem sido instalados sem placas de aviso aos motoristas e prevê que a situação deve gerar muitos desgastes para o cidadão.
“Temos que aprovar um projeto que proíba a sinalização oculta e as multas se tornem invalidas. Não sou contra os radares, desde que ele venha humanizar o trânsito, diminuir a violência. Não pode se transformar num caça níquel, uma armadilha para meter a mão no bolso dos trabalhadores e dos condutores do veículos”, disparou o vereador em sessão plenária.
Também sobraram críticas ao secretário municipal de Trânsito e Transporte (SMTU), Antenor Figueiredo. Dilemário chegou a classificá-lo como “fraco” e afirmou que o titular da pasta não melhorou nada no transporte da Capital e que só sabe aumentar as tarifas dos ônibus.
“Antenor é fraco. Não consegue organizar a coisa. É bom para aumentar tarifa de ônibus, mas não melhorou nada no transporte. Estamos prestes a criar uma fábrica de guincho e uma fábrica da multa. Não concordo com a posição desse secretário”.
O secretário Antenor foi procurado pela reportagem para comentar a situação, mas ele não atendeu e nem retornou às ligações.

 

Vias com radares em Cuiabá

 

A Prefeitura de Cuiabá vai investir R$ 42,8 milhões para implementar a tecnologia no trânsito da Capital. Está previsto a colocação de 44 lombadas eletrônicas, 44 radares fixos, 55 detectores de avanço semafórico, 30 câmeras de monitoramento, uma unidade móvel de monitoramento, dois radares móveis, dois painéis de mensagens variáveis, 30 talonários eletrônicos de infração e um sistema de apoio a JARI.

 

Outra tecnologia que passará a ser usada são as motos link. Motocicletas equipadas com câmeras que transmitem imagens dos principais problemas de fluxo. Também deve começar a serem instaladas em breve as faixas elevadas e a Faixa Verde.

 

A proposta prevê a colocação de radares em nove avenidas (Fernando Correa da Costa, Carmindo de Campos, Beira Rio, Historiador Rubens de Mendonça, Miguel Sutil, Dante de Oliveira, Archimedes Pereira Lima, das Torres, República do Líbano), no entanto, o secretário afirmou que a prefeitura fará o serviço de maneira gradativa, para não onerar os cofres públicos.

 

Lombadas eletrônicas serão instaladas nas Avenidas Historiador Rubens de Mendonça, Beira Rio, Dante de Oliveira, Gonçalo Antunes de Barros, República do Líbano, General Melo, Lavapés, das Torres.

 

Radares de avanço de semáforo também controlarão o trânsito nas Avenidas Fernando Correa da Costa, Historiador Rubens de Mendonça, Miguel Sutil, República do Líbano, Isaac Póvoas, Getúlio Vargas, Mato Grosso, XV de Novembro, Carmindo de Campos, Tenente Cel. Duarte.

Categorias:Direito e Torto

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.193.167.113 - Responder

    quem cumpre as regras do trânsito não tem o que temer, enock. com os pardais, muitos motoristas assassinos vão se controlar, com medo de pagar pesado

  2. - IP 179.217.122.238 - Responder

    Mas cadê o MP, já que essa porcaria de radar e lombadas e tudo o mais antiquado, foi uma obrigação imposta por aquela instituição, através de TAC??? Ele tem que fiscalizar e defender os nossos direitos, caramba!!!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

seis − 2 =