EDUARDO PÓVOAS: Só falta acharem erros gritantes na execução da obra da Arena Pantanal. Isso seria o fim da picada e a derrocada definitiva do futebol de Mato Grosso. Por que a Secopa humildemente não pede auxilio ao CREA e ao departamento de Engenharia da UFMT antes que aconteça uma tragédia? Por pouco ainda não aconteceu!

eder e silval mt  ligações perigosas

E se fosse na Saúde?
POR EDUARDO PÓVOAS

Gente, em sã consciência ninguém acredita que a Secopa ao licitar as grandes obras realizadas aqui, teve a intenção de contratar uma obra de segunda ou terceira categoria. Claro que não, imaginar que sim é na minha ótica alucinação.
Agora, fico a “matutar” se todos esses erros cometidos nelas segundo analise do CREA e opinião do Tribunal de Contas do Estado, fosse executado por um Médico em um hospital. Será que sobraria algum paciente para contar como foi? Esse Médico teria coragem e peito de assinar em baixo das suas incompetências?
Serve este exemplo para tentar entender como profissionais de empresas que, acredita-se, sejam idôneas, pois venceram a concorrência, assinaram ou passaram “batidos” nas gritantes falhas apontadas pela imprensa com o aval do CREA, nas inúmeras ou quase todas as obras realizadas na capital. Prefiro acreditar sempre na idoneidade das empresas e de seus profissionais, até por que não os conheço.
Inadmissível supor ou admitir que esses profissionais convivessem com a possibilidade de existir erros gritantes e nada faziam. Inadmissível julga-los por obras dessa envergadura que, se mal executadas, poderiam vir a destruir a vida de milhares de pessoas. Vejam o exemplo do viaduto de Belo Horizonte que Deus ali colocou sua mão, impedindo que acontecesse uma tragédia de enormes proporções.
O que será que aconteceu? Faltou fiscalização? Faltou qualidade nos materiais usados na obra? O terreno não foi adequadamente trabalhado?
Nada, absolutamente nada justifica que profissionais e empresas continuassem o serviço sabendo dos problemas que poderiam advir. Se é que sabiam….
Só falta acharem erros gritantes na execução da obra da Arena Pantanal. Isso seria o fim da picada e a derrocada definitiva do futebol de Mato Grosso.
No ginásio Aecim Tocantins, se não me engano, já foram detectadas falhas imperdoáveis e o ginásio fechado para reforma.
Por que a Secopa humildemente não pede auxilio ao CREA e ao departamento de Engenharia da UFMT antes que aconteça uma tragédia? Por pouco ainda não aconteceu!
Se legislador fosse, tentaria, digo em alto e bom som, “TENTARIA” apresentar um projeto de lei onde há uma definição clara e cristalina entre o empreiteiro de obras e o financiador de campanha. Empreiteiro é empreiteiro, financiador de campanha é financiador de campanha.
Que tal senhores candidatos, incluir este projeto de lei em vossas plataformas? Tem alguém com saco roxo para tal?
Sabe quando vou receber resposta desta pergunta? Quando o Sargento Garcia pegar o Zorro, ou seja, nunca……….

EDUARDO CUIABÁ

EDUARDO PÓVOAS- PÓS GRADUADO PELA UFRJ.

Categorias:Direito e Torto

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezoito + 17 =