EMPRESÁRIO MARCELO ODEBRECHT: Lemos e ouvimos que financiamento brasileiro no porto de Mariel, em Cuba, gera empregos no exterior; que os contratos são sigilosos, para encobrir negócios escusos; que drena recursos da nossa infraestrutura; e que o Tribunal de Contas da União não fiscaliza. Nada disso é verdade.

 MARCELO ODEBRECHT, 45, engenheiro civil, é presidente da Odebrecht, empresa brasileira que atua em áreas como engenharia, construção e petroquímica. Seu artigo foi publicado, originalmente, no jornal Folha de S Paulo deste domingo, 9.


MARCELO ODEBRECHT, 45, engenheiro civil, é presidente da Odebrecht, empresa brasileira que atua em áreas como engenharia, construção e petroquímica. Seu artigo foi publicado, originalmente, no jornal Folha de S Paulo deste domingo, 9.

Quanto mais “Mariels”, melhor para o Brasil

POR MARCELO ODEBRECHT

 

 

 

Em 2013, a Odebrecht Infraestrutura faturou US$ 8 bilhões no exterior. Pena que apenas 12,5% vieram de projetos financiados pelos “créditos sigilosos” do BNDES. Com mais financiamentos, muito mais riqueza teria sido gerada no Brasil.

Aprendi com meu avô que o maior desperdício humano é muita eficiência para pouca eficácia. A recente inauguração do porto de Mariel, em Cuba, motivou um eficiente ataque ao governo na mídia. Mas essa é a batalha errada.

Quando temos como propósito mostrar quem –em especial, o governo– está errado, deixamos de focar o que está certo e o que precisa ser aprimorado.

O BNDES não investiu em Mariel. O BNDES financiou as exportações de cerca de 400 empresas brasileiras, lideradas pela Odebrecht, no valor equivalente a 70% do projeto. Se o porto será de grande importância para o socialismo cubano, foi o capitalismo brasileiro que mais ganhou até agora.

País que não exporta não cresce, não adquire divisas e não se insere na economia internacional. A exportação de serviços suporta hoje 1,7 milhão de postos de trabalho no Brasil, na interação com vários setores produtivos. Promove a inovação e estimula a capacitação de mão de obra altamente especializada.

Entretanto, lemos e ouvimos que o financiamento brasileiro gera empregos no exterior; que os contratos são sigilosos, talvez para encobrir negócios escusos; que drena recursos da nossa infraestrutura; e que o TCU (Tribunal de Contas da União) não fiscaliza.

Nada disso é verdade.

Primeiro: o financiamento à exportação gera empregos no Brasil, porque não há remessa de dinheiro para o exterior. Os recursos são desembolsados aqui, em reais, para a aquisição de 85% dos bens e serviços produzidos e prestados por trabalhadores brasileiros (os demais 15% são pagos à vista pelo importador).

Segundo: informações como o valor, destino e objeto do financiamento sempre foram públicas, como pudemos ouvir e ler em todos os meios que trataram de Mariel. As únicas informações que não são públicas são as usuais das operações bancárias, como o valor do seguro, eventuais contragarantias e as taxas que compõem a operação.

Nos financiamentos feitos pelos chineses, alemães, americanos, enfim, por todos os países, essas informações também são confidenciais. Não foram o Brasil e Cuba que inventaram essa regra.

Terceiro: os recursos que financiam exportações não concorrem com os destinados a projetos no Brasil e são providos por fontes diferentes. Os números falam por si: em 2012, o BNDES destinou cerca de US$ 7 bilhões para apoiar o comércio exterior e US$ 173 bilhões para o mercado interno.

O porto de Cuba não impediu a construção de nenhum projeto no Brasil. Aliás, até ajudou.

Por meio da exportação de serviços, como a de Mariel, a Odebrecht se capacita e gera resultados que aplica aqui, como fez no terminal de contêineres da Embraport, em Santos. É o maior do Brasil e foi construído pela Odebrecht, simultaneamente a Mariel, com investimento próprio de R$ 1,8 bilhão.

Quanto ao TCU, ele fiscaliza, sim, certificando se são nacionais os bens e serviços exportados.

Finalmente, para quem está questionando os riscos quanto ao pagamento, é importante saber que a ocorrência de calotes não está relacionada a alinhamentos ideológicos: os maiores “defaults” recentemente enfrentados pelo Brasil vieram dos Estados Unidos e do Chile.

Pensando como pai, esse episódio me lembra daqueles que criticam a boa nota que o filho tirou em matemática, porque o garoto está indo mal em português. Pensando como brasileiro, proponho a identificação e o debate de nossos reais desafios e a escolha das batalhas certas para colocar nossas energias.

 

 

24 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.60.215 - Responder

    Falta Colhões a alguns empresários em não só elogiar o governo, mas também dar o nome aos bois e apontar o dedo ao PIG e a oposição Brasileira, que colocam os interesses eleitorais antes dos interesses do país, espalhando mentiras pelos jornais e televisões.
    São tantas as acusações ridículas, e a incoerência delas, que é difícil entender como alguns imbecis tem a a capacidade de acreditar nelas. Enquanto isso as verdadeiras falhas do governo são escondidas nesse debate rasteiro. Talvez porque o que consideramos “falhas” do governo, a oposição política e midiática veja com suas virtudes, e por isso as escondam.
    Por exemplo: quando falam que querem implantar um ditadura comunista no Brasil, eu vejo como são comunistas Blairo Maggi, Abílio Diniz e Marcelo Odebretch, que apoiam o governo. Deve ser isso: eles querem doar os respectivos patrimônios para a ditadura comunista! Eu vejo como quase todo mês abre uma nova fábrica de multinacional no país: montadoras, informática….as multinacionais também querem contribuir com seu patrimônio para a futura ditadura comunista bolivariana chavista castrista brasileira. São tão idiotas e mal informados que criticam a Dilma pela Suia Missu sem levar em conta que a demarcação foi feita por FHC e a desintrução, uma ordem judicial. E votam no PSDB! Acham que o mal do Brasil é a esquerda, sendo que a direita é Djúlio, Djaime, Riva, Arruda, Demóstenes, Rosalba Ciarlini…os probos da direita honesta.
    Vontade de vomitar, tem hora.

    • - IP 177.221.96.140 - Responder

      Há também os probos da esquerda “honesta”, Zé Dirceu, Zé Genoino, João Paulo, Delúbio, Pìzzolato, Lula (que está respondendo ao Inquérito em liberdade, e espero que não use o Passaporte Italiano para fugir também), sem contar os aliados Renan Calheiros, Kassab, Maluf, Sarney, Barbalho, e outros da mesma espécie biológica.

  2. - IP 177.203.35.146 - Responder

    Óóóóóhhhhh!
    Que novidade ; um empresário elogiando o governo “dos trabaiadô” …..
    Este é o paraíso do lucro dos banqueiros e empresários.
    O eike que o diga.

    • - IP 177.132.247.177 - Responder

      Muito bem Roberto. A partir de agora defina o teor das suas críticas: ou aqui é o paraíso do lucro dos banqueiros e empresários OU aqui é uma ditadura castrista/bolivariana/comunista. Não dá para ser as duas coisas.

      E mais: ou vc é de direita, e deveria estar tranquilo em relação ao lucro de banqueiros e empresários em uma economia livre de mercado OU vc é de esquerda, esses lucros excessivos te incomodam, e vc defende maior atuação do estado para mudar essa situação.

      Porque até agora, não dá para saber o que vc é e o que pensa politicamente. Muito confuso. Cada hora parece uma coisa.

      • - IP 177.221.96.140 - Responder

        Um papagaio bravinho com os leitores que não concordam que dinheiro do povo brasileiro seja usado para investir em portos da ditadura cubana, enquanto o Brasil está entrando em colapso por falta de investimento em sua infraestrutura.

        • - IP 177.65.158.135 - Responder

          um indignado tucano manipulador mas um tanto quanto babaquara que tenta se fazer de bobo e negar a evidência de que o brasil e os brasileiros só tem a ganhar com os investimentos feitos por grandes empresários brasileiros e coordenador pelo governo do brasil no porto de cuba que amplia a oferta de empregos no brasil e amplia a presença das industrias brasileiras como grande exportadoras internacionais. claro que esse babaquara joga com a vantagem de contarmos toda uma grande mídia antipetista trabalhando contra os interesses do brasil e divulgando queimações contra o governo do pt. mas eu acredito que blogues como o do enock são bastante para desmontar esse jogo idiota. o povo não é bobo. esses babaquaras, como já disse, tentam tomar de assalto o blogue do enock, que tem muita paciência para suportalos, mas acredito que, silenciosamente, a maioria dos leitores desta página vai captando e espalhando a mensagem.

          • - IP 177.221.96.140 -

            Como é que pode ser mais vantajoso investir em portos cubanos quando os portos brasileiros estão caindo aos pedaços por falta de investimentos??

            Essa Silvia Maria Petista que enganar quem??

            O empresário da Odebret está apenas defendendo a operação que está lhe rendendo milhões á custa do dinheiro do povo brasileiro.

        • - IP 177.132.247.177 - Responder

          Indignado: vc pode acusar o governo de comunista financiador de ditadura comunista ou vc pode acusar o governo de capitalista financiador de emprenteiras. Simplesmente não dá para fazer as duas acusações, se vc usa uma, a outra está desqualificada automaticamente.
          E já que vc se mostra tão preocupado com o dinheiro público, me faz um favor pra eu não pensar que isso é só um álibi para acusar o PT (estou te dando o benefício da dúvida): me mostre onde, aqui na página do Enock, tem algum comentário seu esculhambando os tucodemos por causa do trensalão tucano, ou o Eduardo Azeredo, por causa do mensalão tucano. Vc localiza, diz onde, aí eu vou lá e confiro seu IP e digo: Indignado, vc não é só um falso indignado seletivo, que só quer tirar o PT do governo, e aceita qualquer roubalheira que vem dos partidos de direita. Vc não é um cara que protege a roubalheira tudodemo. Você é um cara realmente preocupado com o futuro do Pais, e não aceita corrupção, venha de onde vier.
          Já puxei uma cadeira aqui, to esperando.

  3. - IP 177.221.96.140 - Responder

    Não conheço algum comentário neste blog tentando esconder a roubalheira de qualquer politico que seja, a não ser os petistas que sempre acham que o roubo dos seus governos é para o bem do povo.Seletivo é você, papagaio de pirata e de petralhas.

    • - IP 179.112.72.236 - Responder

      Indignado…to esperando…vou colar e repetir:

      “me mostre onde, aqui na página do Enock, tem algum comentário seu esculhambando os tucodemos por causa do trensalão tucano, ou o Eduardo Azeredo, por causa do mensalão tucano. Vc localiza, diz onde, aí eu vou lá e confiro seu IP e digo: Indignado, vc não é só um falso indignado seletivo, que só quer tirar o PT do governo, e aceita qualquer roubalheira que vem dos partidos de direita. Vc não é um cara que protege a roubalheira tudodemo. Você é um cara realmente preocupado com o futuro do Pais, e não aceita corrupção, venha de onde vier.
      Já puxei uma cadeira aqui, to esperando.””

      Saída da cadeira…já deitei na cama…

      • - IP 177.221.96.140 - Responder

        Não fica triste não, logo, logo haverá uma outra vaquinha para mandar dinheiro para o Pizzolato.

        S´espero que não deixem o LULLÃO fugir com o passaporte italiano.

        Seria bom a Polícia Federal recolher o passaporte italiano do Lulão, antes que seja tarde.

        Quanto à roubalheira de outros partidos, está tudo desculçpado, afinal, você petistas, afirmam que os petralhas não devem ser punidos nem criticados, porque eles só teriam feito o que os outros sempre fizeram. Então, por essa sua lógica torta, os outros também não devem ser punidos nem criticados, pois se igualam.

        Viu como o seu raciocínio é torto e não reprova nenhuma conduta criminosa. mas vocês estão errados, todos os criminosos devem ser punidos e podem ser criticados.

        Se o Azeredo for condenado, vou estar aqui pedindo que ele cumpra a sua pena.

        Se o Lulla for condenado vou estar aqui pedindo que ele cumpra a sua pena.

        Agora é hora da PF cuidar para que eles não fujam, especialmente o LULLÃO que tem passaporte italiano.

  4. - IP 179.112.72.236 - Responder

    Não é difícil identificar um tucodemo envergonhado: se diz apartidário e contra todo tipo de corrupção, mas apesar de acusar o PT todos os dias, o dia todo, não abre a boca (ou o teclado) para criticar tucodemos. Você nunca vai vê-lo falar dos trensaleiros ou mensaleiros tucodemos.
    Votaram no Serra, no Alckmin, mas tem vergonha de assumir na internet, porque teriam que explicar os bilhões do metrô, a máfia do IPTU, etc.
    Dizem que a corrupção é Petista, mas fingem não saber que o democratas lidera o Ranking do TRE em relação a políticos cassados, seguido pelo PMDB e PSDB (O PT é o nono).
    Esquece, ou finge que esquece, a Yeda Crusius no Rio Grande do Sul, o Arruda no DF, o Demóstenes Torres em Goiás, e recém cassada governadora do RN, também do DEM. A mídias dis que esquece, a gente não.
    Critica os gastos com estádios, mas não abre a boca para falar que o Aécio construiu a cidade administrativa com orçamento inicial de 400 milhões e finalizou com quase 1 bilhão e meio.
    Diz que o Lula é cachaceiro mas finge que não tem um vídeo no youtube do Aécio cambaleando de bêbado no Rio.
    Critica o PT pelo programa mais médicos, mas finge que não existem várias prefeituras dos Tucodemos que participam e pediram médicos cubanos. Finge também não saber que o Serra quando ministro da Saúde também trouxe médicos cubanos para o estado do Tocantins, e não se fez nenhum estardalhaço por isso.
    Diz que o Lula era amante da Secretária, mas não fala do “Filho” que o FHC teve com uma jornalista da Globo quando ainda era presidente e ainda era casado, e esconderam a mãe e o “filho” em Portugal. Coloquei filho entre aspas, porque depois um DNA mostrou que o FHC não era o pai (KKK).
    Fala de compra de votos no congresso pelo PT, mas não da compra de votos pela reeleição do FHC.
    É bipolar: em relação aos programas do governo, uma hora a bolsa família é ruim porque é compra de votos, bolsa-esmola, bolsa-vagabundagem. No outro dia é boa porque foi implantada por FHC…um dia Lula é comunista, no outro é capitalista ladrão.
    Acredita (ou finge acreditar) que Lulinha é dono da friboi, de uma fazenda no pará que depois é em mato grosso, que depois é no nordeste, depois no rio grande do sul, depois em mato grosso do sul, depois em goiás, depois todas elas.
    Ele diz que acredita que o Lula aposentou por causa do dedo, e espalha a mentira no “feicebuque”. Espalha também a foto do Joaquim Barbosa contra as cotas raciais fingindo que não sabe que ele votou a favor delas no STF.
    E além de tudo isso, ele entra na página do Enock, nos comentários do Terra, para se iludir: como encontra mais um monte de tucodeminhos enrustidos que tem vergonha de sair do armário, ele acha que todo mundo está contra o PT…aí vem mais uma eleição, e o cara que não comia e agora come, vota no PT; o cara que não andava de avião e agora anda, vota no PT, o cara que não tinha carro e agora tem, vota no PT, o cara que não tinha bicicleta e hoje tem moto vota no PT, o casa que pagava aluguel no barraco da favela hoje paga prestação na casa de alvenaria…
    Aí o tucodeminho envergonhado de dizer o que é, leva mais uma lapadalapadalapada na eleição e fica mais raivoso ainda, volta babando pra internet, sem entender o que aconteceu.

    Aqui no blog do Enock tá cheio de tucodeminho enrustido travestido de indignado.

    • - IP 177.221.96.140 - Responder

      O papagaio de pirata e de petralhas quer falar da compara de votos no governo do ex- Presidente fernando Henrique, então lembre também que o dinheiro do mensalão dos petralhas serviu inclusive para pagar Advogados para o ex-deputado Ronivon acusado de ter vendido o seu voto a favor da emneda da reeleição.

      Ou seja em tudo eles se igualam, não há coisa errada que o PT não esteja lá apoiando e aproveitando para tirar uma vantagem, sob aplausos da militôncia papagaia.

      • - IP 179.128.115.3 - Responder

        Isso mesmo…o trensalão é culpa do PT, o mensalão do PSDB é culpa do PT, o PT pagou pro Ronivon votar na reeleição do FHC, o PT derrubou o vôo da Tam, o da Gol, afundou a plataforma da petrobrás p-51, o PT ainda é culpado do sucateamento do metro paulistano, foi um petista que fez os contratos dos pedágios mais caros do mundo em SP (10x mais do que a estrada que vai pro nortão), o lobo mau dos três porquinhos é do PT, o da chapeuzinho vermelho também, assim como o esqueleto do HE-MAN, o Coringa, O charada, Lex Luthor, Mun-rá…

        • - IP 177.221.96.140 - Responder

          É verdade, papagaio de Pirata e de petralhas, o arranjo organizado pelo PT e seus cappos drenou dinheiro até para a defesa do Ronivon. Até o Pedro Henry disse que o dinheiro não era para compra ou venda de votos, mas para pagar a defesa do Ronivon.

          Assim, de que adianta falar de compra de voto para a reeleição, se o PT depois ajudou a pagar a defesa dos acusados.

          Na verdade os petralhas acham que são donos do dinheiro do povo.

  5. - IP 189.59.54.25 - Responder

    Se não tem nada para esconder,suspenda o decreto da Presidência que declarou o uso dessa verba secreta.Simples assim.Quem não deve não teme.Para um governante,não basta ser honesto ,tem que parecer honesto,viu SILVIA MARIA .Era assim que ensinavam nas escolas boas de ANTIGAMENTE.

    • - IP 177.221.96.140 - Responder

      É verdade, Sr. Osmir, aí tem. Deve ser igual ao contrato dos médicos, cuja fatia maior é entregue aos ditadores e Governo Petralha não quis entregar os contratos para o Ministério Público do Trabalho, alegando uma clausula de confidencialidade que agora sabemos era só para esconder a tunga nos trabalhadores cubanos.

  6. - IP 189.59.59.188 - Responder

    Papagaio e Silvia Maria, vocês não deveriam envergonhar-se de se seus comentários, postando-os anonimamente, pois eles representam muito bem o pensamento de boa parte dos leitores deste democrático Blog, que, muito ao contrário da esmagadora maioria dos blogs direitistas, a exemplo do P&P da Adriana Vandoni, não toleram o contraditório e cerceiam na maior cara dura os comentários dos que pensam diferentemente deles e dos ogros que os acompanham, e, reparem, são os mesmos caras de pau que arrepiam quando as esquerdas falam em controle social da mídia (que eles mesmos tentam transformar em censura à grande imprensa, o que, pra variar, não corresponde à verdade!). Enock e a maioria dos blogueiros progressistas mantém a sobriedade dos justos e têm enfrentado esses comentaristas apócrifos com grande espírito público, deixando-os livres para comentar, até mesmo os que os agridem, inclusive com palavrões. Entendo bem que às vezes é mais interessante manter, em alguns raros casos, o anonimato em face de alguma denúncia a ser feita, mas este não é o caso de vocês, Papagaio e Silvia, e se vocês ousassem se identificar, eu e muitos outros poderíamos indicar o que vocês escrevem em outros espaços, aumentando o alcance de suas mensagens. De outra banda, vejam vocês, que agindo assim, escondendo-se, estão apenas dando vazão para que os Orcs, como esses “Indignado’s” e esse “Osmir’s” também se escondam! Não acho isso justo, pois é nosso direito e dever manter, por exemplo, nossos filhos menores longe de pessoas como eles/elas, mas não podemos, pois sequer sabemos quem são eles ou elas! Um (mau) elemento desses pode, inclusive, estar atuando como professor ou professora de nossos pequenos sem que saibamos, e possamos, a partir daí, acompanhar mais de perto o que eles/elas vêm dizendo em sala de aula, de maneira a proteger nossa prole dessas sandices que eles/elas postam! Definitivamente isso não é justo! Não é justo que nós não possamos, ao menos, mudar de calçada quando encontrássemos um desses sujeitos vindo em nossa direção, como não é justo também que nós não possamos, Papagaio e Silvia, caso encontrássemos um de vocês na rua, cumprimentá-los pelos seus comentários. É um direito de todo cidadão: (i) de não dar (ou dar) audiência a quem não merece, nem a quem não se identifique (desde os primórdios das telecomunicações as normas já não permitiam o anonimato, ver livros laranjas do CCITT, atualmente substituídos pelas normas da UIT); (ii) de trocar de canal ou de nunca assistir a outro determinado e identificado canal; e (iii) de não permitir que malucos e sádicos como esses possam ministrar aulas às nossas crianças. Para se ter uma idéia da tragédia, é só imaginar a Adriana Vandoni ou Reinaldo Azevedo ministrando aula de atualidades para nossos filhos!?! Trolls, escrevam o que quiserem, onde quiserem, mas identifiquem-se quando escreverem! Pois, quando vocês não conseguem audiência, apenas trocam de pseudônimo e assim conseguem-na à fórceps! É triste! Mais uma vez, isso não é justo! Se soubéssemos quem vocês são, leríamos se quiséssemos e quando quiséssemos! Se achássemos que poderiam ser professores de nossos filhos os contrataríamos, se quiséssemos! Se fossem professores públicos, poderíamos pedir substituição ou trocar nossos filhos de escola, se assim achássemos imprescindível. Obviamente, nunca, em tempo algum, permitiríamos que nossos filhos fossem educados por trolls, ogros e trasgos escondidos por detrás de pseudônimos. Para os Osmir´s, Roberto´s, Rua´s, Eduardo´s, Indignado´s, Rodrigo´s e Maurício´s eu repiso: não é nada justo o que vocês fazem! Vocês podem, de forma covardemente anônima, postar comentários hediondamente idiotas, racistas e/ou preconceituosos e nós nem podemos exercer o nosso lídimo direito de, ao menos, enviar-lhes um olhar de desprezo, na eventualidade de termos a infelicidade de encontrar qualquer um de vocês na rua. Mas o que é muito pior mesmo é pensar que qualquer um desses doentes possam estar escondidos por detrás de um jaleco branco de médico ou, pior ainda, como já disse, de professor e possam estar posando de médicos ou educadores de nossos filhos sem que possamos fazer nada! É nojento! Chega desses Black Blocs virtuais! Não dá mais! A lei para esse tipo de anonimato tem que ser alterada urgentemente ou acabaremos em um Estado de barbárie na Internet que poderá, cedo ou tarde, migrar para o nosso cotidiano, como ocorreu no caso do jornalista da Band! O que parece ser o enorme desejo desses seres seguidores de Saruman!

    • - IP 191.21.75.52 - Responder

      Adamastor, infelizmente relações pessoais e familiares me impedem de escrever meu nome…principalmente pelo desnível, como vc mesmo apontou, entre aqueles que mostram a cara e aqueles que se escondem no anonimato para covardemente espalhar mentiras, preconceitos e ataques …para me diferenciar deles, ainda que anônimo, prefiro usar argumentos com base em fatos e dados, que os ogros sem coragem de admitir a tucodemice não conseguem refutar.

  7. - IP 177.221.96.140 - Responder

    Apareceu, agora, um filopetista com a coragem de usar a expressão “black blocs virtuais” para demonizar os que discordam do descalabro petralha, mas é a corja filopetralha que sempre endeusou esta turma de arruaceiros, inclusive o Caetano Veloso que até posou com suas vestes típicas.

    O assassinato do cinegrafista da Band não está muito distante da responsabilidade dos petralhas.

    Enquanto isso, os donos da Odebrecht devem estar comemorando com o Fidel Castro os ganhos com a construção do Porto de Mariel, em Cuba.

    O Fidel comemora porque é um dinheiro que o seu país nunca vai pagar.

    E Lula e Dilma comemoram porque ainal eles gostam é de ditaduras, se gostassem de brasileiros, investiriam o dinheiro em portos brasileiros.

    Quanto à militôncia, inclusive a papagaiada, comemora porque é tonta mesmo.

    • - IP 191.21.75.52 - Responder

      Tucodeminho enrustido detected.

  8. - IP 177.41.95.208 - Responder

    OPOSIÇÃO SEM LASTRO
    Criticar financiamento do BNDES em Cuba é novo ‘tiro no pé’ do PSDB
    Ao fazer críticas simplórias sobre financiamento do porto de Mariel, partido presidido por Aécio se revela incapaz de dominar o jogo da política externa. Quando embargo cair, Brasil estará bem
    por Helena Sthephanowitz publicado 31/01/2014 16:38, última modificação 31/01/2014 16:49
    EFE/ALEJANDRO ERNESTO
    MAriel.jpg
    Instalações do porto de Mariel, em Cuba: parceria econômica e estratégica criticada por desconhecimento
    O PSDB emitiu nota crítica sobre financiamentos do BNDES à exportação de bens e serviços de empresas brasileiras para construção do porto de Mariel, em Cuba. O tucanato comete novo erro e dá mais um tiro no próprio pé, ao se posicionar contra a presença do Brasil naquele país, por considerar que por aqui faltam “obras estruturantes”, como diz o comunicado do partido presidido por Aécio Neves. “Os brasileiros acompanham, indignados, mais um périplo da presidente Dilma ao redor do mundo. Especial indignação causa saber que dinheiro dos brasileiros foi empregado para erguer um moderno porto em Cuba”, diz o comunicado.

    Além de ter “esquecido” que o governo de FHC manteve parcerias e intercâmbios com Cuba, o comunicado de Aécio e PSDB critica empréstimos à “Venezuela chavista”, quando no governo FHC o BNDES emprestou US$ 107,5 milhões para a construtora Odebrecht abrir uma linha do metrô de Caracas, sob o governo de Hugo Chávez.

    Não que o fato de FHC ter feito seja motivo suficiente para justificar que Dilma faça também. Acontece que, neste caso, ambos agiram corretamente.

    O BNDES é um banco. O fato de ele financiar uma empresa exportadora brasileira não significa que tal financiamento faça falta a outro empreendimento em território nacional. Obras, no Brasil e em qualquer lugar do mundo, muitas vezes não saem do papel por vários motivos – por haver verba mas faltar projetos, por ausência de garantias ou contrapartidas para o empréstimo, ou porque o limite de endividamento de um estado, município ou empresa está estourado. Nunca por falta de linha de crédito disponível no BNDES.

    E no tipo de financiamento à exportação como o feito para o porto cubano, o dinheiro volta ao Brasil, para as empresas brasileiras que exportam os bens e serviços, e volta outra vez com o pagamento do financiamento. Faz crescer a economia, as empresas e os empregos por aqui.

    Por isso que os Estados Unidos têm seu Ex-Im Bank que faz esse mesmo tipo de operação. Assim com a China, a Índia, a Alemanha e o Japão. China e Índia também têm carências de infraestrutura em seus territórios, mas a exportação é bom negócio para crescer e superá-las, como é o caso do Brasil.

    Se o Brasil não financiasse o porto de Cuba, empresas canadenses ou alemãs ou chinesas, por exemplo, é que ficariam com a obra, com o dinheiro e com os empregos que agora estão no Brasil.

    Outra questão é Cuba ainda importar ônibus, máquinas agrícolas e muitos outros produtos industrializados do Brasil. A ilha está promovendo uma abertura econômica semelhante à feita pela China. Tem uma mão de obra altamente qualificada e deve crescer muito nos próximos anos. O porto traz sinergias com a economia brasileira.

    Também há a localização e a conjuntura política estratégica. Quase todos os países da América Central e do Caribe estão na órbita econômica dos Estados Unidos. Cuba é uma exceção e por isso mesmo é o melhor país como plataforma de exportação para produtos brasileiros nesta região. Além disso, o embargo de Washington a Cuba não vai durar para sempre. Quando cair, o Brasil já estará com uma parceria sólida dentro de Cuba.

    O canal do Panamá está sendo ampliado para passar navios gigantes e o porto de Mariel tem profundidade e estrutura para recebê-los. A rota comercial da Ásia para a costa leste dos Estados Unidos se intensificará no mar do Caribe e vários países da região estão reformando seus portos. Hoje Cuba não pode tirar proveito desta situação. Mas, quando o embargo cair, poderá, e o Brasil estará junto.

    Além disso tudo, há um projeto político de integração latino-americana, formação de blocos para votar conjuntamente nos fóruns multilaterais. E foi graças a esta aproximação que o governo Dilma Rousseff emplacou um brasileiro na presidência da Organização Mundial do Comércio (OMC), que conseguiu alcançar um acordo benéfico aos países emergentes, como o Brasil.

    É esse intrincado jogo geopolítico na economia mundial que o senador Aécio Neves se revela incapaz de entender e dominar, ao fazer críticas simplórias.

    Voltando ao BNDES, como todo banco ele capta dinheiro por um lado e empresta por outro. É verdade que uma das fontes de captação tem sido o tesouro nacional desde 2009, em resposta à crise internacional. Mas tem decrescido ano a ano. E o Tesouro empresta ao BNDES com juros menores do que paga nos títulos da dívida pública. Há então um subsídio referente à diferença das taxas.

    Mas aí é preciso analisar a relação custo-benefício deste subsídio. Não há saída se o BNDES não oferecer juros menores de longo prazo para o investimento produtivo, pois senão quase nenhuma indústria de porte se instala no Brasil. Se por um lado isso exige algum subsídio, por outro traz vários efeitos benéficos à economia: diminui importações, aumenta exportações, melhora a balança comercial; mantém níveis de emprego em alta, reduzindo custos sociais, e mantendo o nível de consumo das famílias, garantindo a economia aquecida e com consequente arrecadação de impostos. Em geral, os benefícios superam com folga o custo.

    Também sobre isso o PSDB demonstra ignorância. E em nota oficial…

  9. - IP 177.41.95.208 - Responder

    Aqui nesse link um documento oficial do BNDES da época do FHC: emprestou dinheiro para cuba de fidel comprar ônibus brasileiros e financiou construção do metrô de caracas na venezuela de chaves.
    Onde estavam os tucodeminhos enrustidos nessa época? Vão deixar de votar nos tucodemos por causa disso? Estão na internet vociferando contra FHC, Serra , Alckimin e Aécio?
    http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/empresa/RelAnual/relato00.pdf

Deixe uma resposta para Papagaio    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

6 + sete =