(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Sexta-feira (14): Mato Grosso registra 575.014 casos e 14.122 óbitos por Covid-19

Publicados

É bem Mato Grosso


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (14.01), 575.014 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.122 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 2.992 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 575.014 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.314 estão em isolamento domiciliar e 546.851 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 135 internações em UTIs públicas e 97 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 84,38% para UTIs adulto e em 22% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (115.745), Várzea Grande (42.278), Rondonópolis (39.027), Sinop (27.478), Sorriso (19.116), Tangará da Serra (18.674), Lucas do Rio Verde (16.094), Primavera do Leste (15.572), Cáceres (12.637) e Alta Floresta (11.808)

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Deputado Barranco quer instituir Política Estadual de Atenção Psicossocial nas Comunidades Escolares

Sistemas instáveis

Devido à instabilidade dos sistemas do Ministério da Saúde ocorrida nas últimas semanas, não foi possível atualizar os dados do Ranking da Vacinação em Mato Grosso e o número de casos e óbitos da Covid-19 no país. Os dados serão atualizados e divulgados assim que forem restabelecidos o acesso da SES aos sistemas do Governo Federal.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

Leia Também:  Allan Kardec visita Parque Indígena do Xingu e entrega Lei do Kuarup durante cerimônia

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Governo de MT amplia 40 leitos de UTI e 20 de enfermaria para tratamento da Covid-19

Publicados

em


Nos últimos seis dias, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), disponibilizou 40 novos leitos de Terapia Intensiva e 20 leitos de enfermaria para o tratamento da Covid-19.

Foram disponibilizados 50 novos leitos no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. Desse total, a ampliação de 10 leitos intensivos ocorreu na segunda-feira (17.01). Na terça-feira (18), a unidade de saúde implementou 10 leitos de enfermaria e na quinta-feira (20.01) foram disponibilizados mais 10 leitos de UTI.  Neste sábado (22), o hospital ampliou outros 10 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI no local.

A unidade hospitalar atua como a principal referência estadual para o atendimento de pacientes com coronavírus e tem 100% da sua atividade destinada ao atendimento de demandas causadas pela Covid-19.

Com essa ampliação, a unidade de saúde passará a contar com o total de 50 leitos de UTI e 50 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

De acordo com o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a gestão estadual monitora as taxas de contaminação e ocupação hospitalar pela Covid-19 em Mato Grosso e trabalha medidas para serem implementadas conforme necessidade.

Leia Também:  Allan Kardec visita Parque Indígena do Xingu e entrega Lei do Kuarup durante cerimônia

“Envidamos esforços para garantir o atendimento hospitalar à população mato-grossense. Já estamos monitorando o cenário atual da pandemia no Estado e, caso seja necessário, trabalharemos para novas ampliações”, declarou Figueiredo.

Outras ampliações

O Governo Estadual, em parceria com o município de Primavera do Leste, disponibilizou na última terça-feira (18) 10 novos leitos de UTI no Hospital e Maternidade São Lucas. Inicialmente, a SES irá financiar 100% do funcionamento, ou seja, R$ 2 mil a diária de cada um desses 10 novos leitos.

Esse valor será pago até que o município consiga a habilitação do leito por parte do Ministério da Saúde. Depois de autorizado e habilitado, o Governo Federal deverá investir R$1.600 e o Estado completará a diária com R$ 400.

Com essa ampliação, o Hospital e Maternidade São Lucas passará a contar com o total de 20 leitos de UTI e 30 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA