(65) 99638-6107

CUIABÁ

Esporte, a alegria do povo

São Paulo empata sem gols com o Juventude pelo Brasileirão

Publicados

Esporte, a alegria do povo

O Tricolor pressionou até o apito final, mas não conseguiu evitar o empate sem gols com o Juventude neste domingo (26), no Morumbi, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2022.

Com o ponto somado, o São Paulo detém agora 19 na competição e ocupa o oitavo lugar. Na próxima quinta-feira (30), a equipe fará uma pausa no torneio nacional para abrir as oitavas de final da CONMEBOL Sul-Americana diante da Universidad Católica, no Chile.

Para o duelo desta noite, o time não contou com Sara (cirurgia no tornozelo direito), Nikão (dores no tornozelo esquerdo), Talles Costa (entorse no tornozelo direito), Alisson (entorse no joelho direito), Andrés Colorado (lesão no reto femoral direito), Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo), Caio (cirurgia no joelho direito) e Luan (cirurgia no adutor esquerdo), além de Moreira (cortado por amigdalite, ainda não retornou da seleção portuguesa sub-18).

Então, depois da importante vitória sobre o Palmeiras (1 x 0), pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o técnico Rogério Ceni mesclou a equipe e escalou o Tricolor com Jandrei; Rafinha, Miranda, Léo e Welington; Pablo Maia, Igor Gomes e Patrick; Rigoni, Eder e Luciano.

Leia Também:  Na estreia do Brasileirão, Timão vence Botafogo fora de casa por 3 a 1

O primeiro tempo teve mais oportunidades de gols do Tricolor, no entanto, as redes não balançaram. Assim, na volta para a etapa complementar, o treinador são-paulino promoveu as entradas de Nestor e Calleri nos lugares de Patrick e Eder.

O São Paulo seguiu em busca da vitória e pressionou os visitantes, principalmente nos instantes finais, porém, não conseguiu furar o bloqueio adversário. Assim, o jogo terminou empatado sem gols: 0 a 0.

SÃO PAULO 0 x 0 JUVENTUDE 

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 26/06/2022 (domingo)

SPFC: Jandrei; Rafinha (Diego Costa, 13/2), Miranda, Léo e Welington; Pablo Maia, Igor Gomes e Patrick (Rodrigo Nestor, Intervalo); Rigoni (André Anderson, 34/2), Luciano (Igor Vinícius, 23/2) e Eder (Calleri, Intervalo). Téc: Rogério Ceni.

JUV: César; Rodrigo Soares, Thalisson Kelven, Rafael Foster e Moraes; Jadson, Yuri Lima (Jean Iremer, 40/2) e Chico (Paulo Henrique, 49/2); Capixaba (Guilherme Parede, 23/2), Oscar Ruíz (Edinho, 23/2) e Ricardo Bueno. Téc: Umberto Louzer.

Cartões amarelos: Patrick, 47/1; Capixaba, 47/1; Pablo Maia, 12/2; Ricardo Bueno, 23/2; Rodrigo Nestor, 26/2; Jadson, 33/2; Vitor Mendes, 44/2

Leia Também:  Palmeiras bate o Coritiba fora de casa e segue lider.

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Quarto Árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)
Analista de Campo: Regildenia de Holanda Moura (SP)
Árbitro de Vídeo: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
AVAR: Flavio Gomes Barroca (RN)
Observador de VAR: Jose Alexandre Barbosa Lima (RJ)

fonte: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/campeonato-brasileiro/2022/6/26/sao-paulo-empata-sem-gols-com-o-juventude-pelo-brasileirao

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte, a alegria do povo

Mengão vence Athletico-PR, com golaço de Pedro e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

Publicados

em

O Flamengo foi até a Arena da Baixada e venceu o Athletico-PR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (17,08) e avançou para as semifinais da Copa do Brasil.

O gol do Mengão foi marcado por Pedro, no início do segundo tempo. Agora, o Rubro-Negro aguarda seu adversário, que sairá do confronto entre São Paulo e América-MG.

O jogo

O Flamengo começou a partida tomando a iniciativa de ficar com a bola, trocando passes no campo ofensivo. Aos seis minutos, o Mais Querido criou a primeira boa oportunidade. Arrascaeta dominou na intermediária, limpou a jogada e bateu para o gol. A bola passou por cima do travessão.

O Athletico parava o jogo com muitas faltas, dificultando a saída de bola do Fla. Na reta final da primeira etapa, o time rubro-negro voltou a crescer na partida e ocupava o campo de ataque em busca de espaços na defesa paranaense. Aos 38’, Everton Ribeiro lançou Gabigol pela direita, o atacante cruzou na área e Arrascaeta cabeceou para fora.

Aos 41’, Arrascaeta ajeitou para Gabigol soltar a bomba de canhota. Bento espalmou para escanteio. O Flamengo foi melhor na etapa inicial, porém o placar não saiu do zero.

Leia Também:  Flamengo empata com Talleres em 2 a 2 e encaminha classificação na Libertadores

O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro: o Flamengo dominando as ações e o Athletico fechado atrás esperando para descer no contra-ataque. Aos 6’, Rodinei recebeu de Everton Ribeiro e bateu cruzado. Bento deu rebote para o meio da área e Fernandinho fez o corte.

De tanto insistir, o Mengão abriu o placar com um golaço! Rodinei foi na linha de fundo e cruzou na pequena área. Pedro apareceu livre para emendar uma linda bicicleta, sem chances para o goleiro: 0 a 1.

Após o gol, o Athletico passou a sair mais para o ataque, deixando o jogo mais aberto. Aos 29’, Pedro arrancou em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro e rolou para Gabi, que chutou na trave. Ótima oportunidade desperdiçada.

Nos minutos finais, o Athletico pressionou em busca do empate, mas o Fla conseguiu se segurar e saiu de campo com a vitória e a classificação garantida para a semifinal.

Próximo compromisso

O Mais Querido volta a campo no domingo (21) para enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia Também:  Em jogo movimentado, Mengão joga bem e vence o São Paulo por 3 a 1 no Maracanã

FICHA TÉCNICA: 

ATHLETICO-PR 0 x 1 FLAMENGO

Competição: Copa do Brasil – jogo de volta das quartas de final

Data e hora: 17 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Terans, Fernandinho, Hugo Moura (ATH); João Gomes (FLA) Gol: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo (FLA)

ATHLETICO: Bento; Matheus Felipe (Cuello), Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Erick, Hugo Moura (Vitor Bueno), Fernandinho e Abner; Terans (Vitinho) e Pablo (Canobbio). Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLAMENGO: Santos, Rodinei, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Vidal (Victor Hugo), Arrascaeta (Diego) e Everton Ribeiro (Pablo); Gabigol (Everton Cebolinha) e Pedro (Lázaro). Técnico: Dorival Júnior.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA