(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

ISSO É NOTÍCIA: Aprá prepara lançamento de novo saite

Publicados

Brasil, mostra tua cara

Alexandre Aprá, jornalista, diretor do novo saite cuiabano, o Isso é Notícia, que entra no ar em abril


A partir do próximo dia 19 de abril, a blogosfera cuiabana passará a contar com uma nova atração: é o site “ISSO É NOTICIA”, que vai entrar no ar sob o comando do jornalista Alexandre Aprá – que conta com registro profissional garantido pela decisão do ministro Gilmar Mendes que cassou a necessidade de diploma para o exercício da profissão de jornalista. Na verdade, Alexandre Aprá, que concedeu entrevista em video a este blogueiro, garante que o ISSO É será um verdadeiro portal, que vai abrigar diversos blogues e ofertas uma série de inovações dentro do jornalismo mato-grossense.
Na entrevista, Alexandre Aprá adiantou que o site é uma iniciativa inteiramente dele, em parceria com a jornalista Tamara Behlin. Segundo Aprá, incorrem em erro aqueles que dizem que o novo saite teria, como eminência parda, o o ex-vereador “riva boy” Ewerton Pop ou o ex-secretário de Justiça de Mato Grosso e ex-presidente do Tribunal de Justiça, o desembargador Paulo Lessa.
– Tenho orgulho de dizer que o projeto foi inteiramente desenvolvido por mim, com apoio da Tamara – disse Aprá.
Para marcar o lançamento do ISSO É, Alexandre Aprá vai promover uma grande noitada nas dependências da boate. Como atração, já foi contratado um recital muito especial do cantor e compositor Eduardo Dusek. Em breve você verá, aqui, nesta PAGINA DO E, entrevista exclusiva, gravada em vídeo, em que Alexandre Aprá fala sobre seu novo projeto jornalistico e analisa o mercado editorial de Mato Grosso e a força da internet como canal cada vez mais preferido de informação para as mais diversas classes sociais.
 

Alexandre Aprá, à direita, em noitada com Ramon Monteagudo, Eduardo Mahon e Laice Souza, do Midiajur

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  AS CURTAS DO BRIGADEIRO: Ausências sentidas. Das triangulações antigas da AL, Humberto Bosaipo e o comendador João Arcanjo não participaram da nova posse de Riva

Propaganda
3 Comentários

3 Comments

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

Publicados

em

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) apresentou hoje (12) registro de candidatura à Presidência da República no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A chapa terá Padre Kelmon, do mesmo partido, como candidato à vice-presidente.

Jefferson declarou à Justiça Eleitoral lista de bens avaliados em R$ 745 mil – valor investido em aplicações financeiras. Kelmon declarou R$ 8,5 mil aplicados em caderneta de poupança.

Na proposta de governo enviada ao TSE, a chapa defende a liberdade como princípio fundamental, direito à legítima defesa, ao porte de arma de fogo, a criminalização da “cristofobia”, o agravamento da pedofilia como crime hediondo e a proibição da legalização, venda e cultivo da maconha.

Na educação, os candidatos defendem a remuneração digna aos professores, ensino universitário gratuito, mas reembolsado pelos formados, e a erradicação do analfabetismo.

No meio-ambiente, propõe a exploração racional dos recursos naturais e equilíbrio entre desenvolvimento econômico e proteção à natureza.

Até o momento, o TSE recebeu 11 pedidos de registros de candidatura à Presidência. Para os cargos de deputado estadual, federal, distrital, senador e governador, o registro é realizado nos tribunais regionais eleitorais.

Leia Também:  Juiz Zeni Guimarães rejeita ação do MPE contra ex-prefeitos de Tangará, Jaime Muraro e Fábio Junqueira. O magistrado considerou que não houve falta de lisura em procedimentos licitatórios e nem dolo ou má fé. Leia a íntegra

O pedido de registro é uma formalidade necessária para que a Justiça Eleitoral possa verificar se os candidatos têm alguma restrição legal e não podem concorrer às eleições de outubro.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA