(65) 99638-6107

CUIABÁ

Esporte, a alegria do povo

Athletico x Bahia: Saiba como assistir!

Publicados

Esporte, a alegria do povo


O sábado (9) é de Rubro-Negro ao vivo no Furacão Live!

O Athletico enfrentará o Bahia às 19h, pelo Brasileirão, em jogo que marcará o retorno do público ao Estádio Joaquim Américo.

A partida terá transmissão ao vivo do Furacão Live, para todo o Brasil.

A TNT, a HBO Max, o Estádio TNT Sports e o canal da Jovem Pan Esportes no YouTube também passarão o jogo com imagens. Veja os detalhes abaixo!

Furacão Live

Quem é Sócio Furacão ou assinante do Furacão Live poderá assistir ao jogo, sem custo adicional, no www.furacaolive.com.br ou no app da plataforma rubro-negra. A transmissão será para todo o Brasil.

Se você ainda não tem acesso, não perca tempo e assine já para acompanhar o Rubro-Negro! Além de partidas do Athletico, o Furacão Live tem conteúdos exclusivos, como vídeos completos dos bastidores e séries especiais.

A assinatura custa R$ 24,90 mensais. Sócios Furacão já têm acesso garantido e não precisam assinar.

Jovem Pan Esportes

O canal no YouTube da Jovem Pan Esportes [clique aqui para acessar] também transmite todos os jogos do Rubro-Negro como mandante no Brasileirão.

  Athletico se prepara para enfrentar próximos duelos com Flamengo e Bahia

Leia Também:  Renato Augusto retorna ao Corinthians

O valor da assinatura é de R$ 24,90 mensais.

O jogo contra o Bahia também será transmitido para o Estado do Paraná pela Jovem Pan.

TNT, HBO Max e Estádio TNT Sports

Os torcedores também poderão acompanhar o jogo na TNT, na HBO Max e no Estádio TNT Sports.

A transmissão será para todo o Brasil, exceto o Estado do Paraná.

Transmissão em áudio

A transmissão em áudio da Rádio CAP, no YouTube do Rubro-Negro, começará às 18h40. Para escutar, acesse o canal do Furacão.

Fonte: https://www.athletico.com.br/noticia/athletico-x-bahia-saiba-como-assistir/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte, a alegria do povo

Abel comanda primeiro treino do Palmeiras em Montevidéu

Publicados

em


Felipe Melo treinou durante com o grupo (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras treinou na tarde desta quinta-feira (25), no estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (URU), na preparação à final da CONMEBOL Libertadores 2021 contra o Flamengo, neste sábado (27), às 17h, no Estádio Centenário. Sob forte chuva, foi o primeiro trabalho do Verdão em solo uruguaio desde o desembarque no país na noite desta quarta-feira (24).

Após uma atividade de vídeo no hotel e trabalhos de ativação física na academia, os jogadores foram ao campo do Nacional-URU para um treino tático de cerca de 1h de duração comandado pelo técnico Abel Ferreira e sua comissão técnica. Divididos em dois times, os jogadores ensaiaram o posicionamento, movimentações e jogadas, entre outros aspectos.

Assim como no treino de quarta (24), o meio-campista Felipe Melo treinou durante todo o tempo com o grupo. Ao final, o elenco praticou bolas paradas e cobranças de pênaltis e faltas.

Esta é a sexta final de Libertadores na história do Palmeiras. Primeiro clube brasileiro a chegar à decisão do torneio (em 1961, contra o Peñarol-URU, com o jogo de ida em Montevidéu), o Verdão é o que mais vezes alcançou a fase decisiva da competição, ao lado do São Paulo – foi campeão em 1999 e 2020 e vice-campeão em 1961, 1968 e 2000.

  Abel Ferreira comanda treinos visando confronto contra o Ceará

Leia Também:  Arana é convocado para os Jogos Olímpicos de Tóquio

O Maior Campeão do Brasil é ainda o clube brasileiro com mais participações de Libertadores (21, ao lado de São Paulo e Grêmio), mais jogos (209), mais vitórias (116), mais vitórias como visitante (44), mais gols (390), mais gols como mandante (233) e mais gols como visitante (156 tentos).

Os jogadores Wesley e Gustavo Gómez (à direita) durante treinamento no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/abel-comanda-atividade-tatica-no-primeiro-treino-do-palmeiras-em-montevideu/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA