ESPÍRITO DE CORPO – Procurador da República Douglas Araújo, alvo de críticas em artigos de Eduardo Mahon e Marcos Machado, por sua atuação no caso Home Care, recebe solidariedade da Associação Nacional dos Procuradores da República

Associação Nacional dos Procuradores da República divulgou, neste final de semana, a seguinte nota:

ANPR ressalta que a condução dos trabalhos do MPF foi inquestionavelmente criteriosa.

A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) vem a público expressar seu apoio ao procurador da República Douglas Santos Araújo, no caso que envolve a contratação da empresa HomeCare Medical Ltda. pelo Governo do Mato Grosso.

 A despeito das críticas que constam de artigos publicados na imprensa do estado sobre a investigação de irregularidades na contratação de empresa de serviços médicos, a Associação ressalta que, no que diz respeito ao MPF, a condução dos trabalhos foi inquestionavelmente criteriosa. Os atos do procurador da República fundamentaram-se em relatórios da Controladoria Geral da União, do Tribunal de Contas da União e em Inquérito Policial instaurado pela Polícia Federal.

Além disso, ao contrário do aduzido na mídia local, todas as ações propostas pelo Ministério Público Federal são feitas com vistas à proteção ao erário e à sociedade, dentro dos limites da lei e da Constituição. Para se ter uma ideia do valor desviado dos cofres públicos, a Secretaria de Controle Externo do TCU/MT apurou o superfaturamento total, em valores atualizados, na soma de mais de R$ 23,8 milhões.

Por atuar em defesa dos procuradores da República, velando pelo prestígio, direitos e prerrogativas da classe, a ANPR repudia veementemente toda e qualquer acusação infundada contra a atuação de membros do MPF, supostamente utilizando a imprensa para colher o apoio popular às ações dos pretensos acusadores.

Constitucionalmente, os membros do Ministério Público atuam na defesa da ordem jurídica, do regime democrático de Direito, de interesses sociais e individuais indisponíveis e, por isso, assumem o verdadeiro papel de protetores da sociedade, seja na defesa dos cidadãos ou na defesa do patrimônio público. Tais atribuições seguirão sendo desempenhadas com inexcedível zelo pelo procurador da República Douglas Santos Araújo e por seus pares no estado do Mato Grosso.

Brasília, 13 de outubro de 2011.

Alexandre Camanho de Assis
Presidente de ANPR

 

CLIQUE NOS LINKS ABAIXO E CONFIRA O QUE A PAGINA DO E PUBLICOU SOBRE ESTE CASO

http://paginadoenock.com.br/home/post/9921

http://paginadoenock.com.br/home/post/9911

http://paginadoenock.com.br/home/post/9906

http://paginadoenock.com.br/home/post/9836

http://paginadoenock.com.br/home/post/9714

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.10.175.205 - Responder

    atencao, o desembargador …tem o sistema guardiã que a PF E outros tem no estado (sistema de escuta clandestina), e so investigarem que vao achar, alias outros membros do governo blairo maggi e dante tambem tem…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

seis − 5 =