(65) 99638-6107

CUIABÁ

ENTRETENIMENTO

‘Dança dos Famosos’: especialistas analisam quem deve vencer o reality

Publicados

ENTRETENIMENTO

Vitão, Vitória Strada e Ana Furtado são os finalistas
Reprodução/Montagem/Instagram 01.07.2022

Vitão, Vitória Strada e Ana Furtado são os finalistas

Após semanas de competição, o “Dança dos Famosos” chega ao fim neste domingo (3). O reality de dança do “Domingão” teve diversas reviravoltas, incluindo a volta por cima de Vitão e Ana Furtado. O cantor, que tinha as menores notas, chegou à final após muito esforço e a apresentadora e esposa de Boninho se recuperou da covid-19 e alcançou as notas necessárias para estar na decisão, que também conta com Vitória Strada. 

Mas será que as danças são realmente boas ou o júri está aliviando na hora de dar as notas para o trio? O iG Gente conversou com Elias Ustariz, ex-professor de Érika Januza no “Dança” de 2018, e Dennis Dinelli, campeão do “Dança das Feras”, versão da competição apenas com profissionais da dança do “Faustão na Band”. 

Na conversa, os dançarinos analisaram três apresentações de cada famoso, as da semifinal, do dia 26, o tango de Vitão e Vitória e a salsa de Ana Furtado. Os dois profissionais apostam que Vitória é a indicada para vencer o programa, já que tem versatilidade e presença para expressar a dança. 

Contemporâneo com algumas falhas, mas teve qualidade

Antes de saber a análise dos professores, é preciso entender alguns termos usados pelos profissionais. Nas danças apresentadas, há a “pegada”, em que Dennis e Elias chamam de “carregada”, para que se entenda melhor. Nela, o artista faz movimentos com força e utilizando saltos. Além disso, há o “plié”, movimento de dobra dos dois joelhos que auxilia nos saltos e na descida da pegada. 

Ao ver o vídeo de Vitória Strada, que simboliza o fogo, Dennis tece elogios para a interpretação da atriz e as explosões de movimentos dela ao lado do professor. Para ele, é nítido que Vitória estuda a dança clássica, jazz e contemporâneo, por isso atinge notas altas. 

“A expressão do olhar baixo demonstrando agressividade e as explosões de movimentos foram bons, ela foi feliz nisso. Os saltos bem colocados, as descidas das carregadas sempre em plié, as subidas também, os movimentos de chão, foi muito bem. O trabalho foi bacana e bonito”, analisa. Para Dennis, o casal foi muito bem e os dois mereciam o primeiro lugar.

Para Elias, ela mereceu o primeiro lugar, pela força na dança. “Gostei muito do contemporâneo da Vitória, dançar contemporâneo é dançar com a alma e eu gostei, tem muita presença, muita força, expressou muito bem o que estava dançando, muito merecido”, afirmou Elias. 

Leia Também:  Mendoza: conheça paraíso do enoturismo na Argentina

Já Vitão gera discordância entre os dançarinos. Segundo Dennis, ele mereceu o segundo lugar e perdeu pontos por destoar da dupla, além de perder a marcação nos giros da dança. “Vitão muito explosivo, mas pouco cuidado nas linhas de movimento, a postura e cabeça não marcando os giros e isso trouxe um pouco de grotesco para o que ele estava passando ali, onde divergia do personagem que a professora estava passando”, analisa.

Para Dennis, Vitão não foi bem nessa coreografia, a não ser que a intenção seja de destoar da dupla. “Ele poderia ter menos força, menos explosão e procurar um pouco mais de respiração nos movimentos. Alcançaria uma nota maior”, pontua.  

Já para Elias, Vitão foi “maravilhoso”. Ele explica que a dança contemporânea exige liberdade de movimentos e grande expressão corporal. Para o ex-Dança, “a apresentação foi maravilhosa, ele e a professora têm muita energia dançando”. Ele diz que o cantor e a dupla deram tudo isso na apresentação.  

Na análise sobre a esposa de Boninho, alguns defeitos se mostraram presentes e atrapalharam a qualidade da apresentação de Ana Furtado. Para Elias, Ana até dança bem, mas peca em alguns momentos. “É maravilhosa, mas senti falta de expressão na coreografia. Achei a dança muito parada em comparação aos outros participantes”, pontua. 

Dennis afirma que houve pouca qualidade técnica, com erros, mas a apresentadora teve uma boa interpretação. “A carregada da coreografia com o tecido foi bem criativo, bacana e ficou legal. Mas o contemporâneo obriga mais molejo, manejo no corpo e a Ana não conseguiu atingir esse objetivo, fez o máximo dela na interpretação, mas nos movimentos deixou a desejar”, analisa. 

No funk, alguns erros e falta de coleguismo

Tanto nas danças de Vitão quanto de Vitória, Dennis analisa que houve uma falha de comunicação dos famosos com os professores. O dançarino pensa que isso pode ter atrapalhado nas notas dos casais. 

Ao observar o de Vitória, Dennis também aponta para a falta de energia da atriz. “Há uma boa interpretação, creio que faltou um pouco de energia do meio da coreografia para o final, mas ela foi muito bem. É nítido que a energia do professor era maior que o dela, teve menos sintonia. Poderia ter mais dinâmica de movimento por parte dela”, comenta. 

Elias discorda e analisa que a dança de Vitória teve muita energia. “Amei ela dançando, mandou muito bem na questão da energia, carisma, sensualidade e ainda faz acrobacias, estou em choque, arrasou”, vibra.

Vitão não surpreendeu os dançarinos. Para os profissionais, faltou um pouco de energia na dança. Além disso, os dois tinham a expectativa de o cantor ir melhor, já que é um cantor que demonstra sensualidade nas músicas e clipes. “No funk, ele teve uma falta de olhar para a parceira, quebrando o significado do duo. Mesmo no funk, com batidão, ele teria que entender que é uma dupla dançando”, analisa Dennis.

Leia Também:  Simaria volta a criticar Simone e Domingo Espetacular bate recorde

Para o dançarino, Vitão perdeu pontos pela situação. “A energia no movimento é boa, é urbana, ele consegue entrar na linguagem facilmente, mas teve um vacilo grande com a dupla”, pensa.

Elias entende que Vitão dança muito bem, mas sentiu falta de alguns aspectos. “Senti falta de mais funk na coreografia, mas de resto, tudo bem, amei”, pontua. 

Ana Furtado dançou “Envolver”, no dia das “dancinhas da internet”. A apresentadora teve falhas na movimentação. “Não senti que ela estava presente. Nas movimentações sensuais ela teve maior destaque. Foi notável que ela não estava confortável nessa linguagem. O professor também, senti o mesmo desconforto”, indica Dennis. 

Tango com qualidade e poucos erros, salsa de Ana Furtado teve falhas

Como eram de grupos diferentes, Vitão e Vitória dançaram tango e Ana Furtado dançou salsa. Para Elias, o júri fez uma análise muito rigorosa da dança de Vitória Strada. “O júri técnico deve lembrar que os convidados do ‘Dança’ não são profissionais. Eu gostei muito do tango da Vitória, tem uma limpeza dançando, não paralelo às linhas, mas ela é versátil e sabe interpretar o que está dançando”, analisa. 

“No tango, Vitória tem boa postura e interpretação, a sintonia é muito boa, para mim, foram perfeitos”, pensa Dennis, que critica a dança de Vitão e indica que ele não teve a elegância que o tango passa. “Esse ar sedutor do condutor não foi muito expresso e, sim, teve um formato dele, o que é louvável, mas para o tradicionalismo, não. Então a dinâmica da coreografia foi boa, mas as movimentações poderiam ser mais eretas, sérias”, pondera. 

Na salsa, Elias e Dennis concordam que Ana Furtado teve muita energia, mas faltou sensualidade e clareza nos movimentos. “Eu gostei da energia que ela tem para dançar, senti falta da limpeza dos braços, penso que precisaria finalizar os movimentos melhor, é importante isso. Eles saíram do ritmo também”, diz Elias. 

“A salsa foi a melhor linguagem para o corpo dela para execução, mas faltou sensualidade, que ela usou em ‘Envolver’ e que poderia jogar na salsa. As caras e bocas que necessitam acontecer, mas acredito que foi a melhor que ela executou”, finaliza Dennis. 

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Monica Benini, esposa de Júnior Lima, passa por cirurgia de emergência

Publicados

em

Monica Benini e Junior Lima estão juntos desde 2013
Reprodução/Instagram

Monica Benini e Junior Lima estão juntos desde 2013

Monica Benini, esposa de Júnior Lima, contou que foi operada às pressas neste fim de semana após sofrer com fortes dores abdominais. A influenciadora contou nesta terça-feira (5) que passou mal e precisou ir às pressas ao pronto-socorro. 

“Para servir de alerta para a gente nunca camuflar as dores que sentimos, sempre checar e nunca se automedicar”, disse no texto, que explica o acontecido. Segundo Monica, os sintomas começaram leves e se agravaram. 

“De domingo para segunda, comecei a sentir uma sensação de azia. Ontem a dor começou a aumentar e estava brincando com o Otto e não consegui caminhar direito. Quase desmaiei. Liguei por Junior e ele veio correndo… Pensei: se estou sentindo dores que nunca senti é porque está acontecendo alguma coisa”, disse.

Leia Também:  Mendoza: conheça paraíso do enoturismo na Argentina

Após bateria de exames, ela descobriu que estava com apendicite. “Não ando só. Obrigada, anjo da guarda”, afirmou ela. 


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA