GRANDE, COMO ELE É GRANDE: Juiz Wladymir Perri é eleito personalidade do ano, em Rondonópolis. Jornal A Tribuna, destaca atuação de Wladymir Perri “que dedica a vida quase que integralmente à magistratura, visando maior celeridade dos processos de sua competência, com horas além da sua jornada de trabalho pelas madrugadas, finais de semana e feriados”

 

Em um só dia, o juiz Wladymir Perri chegou a realizar 37 audiências, além de presidir um Tribunal do Júri. O fato ocorreu em 27 de janeiro de 2012 e teve o objetivo dar celeridade ao trâmite dos processos. A constante preocupação com a celeridade da prestação jurisdicional tem feito do juiz de Rondonópolis um destaque no cenário da magistratura de Mato Grosso

Em um só dia, o juiz Wladymir Perri chegou a realizar 37 audiências, além de presidir um Tribunal do Júri. O fato ocorreu em 27 de janeiro de 2012 e teve o objetivo dar celeridade ao trâmite dos processos. A constante preocupação com a celeridade da prestação jurisdicional tem feito do juiz de Rondonópolis um destaque no cenário da magistratura de Mato Grosso

Juiz é eleito ‘personalidade do ano’ 

O juiz titular da Primeira Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), Wladymir Perri, foi escolhido a personalidade masculina do ano pelo jornal A Tribuna de Rondonópolis. A escolha das personalidades de cada ano é baseada em nomes de pessoas que atuaram em Rondonópolis, destacando-se por variados motivos dentro da sociedade. Sempre são buscados nomes de pessoas que, através das suas atividades profissionais, contribuíram para melhora de algum dos diversos setores da sociedade, seja econômico, social, cultural ou político. Leia, a seguir, a íntegra da notícia publicada pelo jornal.

Homenagem

O juiz Wladymir Perri foi escolhido a personalidade masculina de 2013 em função do seu empenho em prol a celeridade da realização dos julgamentos no Tribunal do Júri, o qual é presidente e também juiz titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis. Também pela sua atuação destacada na magistratura, dedicando a vida quase que integralmente à atividade, visando maior celeridade dos processos de sua competência, com horas além da sua jornada de trabalho pelas madrugadas, finais de semana e feriados.

Apaixonado pela magistratura, Wladymir Perri nasceu em Cuiabá, filho do procurador aposentado Miguel Perri, em 31 de outubro de 1967. O magistrado também é primo do atual presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Orlando Perri. Hoje é casado com a renomada advogada Juliana Barros. Em uma carreira de 15 anos como magistrado no estado de Mato Grosso, há seis ele reside em Rondonópolis, onde já respondeu cumulativamente pela 4ª Vara Criminal e 1ª Vara no ano de 2012.

Em um só dia, Wladymir Perri chegou a realizar 37 audiências, além de presidir um Tribunal do Júri. O fato ocorreu em 27 de janeiro de 2012 e teve o objetivo dar celeridade ao trâmite dos processos. No intuito de fazer justiça, acalentando o coração de famílias de vítimas e também de familiares de acusados de crimes contra vida, foram inúmeras sessões do Tribunal do Júri agendadas, onde diante a falta de quórum de jurados, defensor público e até mesmo promotor de justiça, ainda conseguiu um número expressivo de julgamentos. Uma tentativa inédita foi o agendamento de duas sessões do júri em um dia durante a pauta de um mês. Para 2013 esteve agendados mais de 140 julgamentos no Tribunal do Júri.

Neste ano de 2013 o juiz Wladymir teve seu trabalho reconhecido pela Câmara de Vereadores, que lhe congratulou com uma Moção de Aplausos e um Título de Cidadão Rondonopolitano, por indicação do vereador Adonias Fernandes (PMDB). “Fico honrado de ter recebido esse título, tendo em vista que, desde quando cheguei aqui em Rondonópolis, confesso aos senhores que almejei esse título. Agora, por iniciativa do vereador Adonias, consegui recebê-lo e espero retribuir dando minha contribuição nessa minha caminhada de vida em Rondonópolis”, avaliou sobre a honraria para a equipe do A TRIBUNA.

O prêmio “Juiz Destaque do Estado de Mato Grosso” também foi entregue ao juiz Wladymir o dia 7 de dezembro de 2012 na sala “Desembargador Athaide monteiro da Silva”, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A honraria teve o objetivo de premiar o juiz mais produtivo em matéria de quantidade e qualidade de sentenças, que é o produto principal que todo juiz oferece à coletividade, e reconhecer publicamente o trabalho do profissional que se dedica cotidianamente a sua função. Como premiação, recebeu um certificado de reconhecimento como “Juiz Destaque do Estado de Mato Grosso” e anotação positiva em ficha funcional.

De acordo com o juiz Wladymir Perri, quanto ao Tribunal do Júri, as ausências de jurados têm sido cada vez mais recorrentes, tornando-se um problema. Segundo o magistrado, desde 2011, a Vara do Tribunal de Júri tem encontrado dificuldade em realizar os júris por falta de quórum de jurados, fazendo constantes alertas sobre essa situação.

“Trata-se de uma obrigação não só do Poder Judiciário. A sociedade possui também as suas responsabilidades. A liberdade dos réus pode passar a ser uma realidade, caso estas circunstâncias persistam, ou seja, estarão estimulando as pessoas a cometerem crimes”, externou o magistrado.

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.87.159.130 - Responder

    Parabéns ao nobre Magistrado, enquanto isso tem Juízes(as) que não param de tirar licença saúde e o TJMT se faz de morto, sendo que esse(a) Juíz(a) já deveria estar aposentado(a) faz tempo, hoje mesmo saiu outra publicação sobre a licença saúde dele(a), esse Tribunal, Deus me livre!!!!!!

  2. - IP 179.216.205.163 - Responder

    Ainda já juízes em mato grosso. gostaria que conhecer melhor as decisões deste magistrado

  3. - IP 189.87.159.130 - Responder

    Tangará da Serra é berço de grandes magistrados.

  4. - IP 189.2.120.98 - Responder

    Parabéns, Perri. Abraços.

  5. - IP 177.41.82.194 - Responder

    Parabéns meu amado esposo. Para aqueles que torcem pela sua derrota, está aí a resposta!!

  6. - IP 177.203.34.177 - Responder

    Parabéns ao Magistrado, mas com o salario que eles ganham TODOS deveriam fazer o mesmo. tem alguns servidores que faz a mesma coisa (claro q não são todos), ganhando um salario ínfimo. nem por isso estão na mídia, a vida é assim mesmo.

  7. - IP 177.4.189.130 - Responder

    Que pena!!! Excelente profissional, porem péssimo marido!!! kkkkk

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

2 × quatro =