Guimarães sonega dados sobre obras para Copa

Enquanto o povo trabalhador mato-grossense vai produzindo as riquezas que fazem a glória de Mato Grosso, pelo mundo afora, riquezas essas que, aqui, não são coerentemente distribuídas, nas altas cúpulas do poder, os executivos seguem mantendo a confusão generalizada da gestão pública. Um dos capítulos mais problemáticos, em Mato Grosso, continua sendo o andamento das obras para a Copa de 2014. Confira o noticiário. (EC)

Conselheiro acusa secretário de sonegar dados

por Antonielle Costa

 

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE/MT), Antonio Joaquim, revelou nesta terça-feira (23) que a secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), sob o comando de Mauricio Guimarães, estaria sonegando informações do andamento físico e financeiro das obras do Mundial de 2014 relativas aos meses de fevereiro e março.
Segundo o conselheiro, apesar de a Secopa ter conseguido dilação de prazos e garantido que lançaria no Sistema GeoObras as informações de fevereiro e março até os dia 20 de abril, nada disso ocorreu. Ele destacou que isso impede a elaboração dos relatórios mensais sobre o andamento das obras.
“Considero essa atitude uma sonegação de informações públicas e obrigatórias. A Secopa tem que informar o andamento das obras no GeoObras, tanto para cumprir as determinações do TCE quanto por respeito à Lei de Acesso à Informação (…). A sonegação de informações passa a impressão de intimidação e o TCE não pode admitir esse tipo de atitude”, disse.
Diante dos fatos, Antonio Joaquim determinou que os dados sejam apresentados pela Secopa num prazo de 72 horas, sob pena de oficiar o Ministério Público Estadual (MPE) para tomar as providências cabíveis, inclusive propor ação de improbidade administrativa contra o secretário da Copa.
Guimarães afirmou, por meio de nota, que nunca sonegou informações aos órgãos de controle. Segundo ele, as medições de fevereiro já foram enviadas e há um compromisso por parte da Secopa de finalizar o repasse dos dados referentes ao mês de março.
Confira a nota na íntegra:
“A Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo FIFA 2014 (Secopa) reafirma o compromisso de finalizar o repasse das informações referentes ao mês de março ao Tribunal de Contas do Estado (TCE); as medições de fevereiro já foram enviadas.
O secretário Maurício Guimarães afirma também que nunca sonegou informações aos órgãos de controle, à imprensa ou à sociedade. As informações referentes ao mês de março – o único pendente – serão enviadas ao TCE assim que a Secopa reunir as informações das medições juntos as empresas responsáveis pelas obras. O prazo para lançamento dessas informações no sistema GeoObras é de 30 dias, mas a Secopa assumiu o compromisso de lançá-las em até 20 dias.”

FONTE MATO GROSSO NOTICIAS

Conselheiro-fazendeiro diz que Guimarães esconde os dados; titular da Secopa rebate que nunca escondeu. Em meio a mais este atributo dos burocratas, as obras para a Copa seguem mal paradas

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dez + oito =