(65) 99638-6107

CUIABÁ

Esporte, a alegria do povo

Atlético empata com o Villa na estreia do Mineiro

Publicados

Esporte, a alegria do povo


Atlético e Villa Nova empataram em 1 a 1 na estreia do Campeonato Mineiro 2022. A partida aconteceu na noite desta quarta-feira, dia 26, no Castor Cifuentes, em Nova Lima.
No primeiro jogo sob o comando do técnico Antonio Mohamed, o Galo optou por utilizar uma equipe diferente em relação a temporada passada, alongando a pré-temporada dos jogadores que mais atuaram em 2021.

O jogo
A primeira boa oportunidade do alvinegro surgiu aos 15 minutos. Após encarar a marcação na ponta esquerda, Echaporã foi parado com falta. Na cobrança, Guilherme Castilho bateu forte, a bola desviou no zagueiro antes de ser afastada pela defesa adversária.
Aos 27 minutos, em jogada trabalhada na esquerda, Tchê Tchê cruzou rasteiro na área e o zagueiro mandou contra a própria meta. Bem posicionado, Glaykon conseguiu ficar com a bola.
A primeira chance do time de Nova Lima surgiu aos 27 minutos. Wesley levantou na entrada área, mas Rafael se adiantou ao atacante do Villa para fazer a defesa.
Na marca de 43 minutos, após bola lançada em profundidade, Thiago Mosquito aproveitou a sobra dentro da área e abriu o placar para os donos da casa.
Fotos: Pedro Souza / Atlético
Segundo tempo
O técnico Antonio Mohamed promoveu duas alterações no intervalo. Savarino e Zaracho substituíram Castilho e Echaporã.
Aos 16 minutos, Ademir cobrou escanteio no primeiro pau, Igor Rabello desviou de cabeça muito próximo a trave adversária.
Dylan foi chamado ao jogo para o lugar de Sasha. Logo na sua primeira jogada, o meia foi até a linha de fundo e levantou para Fábio Gomes, que cabeceou por cima da trave.
Gooool! Na marca dos 43 minutos, o colombiano recebeu lançamento de Zaracho na esquerda, cortou para dentro e bateu forte para deixar tudo igual.
O Galo volta a campo no próximo sábado, dia 29, às 16h30, para enfrentar o Tombense, no Independência. O jogo será válido pela 2° rodada do Campeonato Mineiro e o primeiro diante da torcida mais engajada do Brasil.
FICHA TÉCNICA
VILLA NOVA 1 X 1 ATLÉTICO
Competição: Campeonato Mineiro
Fase: 1° rodada
Estádio: Castor Cifuentes
Cidade: Nova Lima (MG)
Gols: Thiago Mosquito – 43′ 1° tempo (Villa Nova) – Dylan 43′ 2° tempo (Atlético)
Villa Nova: Glaycon; Danilo Belão, Gabriel Furtado (Diego Landis), Kadu, Hipólito, Wesley (Gustavo Ferreira), Leandro Salino, Renan Mota (Adriano Amorim), Branquinho (Klysman), Alessandro Vinícius (Gabriel da Silva) e Thiago Mosquito.
Técnico: Bruno Pivetti
Atlético: Rafael; Guga, Igor Rabello, Vitor Mendes e Dodô; Castilho (Zaracho), Tchê Tchê, Echaporã (Savarino), Ademir (Felipe Felício), Sasha (Dylan) e Fábio Gomes.
Técnico: Antonio Mohamed
Cartões amarelos: Branquinho, Gustavo Mosquito (Villa Nova); Guga (Atlético)
fonte: https://atletico.com.br/noticias/atletico-empata-com-o-villa-na-estreia-do-mineiro

  Diretor comenta processo de escolha do novo treinador

Leia Também:  Flamengo conclui preparação para o primeiro jogo da final do Cariocão

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte, a alegria do povo

Mengão vence Athletico-PR, com golaço de Pedro e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

Publicados

em

O Flamengo foi até a Arena da Baixada e venceu o Athletico-PR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (17,08) e avançou para as semifinais da Copa do Brasil.

O gol do Mengão foi marcado por Pedro, no início do segundo tempo. Agora, o Rubro-Negro aguarda seu adversário, que sairá do confronto entre São Paulo e América-MG.

O jogo

O Flamengo começou a partida tomando a iniciativa de ficar com a bola, trocando passes no campo ofensivo. Aos seis minutos, o Mais Querido criou a primeira boa oportunidade. Arrascaeta dominou na intermediária, limpou a jogada e bateu para o gol. A bola passou por cima do travessão.

O Athletico parava o jogo com muitas faltas, dificultando a saída de bola do Fla. Na reta final da primeira etapa, o time rubro-negro voltou a crescer na partida e ocupava o campo de ataque em busca de espaços na defesa paranaense. Aos 38’, Everton Ribeiro lançou Gabigol pela direita, o atacante cruzou na área e Arrascaeta cabeceou para fora.

Aos 41’, Arrascaeta ajeitou para Gabigol soltar a bomba de canhota. Bento espalmou para escanteio. O Flamengo foi melhor na etapa inicial, porém o placar não saiu do zero.

Leia Também:  Elenco se reapresenta e treina para a Copa do Brasil

O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro: o Flamengo dominando as ações e o Athletico fechado atrás esperando para descer no contra-ataque. Aos 6’, Rodinei recebeu de Everton Ribeiro e bateu cruzado. Bento deu rebote para o meio da área e Fernandinho fez o corte.

De tanto insistir, o Mengão abriu o placar com um golaço! Rodinei foi na linha de fundo e cruzou na pequena área. Pedro apareceu livre para emendar uma linda bicicleta, sem chances para o goleiro: 0 a 1.

Após o gol, o Athletico passou a sair mais para o ataque, deixando o jogo mais aberto. Aos 29’, Pedro arrancou em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro e rolou para Gabi, que chutou na trave. Ótima oportunidade desperdiçada.

Nos minutos finais, o Athletico pressionou em busca do empate, mas o Fla conseguiu se segurar e saiu de campo com a vitória e a classificação garantida para a semifinal.

Próximo compromisso

O Mais Querido volta a campo no domingo (21) para enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia Também:  Com dois gols de Mendoza, Ceará vence o América/MG na Arena Independência

FICHA TÉCNICA: 

ATHLETICO-PR 0 x 1 FLAMENGO

Competição: Copa do Brasil – jogo de volta das quartas de final

Data e hora: 17 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Terans, Fernandinho, Hugo Moura (ATH); João Gomes (FLA) Gol: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo (FLA)

ATHLETICO: Bento; Matheus Felipe (Cuello), Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Erick, Hugo Moura (Vitor Bueno), Fernandinho e Abner; Terans (Vitinho) e Pablo (Canobbio). Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLAMENGO: Santos, Rodinei, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Vidal (Victor Hugo), Arrascaeta (Diego) e Everton Ribeiro (Pablo); Gabigol (Everton Cebolinha) e Pedro (Lázaro). Técnico: Dorival Júnior.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA