PREFEITURA SANEAMENTO

Fórum Sindical denuncia corte de ponto dos servidores do Indea, determinado pelo seu presidente, sr. Guilherme Nolasco, como mais um ato de truculência do governo de Zé Pedro Taques

ZÉ PEDRO-TAQUES-É-REPUDIADO-PELOS-SERVIDORES PUBLICOS POR ARROCHAR SALÁRIOS EM MT NA PAGINA DO EFÓRUM SINDICAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO PODER EXECUTIVO DE MATO GROSSO

 

 

NOTA PÚBLICA

 

 

O FÓRUM SINDICAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO PODER EXECUTIVO DE MATO GROSSO vem mais uma vez através de NOTA PÚBLICA denunciar mais um ATO DE TRUCULÊNCIA ADMINISTRATIVA, perpetrado pelo Governo do Estado de Mato Grosso, neste caso contra a categoria dos Profissionais do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal – INDEA, representados pelo glorioso SINTAP – MT.

Como se não bastassem as inúmeras outras afrontas à livre organização sindical durante a GREVE GERAL dos Servidores Públicos do Poder Executivo do Estado de Mato em prol dos seus direitos ao pagamento da RGA (Revisão Geral Anual – 2016), o Governo Estadual ainda tenta se superar em abusos cometidos contra estes Servidores e seus Líderes, com posturas antissindicais nunca antes pensadas, quanto mais executadas, por demais reacionárias que possam transparecer à população e às organizações protetoras dos trabalhadores.

O Governo do Estado de Mato Grosso desta vez atenta contra a DIGNIDADE SALARIAL dos servidores representados pelo SINTAP – MT, ameaçando, coagindo, intimidando através de corte de ponto dos servidores que participaram da maior Greve da história de Mato Grosso. Tal greve – um DIREITO CONSTITUCIONAL, diga-se de passagem – buscava garantir outro Direito Constitucional, ou seja, o pagamento da Recomposição Geral Anual prevista no Art. 37, Inc. X, da Constituição Federativa do Brasil, protegendo assim a dignidade alimentar de cada um dos 100 mil pais e mães de família que compõem o quadro do Poder Executivo.

O Governo do Estado por meio de um de seus subordinados, o srº Guilherme Nolasco, Presidente do INDEA-MT, determinou o corte de mais de 20 dias trabalhados nos salários daqueles servidores que aderiram à greve, por entender que houve ilegalidade na mesma. Porém, em nenhum momento o sindicato foi formalmente citado de qualquer decisão judicial e, ainda que tivesse ocorrido, nenhum ato arbitrário pode reduzir os salários de servidores sem previsão em decisão judicial clara a respeito, o que no caso não se vislumbra.

O Serviço de Fiscalização efetuado por servidores do Indea e Intermat garantem a segurança alimentar na dieta de todos os cidadãos grossenses e seu impacto na Greve Geral foi preponderante para assustar o Governo. E é a mando desse Governo que age o Srº Guilherme Nolasco, que se desnudou em áudio recente (ver link abaixo), tentando intimidar os servidores e com isso coibir novas e vindouras reivindicações da Categoria. Tal medida é a síntese do pensamento reacionário que atenta contra o livre, total e irrestrito direito à Organização Sindical.

Tais atos por si são passíveis de denúncia e representação na Organização Internacional do Trabalho – OIT, bem como nos Tribunais Brasileiros, com pedidos de indenizações por danos morais, materiais, por atentar diretamente contra a dignidade alimentar e o princípio da dignidade da pessoa humana.

O FÓRUM SINDICAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO PODER EXECUTIVO DE MATO GROSSO põe-se a disposição para apoiar medidas que possam barrar tais atentados contra os servidores, prestando toda sua solidariedade sindical ao nosso membro SINTAP – MT, seus representantes e representados, por entendermos que o direito de defender os trabalhadores não pode ser cerceado por atos arbitrários e intimidatórios, sob pena deste jamais atingir sua plenitude!!!

O Fórum Sindical está unido com intuito de melhorar a vida da população de Mato Grosso.

 

https://www.youtube.com/watch?v=km9HoIKALoM&feature=youtu.be

 

 

ENTIDADES QUE COMPÕEM O FÓRUM SINDICAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS

 DO PODER EXECUTIVO DE MATO GROSSO

 

  1. ACS PMBM – Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de MT
  2. ADUNEMAT – Associação dos Docentes da Universidade do Estado de MT
  3. AGGEMT – Associação dos Gestores Governamentais do Estado de MT
  4. ASAGER – Associação dos Analistas Reguladores da AGER/MT
  5. ASMIP – Associação dos Militares inativos e Pensionistas de MT
  6. ASSAE – Associação dos Auditores da Auditoria Geral do Estado de MT
  7. ASSINFRA – Associação dos Servidores da Secretaria de Infra Estrutura de MT
  8. ASSOADE – Associação dos Sargentos, Subtenentes, Oficiais, Adm. e Esp. Ativos e Inativos da PM

e BM de MT

  1. ASSOF – Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar de MT

10.  FESSP – Federação dos Servidores Públicos do Estado de MT

  1. SIAGESPOC – Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil de MT
  2. SIFISCON – Sindicato dos Fiscais de Defesa do Consumidor do Estado de MT
  3. SINDPECO – Sindicato dos Peritos Oficiais Criminais do Estado de MT
  4. SINDEPO – Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de MT
  5. SINDEPOJUC – Sindicato dos Escrivães de Polícia Judiciária Civil do Estado de MT
  6. SINDES – Sindicato dos Servidores Públicos de Carreira dos Professores do Desenvolvimento

Econômico e Social do Estado de MT

  1. SINDICON – Sindicato dos Conciliadores de Defesa do Consumidor Estaduais de MT
  2. SINDPSS – Sindicato da Carreira dos Profissionais do Sistema Socioeducativo de MT
  3. SINDSPEN – Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de MT
  4. SINPAIG – Sindicato dos Profissionais da Área Meio do Poder Executivo de MT
  5. SINPP – Sindicato dos Profissionais da Ciência da Papiloscopia do Estado de MT
  6. SINTAP – Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado  de MT

 

  1. SINTEP – Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de MT
  2. SINTEP – Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de MT
  3. SINTERP – Sindicato dos Trabalhadores da Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesq. Pública de MT
  4. SINTESMAT – Sindicato dos Trabalhadores da Educação Superior do Estado de MT
  5. SIPROTAF – Sindicato dos Profissionais de Tributação, Arrecadação e Fiscalização do Estado de MT
  6. SISMA – Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde e do Meio Ambiente do Estado de MT
  7. CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
  8. SINTEMA – Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Públicas de Meio Ambiente do Estado de MT

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dois × 4 =