PREFEITURA SANEAMENTO

Estudantes agitam Colégio S.Gonçalo com debate eleitoral

João Pedro Paes de Barros, Tatiana Onuma, Juliana Maciel, Fernanda Ataídes, Carolina Lopes e Manuela Errera, do Gremio Estudantil do Colégio São Gonçalo

Tatiana Onuma, João Pedro Paes de Barros, Juliana Maciel, Fernanda Ataídes, Carolina Lopes, Manuela Errera, Murilo Amorim e Gabriel Xavier. A gente tem que destacar o esforço desses alunos do Colégio São Gonçalo que compõem o Gremio Estudantil daquela escola e que se organizaram e organizaram o debate eleitoral entre os candidatos a prefeito de Cuiabá, na manha desta quinta-feira, 27 de setembro, em Cuiabá.

Em 2010, os alunos do Grêmio Estudantil do Colégio Salesiano já haviam promovido um debate entre os candidatos a governador. Agora, o debate entre os candidatos a prefeito trouxe uma nova motivação, com muitos alunos se mobilizando para estar presente nesse acontecimento. O auditório esteve lotado de estudantes do segundo e do terceiro ano colegial. Todo mundo naquela expectativa de ouvir, de debater, de participar.

Uma das primeiras coisas que ouvi, antes do debate se iniciar, foi a suave queixa da aluna Lívia Paiva, do segundo ano, que gostaria justamente que o roteiro do debate fosse menos engessado e a estudantada pudesse fazer perguntas no microfone, em temas livres.

O que ficou estabelecido foram perguntas previamente escolhidas, e apresentadas por escrito. Um passo atrás da organização pois me lembro que, no debate de 2010, com os candidatos a governador, os alunos foram escolhidos previamente mas puderam ir até o microfone falar.

Ana Gabriela Petinelli, de qualquer forma, outra aluna com que conversei, destacou a realização do debate que reflete um nivel de conscientização muito forte entre os alunos do São Gonçalo. A garotada tem o que dizer. É só lhes garantir essa oportunidade.

Na saída do debate, a estudante Laura Dorileo, que estuda no terceirão, me disse que gostou do debate, gostou de participar do encontro, disse que espera que aconteçam outros movimentos iguais àquele mas reclamou dos candidatos que chegaram fazendo muitas juras e querendo bancar muito os coitadinhos. A Laura acha que os debatedores ajustam muito seus discursos às platéias para as quais falam – e isso não lhe agrada. A Laura Dorileo certamente gosta de gente que se expõe mais e que puxa outros debates para além da rotina.

Sim, eu, Enock Cavalcanti, blogueiro, gostei muito do que vi no São Gonçalo. Mas seria melhor se a participação dos alunos fossem maior, se houvesse mais tempo para eles opinaram. Afinal de contas, está nas mãos deles o nosso futuro.

Para Lígia Paiva, os alunos deveriam ter tido liberdade de fazer perguntas diretamente aos candidatos

Manuela Errera foi uma das que mais trabalhou pelo sucesso da manhã de debates. "Começamos a organizar este encontro um mês atrás", contou

Lauro Dorileo, do terceirão, cobrou posicionamento menos esquemático dos candidatos

Ana Gabriela Petinelli disse que os alunos do São Gonçalo estão sempre querendo saber mais para participar melhor da vida em comunidade. Fotos de Dinalte Miranda

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.86.177.151 - Responder

    Sou fundador do Grêmio do CSSG, juntamente com o amigo Ingo Inserhagen
    Fiquei feliz com a atitude dos alunos do colégio e com o próprio Grêmio.
    Felicidade a todos!

  2. - IP 201.24.183.24 - Responder

    Parabéns pela cobertura, Enock.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 − 5 =