(65) 99638-6107

CUIABÁ

Esporte, a alegria do povo

Fluminense é campeão carioca sobre o Flamengo

Publicados

Esporte, a alegria do povo

 

É campeão! Ao garantir o placar agregado de 3 a 1 sobre o Flamengo, em confronto válido pela final do Campeonato Carioca, o Fluminense conquistou o 32º título estadual de sua história, neste sábado (02/04), diante de mais de 67 mil pessoas presentes ao Maracanã.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Depois do triunfo por 2 a 0 no jogo de ida, o Tricolor ficou no empate em 1 a 1 com o rival no segundo e decisivo clássico da finalíssima da competição, registrado como o Fla-Flu 438, com Germán Cano marcando para a equipe de Abel Braga.

Embalado pela conquista, o Time de Guerreiros vira a chave para a estreia na Sul-Americana, quarta-feira (06/04), às 19h15, contra o Oriente Petrolero-BOL, no Maracanã, pela primeira rodada da fase de grupos.

PRIMEIRO TEMPO

Nos segundos iniciais, Germán Cano arriscou a finalização, mas mandou para longe. Aos 5 minutos, depois da cobrança de escanteio de Paulo Henrique Ganso, Manoel cabeceou por cima. Aos 7, David Braz, de bicicleta, finalizou nas mãos do goleiro.

Leia Também:  CURTAS DO BRIGADEIRO: Mauro Mendes diz que está satisfeito com os dois primeiros meses na prefeitura. Tem que estar! Não fez nada, mas nem por isso foi vaiado nem criticado pelos empenhados jornais e sites

  Fluminense vence Sport por 1 a 0 no Nilton Santos

 

Aos 27 minutos, Gabriel Barbosa balançou a rede para o Flamengo. Aos 33, Cris Silva lançou para Germán Cano, de primeira, finalizar com perigo. No instante seguinte, David Braz, do meio de campo, soltou uma bomba por cima. Aos 43 minutos, Jhon Arias trocou passes com Ganso e rolou para trás, para Cano. O argentino encheu o pé e contou com desvio no meio do caminho para igualar o marcador.

SEGUNDO TEMPO

Aos 3 minutos, Paulo Henrique Ganso cobrou falta à esquerda do gol. Aos 15, após consulta ao VAR, o árbitro assinalou pênalti para o Fluminense por toque de mão de Filipe Luís. No instante seguinte, Germán Cano desperdiçou a cobrança, interceptada pelo goleiro. Na sequência, o Tricolor resistiu à pressão do adversário e fez jus à alcunha de Time de Guerreiros para garantir o título.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Carioca – Final (Jogo de Volta)

02/04/2022, 18h – Maracanã

Fluminense (1)

Fábio; Nino, David Braz e Manoel; Calegari (David Duarte), André, Yago Felipe (Nonato), Paulo Henrique Ganso (Martinelli) e Cris Silva; Jhon Arias (Luiz Henrique) e Germán Cano (Fred). Técnico: Abel Braga

Leia Também:  CELSO MARQUES: Mato Grosso detém os índices mais altos de violência doméstica do país. Estes números são aterradores e merecem o emprego de verbas públicas e a criação de frentes apropriadas para prevenir e punir este tipo de tragédia

  Fluminense perde, mas avança na Copa do Brasil

 

Flamengo (1)

Hugo; Rodinei (Matheuzinho), Gustavo Henrique (Willian Arão), David Luiz e Filipe Luís; João Gomes, Andreas Pereira (Éverton Ribeiro), De Arrascaeta; Lázaro (Pedro), Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Técnico: Paulo Sousa

Gols: Germán Cano (43’ 1T) (FLU); Gabriel Barbosa (27’ 1T) (FLA)

Cartões amarelos: David Braz, Cris Silva e André (FLU); Gabriel Barbosa, David Luiz, João Gomes e Pedro (FLA)

Cartões vermelhos: Fred (FLU); Bruno Henrique (FLA)

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Daniel do Espírito Santo Parro e Carlos Henrique Alves de Lima Filho

Texto: Comunicação/FFC
Fotos: Leonardo Brasil e Mailson Santana/FFC

fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-e-campeao-carioca-sobre-o-flamengo

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte, a alegria do povo

Palmeiras vence Corinthians e dispara na liderança do Brasileirão 2022

Publicados

em

O Palmeiras soube aproveitar um erro decisivo do Corinthians neste sábado (13.08), venceu o clássico e disparou na liderança do Brasileirão. Em jogo da 22ª rodada, um gol contra de Roni definiu o 1 a 0 alviverde na Neo Química Arena. 

Cada vez mais embalado, o Palmeiras dispara e abre nove pontos na liderança (48 contra 39 do rival). O time agora tem a semana inteira reservada a treinos antes de receber o Flamengo em casa, no domingo que vem (21), novamente pelo Brasileirão.

O Corinthians, pelo contrário, viu a crise aumentar ainda mais. Sem vencer há quatro jogos, os comandados de Vítor Pereira terão pela frente outro teste de fogo, na quarta-feira (17): precisa reverter a desvantagem de dois gols contra o Atlético-GO para seguir na Copa do Brasil.

Uma derrota pode transbordar o caldeirão corintiano, iniciado com o desconforto do elenco com o treinador português, seguido pela eliminação na Libertadores e a saída de Willian.

A primeira grande participação da torcida foi um recado ao ex-camisa 10 do Corinthians. Minutos antes do jogo, antes mesmo de cantar o hino do clube, os torcedores entoaram xingamento ao meia Willian, que assinou a rescisão de contrato e deixou o clube nesta semana. “Alô, Willian, vai se f…, o Coringão não precisa de você”, cantaram em coro. Apesar do adeus, a imagem do jogador ainda aparecia no copo oficial do clássico, vendido a torcedores na Arena.

Leia Também:  HISTORIADOR VALTER POMAR: "O oligopólio da mídia atribui tudo e qualquer coisa à Lula e ao PT. Por outro lado, uma parte da Polícia Federal, do Ministério Público e da Justiça está partidarizada, no sentido de que tem tratamento diferenciado: se é do PT, eles atropelam a legalidade. E o alvo prioritário deles é Lula. Aliás, achei graça quando o ministro da Justiça disse que as investigações são republicanas. Se isto fosse verdade, por qual motivo não há tesoureiros de outros partidos em Curitiba?

Ficha Técnica 

CORINTHIANS 0 x 1 PALMEIRAS 

Competição: Campeonato Brasileiro, 22ª rodada Data e 

Horário: 13 de agosto de 2022, sábado, às 19 horas (de Brasília) 

Local: Neo Química Arena, em São Paulo-SP 

Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP) 

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Corraa (FIFA/RJ) 

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (FIFA/SP) 

Cartões Amarelos: Fausto Vera e Róger Guedes (Corinthians); José López e Piquerez (Palmeiras) 

Público: 44.966 pessoas (44.666 pagantes) Renda: R$ R$ 3.226.090,00 

Gols: Roni (contra) aos 27 minutos do segundo tempo. 

Corinthians: Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Bruno Méndez, Balbuena e Lucas Piton; Du Queiro, Fausto (Roni) e Renato Augusto; Gustavo Mosquito (Adson), Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

Palmeiras: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Wesley); Rony (Gabriel Menino) Dudu (Bruno Tabata) e José López (Rafael Navarro). Técnico: Abel Ferreira

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA