Felipe Santa Cruz pede inquérito para apurar vazamento de base de dados da OAB. LEIA NOTICIA CRIME

Felipe Santa Cruz


O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil pediu na terça-feira (11/8) que a Polícia Federal abra um inquérito para investigar o vazamento de informações de sua base de dados.

Na notícia crime enviada, a entidade alega que não sabe informar quais são os autores do conteúdo da postagem ou da suposta invasão; tampouco se os dados foram de fato acessados e divulgados, pelo que requer a instauração de investigação policial primordial para que se possa buscar amenizar o resultado do suposto crime e uma futura condenação dos envolvidos.

A OAB foi notificada sobre o problema pelo grupo de pesquisadores de segurança Insanity Security Lab, que fez uma postagem no Facebook sobre vulnerabilidade no site da OAB Nacional.

Entre os dados vazados no sistema da entidade estão nomes, endereço, número de celular, do título de eleitor de parte de seus associados. “O Conselho Federal da OAB, sabendo da sua responsabilidade com os seus inscritos e buscando impedir que dados de mais de um milhão de advogados do Brasil sejam divulgados de forma criminosa, requer seja determinada a abertura de inquérito policial para averiguação dos fatos apontados”, diz trecho do documento assinado pelo presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. Segundo a entidade, a vulnerabilidade do sistema já foi corrigida.

FONTE CONSULTOR JURÍDICO

 

Felipe Santa Cruz Pede à PF Abertura de Inquérito Para Apurar Vazamento Da Base de Dados Da OAB by Enock Cavalcanti on Scribd

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

2 × dois =