(65) 99638-6107

CUIABÁ

Esporte, a alegria do povo

Três pontos na conta! Ju bate a Chape e sobe na tabela da Série A

Publicados

Esporte, a alegria do povo


Três pontos na conta! Ju bate a Chape e sobe na tabela da Série A

Foto: Fernando Alves / E.C.Juventude

O Juventude precisou de cinco minutos para decidir a partida diante da Chapecoense na noite desta segunda-feira (26/07), no Jaconi. Com mais um gol do artilheiro Matheus Peixoto, aos 4 minutos da etapa inicial, o Verdão bateu a equipe catarinense por 1×0, chegou aos 16 pontos e subiu para a 12ª colocação na classificação. Melhor Gaúcho na competição, o time de Marquinhos Santos abre cinco pontos da zona de rebaixamento e se aproxima do pelotão de frente da Série A.

O jogo

Foi uma semana de muito trabalho para o Juventude, que entrou em campo repleto de desfalques. Forster, Michel Macedo e Elton (que já ficaria de fora por lesão no joelho) testaram positivo para Covid-19. Castilho e Paulinho Boia, suspensos, também se tornaram baixas. Marquinhos Santos, expulso na rodada anterior, comandou de longe através de seu auxiliar Eduardo Barros.

Mesmo com as dificuldades, foi o ímpeto inicial como mandante que definiu a partida. Aos 4, Paulo Henrique recebeu no corredor direito e alçou na cabeça de Matheus Peixoto, que subiu bem e desviou no canto direito do goleiro João Paulo. Cruzamento e finalização: nota 10. 1 x 0.

  Internacional segue preparação para enfrentar o Palmeiras

Leia Também:  Atlético inicia atividades para enfrentar o River Plate

Mesmo na frente, o Ju não parou de atacar. Aos 11, Sorriso recebeu na frente, ganhou da marcação e soltou a bomba de canhota, com perigo. Aos 21, de novo Sorriso. De canhota, a joia da base alviverde finalizou por cima, em outra boa oportunidade.

Sem espaços, a Chapecoense encontrava dificuldades e parava no forte sistema de marcação do Juventude. Na única tentativa do primeiro tempo, aos 30, Carné apareceu para fazer fácil defesa em chute de Baxola.

Se o primeiro tempo foi de superioridade do Juventude, a segunda etapa apresentou um confronto mais equilibrado, mas sem chances claras de gol. Bem postado defensivamente, o Ju soube neutralizar praticamente todos os ataques do adversário. E o Verdão ainda teve um gol anulado. Aos 43, Bruninho finalizou de fora da área, a bola desviou em Chico e enganou o goleiro. O VAR, porém, indicou que a bola bateu na mão do jogador alviverde antes de entrar.

O próximo compromisso do Verdão seria diante do Fluminense, no Rio de Janeiro. Porém, por um ajuste de calendário, esta partida foi adiada para data ainda não definida pela CBF. Neste caso, o Juventude volta a campo para enfrentar o Atlético Mineiro, dia 08, no Jaconi.

  Internacional faz último treino de 2020

Leia Também:  Athletico em preparação a todo vapor visa jogo contra o Grêmio

fonte: https://www.juventude.com.br/noticias/tres-pontos-na-conta-ju-bate-a-chape-e-sobe-na-tabela-da-serie-a

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte, a alegria do povo

Líder vence no Mineirão

Publicados

em


Líder isolado do Brasileirão, com 45 pontos, o Galo venceu o Sport por 3 a 0, na noite deste sábado, dia 18, no Mineirão. A partida foi a de número 200 do Atlético sob o comando do técnico Cuca.
Com o triunfo sobre o time pernambucano, o Galo alcançou 13 rodadas de invencibilidade na competição e chegou a oito jogos seguidos sem sofrer gol no Gigante da Pampulha.
Fotos: Pedro Souza / Clube Atlético Mineiro
Os gols foram de Diego Costa, aos 34 minutos; Hulk, aos 45, ambos com assistência de Guilherme Arana. Aos 53 da etapa final, Vargas marcou de pênalti para dar números finais ao jogo.
Na próxima rodada, o adversário será o São Paulo, sábado, dia 25, no Morumbi. Antes, terça-feira, dia 21, o Galo enfrentará o Palmeiras, no Allianz Parque, no jogo de ida da semifinal da Libertadores.
GALERIA DE FOTOS DA PARTIDA
ATLÉTICO X SPORT 18.09.2021 - BRASILEIRÃO 2021
O JOGO
O Galo começou pressionando e levou perigo pela primeira vez na boa trame entre Diego Costa e Keno na grande área pela esquerda, mas a defesa pernambucana cortou o cruzamento do camisa 11 atleticano.
Aos nove minutos, Zaracho recebeu passe de Keno e finalizou, a bola pegou no goleiro e ficou em cima da linha do gol, Diego Costa tentou completar, mas o zagueiro conseguiu afastar o perigo.
Everson fez boa defesa aos 15 minutos, na cobrança de falta de Hernanes. Sete minutos depois, Hulk arrancou pela direita, invadiu a área e deu um toque sutil para vencer o goleiro, mas a bola atravessou a pequena área bem perto da linha do gol.
Depois de duas boas tentativas em cruzamentos de Keno pela esquerda, Hulk quase abriu o placar aos 30 minutos, em chute de fora da área, defendido pelo goleiro Maílson.
GOL DO GALO – Aos 34, Arana recebeu ótimo lançamento de Nathan Silva e cruzou na medida para o cabeceio certeiro de Diego Costa: Galo 1 x 0.
GOL DO GALO – Aos 45, após novo passe de Arana, Hulk passou pelo zagueiro na grande área pela esquerda e chutou forte para fazer o segundo gol atleticano: Galo 2 x 0.
O Galo voltou para o SEGUNDO TEMPO com a  mesma formação e permaneceu no controle das ações.
Na primeira chance, Tchê Tchê arriscou de fora e Maílson fez a defesa no canto direito. Em seguida, Guga cruzou pela direita e o zagueiro fez o corte pelo alto.
Aos 12 minutos, Diego Costa recebeu lançamento na grande área, dominou a bola e rolou para a conclusão de Zaracho, mas a bola desviou no zagueiro, facilitando a defesa do goleiro.
Arana arriscou de fora da área, aos 16, e a bola saiu rente à trave. Logo depois, Hulk e Diego costa foram substituídos por Vargas e Sasha, respectivamente.
Aos 27 minutos, Arana deu lugar a Dodô, Allan saiu para a entrada de Nathan e Nacho entrou no lugar de Keno.
Em novo ataque atleticano, Vargas recebeu ótimo passe de Nacho na grande área e o zagueiro conseguiu desviar antes da finalização do atacante chileno, que ainda tentou de cabeça depois do rebote do goleiro, mas mandou a bola para fora.
GOL DO GALO – Depois de levar perigo nos arremates de Sasha e Dodô, o Galo chegou ao terceiro gol. No lance, Vargas tabelou com Sasha, finalizou e a bola pegou no braço estendido de Rafael Thyerre, pênalti que o próprio Vargas cobrou para fechar o placar no Gigante da Pampulha: Galo 3 x 0.
ATLÉTICO 3 x 0 SPORT
Competição: Campeonato Brasileiro
Rodada: 21ª
Data: 18/09/2021
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gols: Diego Costa (34′ – 1ºT), Hulk (45′ – 1ºT), Vargas (53′ – 2ºT)
Atlético
Everson; Guga, Nathan Silva, Alonso, Guilherme Arana (Dodô), Allan (Nathan), Tchê Tchê, Zaracho, Keno (Nacho Fernández), Hulk (Vargas) e Diego Costa (Eduardo Sasha).
Técnico: Cuca.
Sport
Maílson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino, Sander, Marcão Silva (Leandro Barcia), Hernanes (Ronaldo Henrique), Everton Felipe (Thiago Neves), Paulinho Moccelin, Tréllez (André) e Mikael (Everaldo).
Técnico: Gustavo Florentín.
Cartões amarelos: Allan, Tchê Tchê (Atlético); Rafael Thyere, Paulinho Moccelin (Sport)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (AB-SP)
Árbitro Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Árbitro Assistente 2: Daniel Paulo Ziolli (AB-SP)
Quarto Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (AB-MG)
Analista de Campo: Joel Tolentino da Mata Júnior (CBF-MG)
Árbitro de Vídeo: Pericles Bassols Pegado Cortez (MTR-SP)
AVAR: Herman Brumel Vani (AB-SP)
Observador de VAR: Giuliano Bozzano (CBF-MG)
fonte: https://atletico.com.br/noticias/lider-vence-no-mineirao

  Em Curitiba, Inter treina para buscar a 10ª vitória seguida no Brasileirão

Leia Também:  Fluminense sai na frente na Vila Belmiro, mas Santos consegue empate no fim

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA