Começa 11º Congresso de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais

Congresso da Contag vai fortalecer a Marcha das Centrais e Movimentos Sociais “Em defesa da cidadania, do desenvolvimento e da valorização do trabalho”, marcada para quarta, dia 6, a partir de 10h30

Com o tema “Fortalecendo o Movimento Sindical para melhorar a qualidade de vida no campo”, a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), realiza seu 11º Congresso Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (11º CNTTR), de 4 a 8 de março no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

O 11º CNTTR tem como propósito refletir sobre a conjuntura de vida e trabalho da categoria, bem como se constitui em um espaço formativo, avaliativo e propositivo, apontando novos rumos para fortalecer a luta da classe trabalhadora rural. Também é um momento de construção coletiva com a presença de aproximadamente 2.500 delegados(as) das 27 Federações filiadas à CONTAG, onde serão repensados os planos de luta e desafios da categoria, frente às transformações sociais, econômicas e políticas do Brasil.

Todo o processo de construção do 11º CNTTR teve início há mais de um ano, onde foram realizadas quatro mil assembleias nos sindicatos e mais de 90 plenárias estaduais e regionais para a escolha de delegados(as). Além disso, ocorreram debates em reuniões internas da entidade e no Conselho Deliberativo da CONTAG. Portanto, só depois deste processo democrático e de construção conjunta do MSTTR é que será realizada a 11º edição do Congresso da CONTAG.

ABERTURA POLÍTICA – Na solenidade de abertura política do 11º CNTTR, marcada para 4 de março, a partir das 19 horas, estarão presentes a diretoria da Confederação, personalidades que contribuíram para a construção dos 50 anos da CONTAG, autoridades do governo federal, deputados federais, senadores, representantes da sociedade civil, da CUT, CTB e de organizações internacionais como UITA (União Internacional dos Trabalhadores em Alimentação e Agricultura) e COPROFAM (Confederação de Produtores Familiares do Mercosul Ampliado). “Nosso 11º CNTTR acontece no contexto dos 50 anos da Confederação. Desta forma, se faz necessária uma reflexão sobre a nossa capacidade de permanecermos 50 anos juntos, apesar das diversidades políticas, ideológicas e culturais que existem no Brasil. Hoje somos mais de 4.000 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e 27 Federações. Essa é uma demonstração da nossa unidade enquanto movimento de resistência e luta. Que o nosso passado sirva de reflexão para os futuros desafios futuros para os próximos 50 anos da CONTAG”, disse Alberto Broch, presidente da CONTAG.

PROGRAMAÇÃO
No segundo dia do 11º CNTTR, durante toda manhã da terça-feira (5 de março), os(as) delegados(as) e convidados(as) acompanharão uma grande e importante conferência, onde será feita uma  análise da conjuntura nacional e internacional e os desafios para o Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), com o conferencista Adriano Campolina, da  Actionaid Brasil, sob a coordenação de mesa da vice-presidente e secretária de Relações Internacionais da CONTAG, Alessandra Lunas. “Vemos neste espaço a possiblidade de refletirmos a realidade do campo em duas vertentes. Uma voltada para o cenário nacional e outra para o internacional. Ambas se complementam, pois necessitamos traçar estratégias de enfrentamento ao Projeto Neoliberal através de ações conjuntas com estas organizações internacionais. Nesta conferência, teremos a possibilidade de realizar um intercâmbio, com troca de experiências para contemplarmos um olhar mais amplo da realidade no meio rural. O Brasil, através de sua democracia participativa, é referência na busca por políticas públicas voltadas para categoria do campo, ou seja, um ‘espelho’ para contagiar o mundo”, disse Alessandra Lunas.

Na sequência, ocorrerá a segunda Conferência, trazendo um debate mais interno para o MSTTR, com a temática “Desafios e Alternativas para a Organização Sindical do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) na consolidação do PADRSS”, com a conferencista Socorro Silva, da Universidade Federal de Campina Grande-PB e colaboradora da Escola Nacional de Formação da CONTAG, tendo a coordenação do secretário de Formação e Organização Sindical da CONTAG, Juraci Souto.
À luz desta reflexão proporcionada pelas Conferências, na tarde do dia 5 de março iniciarão os debates dos Grupos de Trabalho, onde serão abordados: contextualização do PADRSS, com reflexões e encaminhamentos sobre modelos de desenvolvimento rural; fortalecimento da agricultura familiar; meio ambiente; reforma agrária, direito à terra e territórios rurais; soberania e segurança alimentar; e sujeitos políticos do campo.

Na quarta-feira (6 de março), continuarão os trabalhos de grupo com enfoque no Sindicalismo, com reflexão e encaminhamentos sobre a organização e estrutura sindical necessárias para a implementação do PADRSS e das lutas dos trabalhadores e trabalhadoras rurais.
Neste mesmo dia, acontecerá o lançamento do livro “Retrato da Repressão Política Campo Brasil 1962-1985, com a presença da ministra de Estado da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário.

No penúltimo dia do 11º CNTTR, 7 de março, acontecerão o ato de celebração do Dia Internacional da Mulher, a plenária final para discussão e votação das propostas dos grupos de trabalho e a apresentação da chapa única “Unidade com a base” para a eleição da futura direção da CONTAG para a gestão 2013-2017.

Por fim, o último dia do 11º CNTTR, 8 de março, será dedicado exclusivamente para o processo eleitoral, onde será realizada a votação, apuração e divulgação do resultado das eleições da CONTAG.

Atividades extras
– Seminário Internacional sobre Violência no Campo, dia 4 de março, de 11h às 17h;
– Marcha das Centrais e Movimentos Sociais “Em defesa da cidadania, do desenvolvimento e da valorização do trabalho”, dia 6, a partir de 10h30;
– Noite Cultural do Congresso, com apresentações e show artístico, a partir das 21h do dia 7 de março.

FONTE: Imprensa CONTAG – Barack Fernandes

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quatro × 3 =