Fórum Sindical se reúne com Pedro Taques para cobrar regulamentação do Direito de Greve dos servidores. Senador do PDT pede colaboração de sindicalistas na formulação do relatório que fará ao projeto de regulamentação proposto pelo ex-guerrilheiro e atual senador tucano Aloisio Nunes

Comandados pelo Fórum Sindical, sindicalistas de Mato Grosso voltarão a se reunir com o senador Pedro Taques para prosseguir no debate sobre a regulamentação do Direito de Greve dos Servidores Públicos. Foto Hegla Oleiniczak, da PAGINA DO E

Comandados pelo Fórum Sindical, sindicalistas de Mato Grosso voltarão a se reunir com o senador Pedro Taques para prosseguir no debate sobre a regulamentação do Direito de Greve dos Servidores Públicos. Foto Hegla Oleiniczak, da PAGINA DO E

Esta sexta-feira, 30 de agosto, foi marcada por um agitado encontro entre sindicalistas do Fórum Sindical de Mato Grosso e o senador Pedro Taques (PDT-MT). Em debate, a urgência da regulamentação do Direito de Greve dos servidores públicos. O encontro atraiu dirigentes de sindicatos federais e também o sindicalista Rosenwal Rodrigues, do sindicato dos servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso. Todo mundo protestanto contra a forma como as greves dos servidores tem sido tratada, nesses tempos mais recentes, aqui em nosso Estado.

Pedro Taques se entusiasmou com o encontro, organizado pelo coordenador do Fórum Sindical, Gilmar Brunetto, presidente do sindicato dos servidores da Empaer. Depois de ouvir discursos emocionados de diversos sindicalistas, o senador revelou que está responsável pela relatoria de um dos projetos atualmente em tramitação no Senado que tratam da questão. No caso, um projeto apresentado pelo senador Aloisio Nunes – militante da esquerda armada, nos tempos da ditadura militar, tendo atuado na Aliança Libertadora Nacional, ao lado dos líderes libertários Carlos Lamarca e Joaquim Câmara Ferreira, e se destacado, em diversas ocasiões como motorista de Carlos Marighella – e que hoje pontifica como lider do PSDB no Senador Federal.

Taques propôs e os sindicalistas aceitaram, a realização de um pequeno seminário, a ser agendado, oportunidade em que os sindicalistas poderão propor emendas e ajustes ao relatório que o senador deve apresentar para apreciação na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Dentre de alguns dias, estaremos postando, aqui, vídeo com os principais trechos deste encontro. No destaque você confere o requerimento, assinado pelos sindicalistas que participaram do encontro e que foi lido na abertura da reunião pelo advogado Bruno Boaventura, solicitando o engajamento do senador pedetista no esforço para definitiva regulamentação do Direito de Greve dos Servidores Públicos do Brasil.

Forum Sindical cobra regulamentação da Lei de Greve dos Servidores Públicos by Enock Cavalcanti

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.64.235.119 - Responder

    TENHO MUITA CURIOSIDADE PARA SABER QUAL O POSIÇÃO DO SENADOR. VAI FICA DO LADO DOS TRABALHADORES, OU DO LADO DOS PATRÕES, QUE BANCAM AS CARISSIMAS ELEIÇÕES PARA GOVERNO? VAI SE POSICIONAR CONTRA O JUDICIARIO? NINGUEM PERGUNTOU ISSO Á ELE?

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezesseis + 11 =