(65) 99638-6107

CUIABÁ

Esporte, a alegria do povo

Bicampeonato da Copa do Brasil veio em 1994 contra o Ceará

Publicados

Esporte, a alegria do povo


Cinco anos após a conquista de sua primeira Copa do Brasil, o Tricolor voltou a levantar o título com uma campanha invicta. Foram dez jogos, seis vitórias e quatro empates. Um aproveitamento de 73%.

O bicampeonato havia escapado em 1991, na disputa com o Criciúma. Aliás, os catarinenses foram os primeiros adversários na campanha de 1994. Logo em seguida, nas oitavas de final, o Tricolor deixou pelo caminho o poderoso Corinthians. Nas quartas, o duelo foi diante do Vitória, garantindo a semifinal contra o Vasco da Gama. Na decisão, a exemplo do Sport Recife, em 1989, mais uma vez a presença de um clube nordestino, o SC Ceará, que surpreendeu. Na sua trajetória até a final, eliminou Campinense/PB, Palmeiras, Inter e Linhares/ES.

O primeiro jogo da decisão foi no dia 7 de agosto, no Estádio Castelão, na capital Cearense. Jogando contra um forte calor e 54 mil torcedores, o time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari segurou o empate sem gols, trazendo a decisão para o estádio Olímpico.

Apenas três dias depois, com o Velho Casarão lotado, o Grêmio entrou em campo para vencer o Ceará por 1 a 0 e assegurar o bicampeonato da Copa do Brasil. O gol do título foi marcado pelo atacante Nildo, logo no início da partida.

  Grêmio vence o Red Bull Bragantino por 2 a 1 pela 19ª rodada da Série A

Leia Também:  Botafogo- SP sai na frente, São Paulo reage e empata no Campeonato Paulista

Além de voltar a assumir a hegemonia do futebol brasileiro, a conquista da competição garantiu a vaga na Libertadores de 1995,  que levaria o Grêmio outra vez ao topo da América.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte, a alegria do povo

São Paulo vence o Bragantino no Morumbi pelo Campeonato Paulista

Publicados

em


Pouco depois de golear no São Caetano por 5 a 1 no último sábado (10), o Tricolor conquistou mais uma importante vitória no Campeonato Paulista de 2021. Na segunda-feira (12), no Morumbi, o São Paulo derrotou o Red Bull Bragantino por 1 a 0 em duelo antecipado da sétima rodada.

O gol solitário da partida foi anotado pelo zagueiro Léo Ortiz, contra, após chute forte e cruzado de Reinaldo – o goleiro espalmou, a bola voltou o defensor e entrou.

Com o resultado, o Tricolor se manteve na liderança do Grupo B, agora com 13 pontos em seis partidas. Na próxima quarta-feira (14), às 21h30, novamente no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o São Paulo receberá o Guarani pelo estadual.

Para encarar os visitantes, o time não contou com os meio-campistas Gabriel Sara e Hernanes (dores musculares). Já Vitor Bueno foi preservado por um desconforto muscular.

Assim, com Luan entre os titulares, Hernán Crespo escalou a equipe com Volpi; Arboleda, Bruno Alves e Léo; Igor Vinícius, Luan, Nestor, Dani Alves e Reinaldo; Rojas e Pablo.

  De virada, São Paulo vence o Goiás com gols de Brenner e Igor Gomes

Leia Também:  Série A: Fora de casa, Ceará vence o Coritiba e se garante na Sul-Americana 2021

No primeiro tempo, com Dani Alves mais adiantado, o Tricolor dominou a posse de bola e tentou criar as oportunidades na frente. Porém, não conseguiu furar o bloqueio adversário e, assim, o placar não foi alterado antes do intervalo.

Na volta para a etapa complementar, o treinador argentino promoveu a entrada de Luciano, que retornou após ser liberado do duelo com o São Caetano para resolver questões pessoais, no lugar de Rojas.

Aos 18, Eder herdou a vaga de Pablo, e o São Paulo garantiu a vitória em jogada que contou com a participação da dupla aos 25 minutos: Luciano rolou para Reinaldo, que bateu cruzado. Eder se enfiou entre os zagueiros, o goleiro espalmou e a bola voltou em Léo Ortiz, que fez contra! 1 a 0 e mais um triunfo nesta retomada do estadual!

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA