Isolado, Perillo já falou em deixar PSDB

Marconi Perillo falou em deixar o PSDB

Felipe Patury
ÉPOCA

O governador de Goiás, Marconi Perillo, revoltou-se contra a pouca disposição de seu partido, o PSDB, em defendê-lo. Estava indignado com o fato de os tucanos do Senado terem cedido uma vaga na CPI do Cachoeira a Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), seu crítico mais ácido. Marconi chegou a ser instado pela família a deixar o partido. Em tom de desabafo, contou tudo aos líderes do PSDB. Em reunião na terça-feira, o senador Aécio Neves (MG) tomou suas dores e cobrou firmeza dos senadores em favor de Marconi. Ele diz que há “exagero” na história e que não cogitou deixar o PSDB.

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

10 + 10 =