(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Terça-feira (19): Mato Grosso registra 543.838 casos e 13.899 óbitos por Covid-19

Publicados

É bem Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (19.10), 543.838 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.899 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 436 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 543.838 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.858 estão em isolamento domiciliar e 527.471 estão recuperados. 

O Ranking da Vacinação em Mato Grosso será publicado no boletim desta quarta-feira (20.10), devido à instabilidade do sistema LocalizaSUS.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 76 internações em UTIs públicas e 45 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 23,10% para UTIs adulto e em 8% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (112.934), Várzea Grande (39.789), Rondonópolis (38.200), Sinop (26.191), Sorriso (18.372), Tangará da Serra (17.783), Lucas do Rio Verde (15.691), Primavera do Leste (14.773), Cáceres (11.902) e Alta Floresta (10.688).

Leia Também:  Seplag orienta Corpo de Bombeiros sobre metodologia e ferramentas da gestão por processos

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na segunda-feira (18.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.651.910 casos da Covid-19 no Brasil e 603.465 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.644.464 casos da Covid-19 no Brasil e 603.282 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta terça-feira (19.10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia Também:  Xuxu Dal Molin ouve pacientes para identificar demandas do Hospital Regional de Sorriso

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Cerca de 100 feirantes passam por exame preventivo ao câncer de próstata

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio das equipes técnicas do Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade (Cermac), da Superintendência de Assistência Farmacêutica (SAF) e do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), realizou uma ação de prevenção ao câncer de próstata neste sábado (27.11). A ação ocorreu na Feira do Porto, em Cuiabá, das 8h às 11h, e promoveu o atendimento de cerca de 100 feirantes. 

O Laboratório Central de Cuiabá (Lacec) também foi parceiro da ação. Além da panfletagem de material com orientação especializada, foi ofertado o exame clínico de sangue – conhecido como PSA (Antígeno Prostático Específico) – para homens feirantes que se enquadraram nos requisitos necessários.

A triagem levou em consideração homens com mais de 50 anos ou com mais de 45 anos que tenham fator de risco.

“Essa é uma ação preventiva, de estímulo aos homens. A necessidade do exame de próstata e a importância desse cuidado já está bastante ensejada junto ao público masculino. Neste sábado, promovemos algo em torno de 100 atendimentos na Feira do Porto, o que evidencia à adesão do público”, declarou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Mesmo que a busca ativa e os exames de detecção do câncer de próstata sejam responsabilidade da Atenção Básica municipal, o Estado auxilia com ações pontuais de prevenção à doença e de promoção à saúde do homem. 

Leia Também:  MT insere 36 perfis genéticos de familiares de desaparecidos em banco nacional

Para o presidente da Associação dos Feirantes do Mercado do Porto, Jorge Lemos Junior, a ação do Estado estimulou os feirantes a realizarem o exame. “É muito importante essa parceria com o Governo do Estado e com a Secretaria Estadual de Saúde porque muitos têm o receio de irem fazer o exame. Com essa parceria, fica muito mais fácil a identificação do diagnóstico precoce do câncer de próstata”, disse o feirante.

De acordo com estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), para cada ano do triênio 2020-2022, ocorrerão 625 mil casos totais de câncer no Brasil, sendo que o câncer de próstata representa 29,2% do total de casos em homens.

“Nós selecionamos previamente, orientamos sobre a coleta e realizamos os exames de sangue, mas é preciso que os homens tenham a consciência de que o exame clínico com o médico é muito importante, pois 20% dos casos de câncer de próstata não são detectados no exame de sangue”, enfatizou a farmacêutica da Farmácia Estadual, Elizângela Vicuna.

Ainda estiveram presentes na ação a diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira, e a superintendente da SAF, Luci Emilia Grzybowski.

Leia Também:  ALMT oferta vacina contra a gripe a servidores e dependentes
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA