EDUCAÇÃO, VERGONHA NACIONAL: Estudantes de Engenharia Civil da UNIC estão em greve. Professores têm abandonado as salas de aula devido aos baixos salários. Enquanto isso, mensalidades foram reajustadas em 41%

Greve na UNIC: estudantes de Engenharia Civil estão parados por melhores condições

Desde terça-feira, 2, os estudantes do curso de Engenharia Civil na Universidade de Cuiabá (UNIC) estão parados. O motivo é a falta de avanço nas negociações com a administração da instituição. A mobilização começou no dia 20 de março com um protesto em frente ao campus, e desde então uma reunião já foi feita, mas as reivindicações ainda não foram completamente atendidas.

Em resposta a isso, estão planejados protestos todos os dias das 19h às 20h com as turmas dos períodos matutino e noturno. O movimento grevista será reavaliado na próxima terça-feira, 9, após reunião com a reitoria marcada para às 18h. Enquanto isso, não há previsão para a volta às aulas.

Os estudantes reivindicam a contratação de professores e orientadores de Trabalhos de Conclusão de Curso e a diminuição do número de alunos por turmas. Esta última pauta foi parcialmente atendida e turmas que tinham 70 alunos foram dividas ao meio, contendo agora 35 alunos. Contudo, ainda faltam professores, estrutura que não condiz com o aumento de 41% na mensalidade de 2012 para 2013.

Segundo os manifestantes, os professores têm abandonado as salas de aula devido aos baixos salários. Além disso, professores que orientam monografias não recebem quase nada pelo serviço, o que o torna apenas mais uma obrigação em meio a tantas outras.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

5 × dois =