(65) 99638-6107

CUIABÁ

Esporte, a alegria do povo

Com um a menos desde os 5, Fogão supera erro de arbitragem e vira para cima do Inter no Sul

Publicados

Esporte, a alegria do povo

Gigante é o Botafogo! Em um erro de arbitragem aos 5 minutos de jogo, que originou um pênalti inexistente para o adversário e culminou com as expulsões de Sampaio e Luís Castro, a equipe alvinegra saiu atrás em Porto Alegre. Na sequência, desestabilizado após o lance, o time acabou sofrendo o segundo gol do rival.

Com 15 minutos jogados o cenário estava totalmente desfavorável. Este Clube, no entanto, é imenso. E com uma atuação para eternizar foi buscar a virada no Beira-Rio. Vinicius Lopes diminuiu aos 18 minutos e deu vida ao Glorioso. A partir daí, então, foi na superação e na camisa.

Correndo dobrado para marcar e com coragem para atacar, o Fogão empatou com Erison no início da segunda etapa. E depois de muita tensão e confusão em campo, Hugo, no apagar das luzes, fez o gol da virada. Que vitória fora de casa! O resultado levou o Botafogo aos 18 pontos no Campeonato Brasileiro e encheu de moral para o clássico com o Fluminense na próxima rodada, no Nilton Santos.

FICHA DO JOGO:

Leia Também:  Corinthians vence Portuguesa-RJ por 2 a 0 na Neo Química Arena e avança para as oitavas da Copa do Brasil

Data/horário: 19/06/22 (Domingo), às 18h
Local: Estádio Beira-Rio
Árbitro: Savio Pereira Sampaio
Assistentes: Daniel Henrique e Jose Reinaldo
Quarto árbitro: Rafael Klein
Árbitro de Vídeo: Rafael Traci
Assistente de Árbitro de Vídeo: Helton Nunes

Amarelos: Kayque Rocha, Moisés, Mauricio, Gabriel Mercado, Carlos Pena (Internacional), Gatito, Carli, Hugo, Patrick de Paula, Kayque, Piazon (BOTAFOGO)
Vermelhos: Sampaio, Luís Castro (BOTAFOGO)

Gols: Edenilson (8’/1T), Fabricio Bustos (12’/1T), Vinicius Lopes (18’/1T), Erison (13’/2T), Hugo (55’/2T).

BOTAFOGO: Gatito; Sampaio, Carli e Klaus; Saravia (Jeffinho), Kayque, Patrick de Paula e Hugo; Piazon, Vinicius Lopes (Daniel Borges) e Erison (Matheus Nascimento). Técnico: Luís Castro.

Internacional: Daniel; Fabricio Bustos (Matheus Cadorni), Vitão, Gabriel Mercado e Moisés (Pedro Henrique); Gabriel, Edenilson, Carlos Pena e Alan Patrick (Tailson); Wanderson (Alemão) e David (Mauricio). Técnico: Mano Menezes.

fonte https://www.botafogo.com.br/ler-noticia.php?cod=7010

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte, a alegria do povo

Cuiabá perde para o Fluminense e amargura mais uma rodada na zona do rebaixamento

Publicados

em

Logo no primeiro minuto de jogo, o Fluminense apertou a saída de bola do Cuiabá e recuperou a posse. Cano acionou Ganso, que ajeitou de letra. O artilheiro, então, chutou no canto e marcou. O que se desenhava um placar mais elástico, contudo, ficou mesmo na vitória magra.

“O Cuiabá é muito bom, com jogadores que correram o jogo todo, lutaram. A gente conseguiu fazer o gol no primeiro minuto, criamos situações de gol, mas não conseguimos ampliar o placar. Parabenizar também a atitude do time, que não sofreu gol e isso é muito importante”, acrescentou.

O artilheiro, agora, tem 30 gols no ano, sendo 13 pelo Brasileirão, do qual é o goleador. Com o faro de gol de Cano, o Fluminense chegou a 38 pontos e está na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, visita o Internacional, domingo, às 19h (horário de Brasília), no Beira-Rio.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Grêmio vence o Guarani, soma mais 3 pontos e sobe na tabela
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA