(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Semana da IdentificAÇÃO propicia celeridade no processamento de RG´s em Juína

Publicados

É bem Mato Grosso


Nesta semana, a Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica (Politec), em parceria com a Prefeitura de Juína,  realiza a Semana da IdentificAÇÃO, que tem por objetivo  zerar a fila de espera e reduzir o prazo de entrega do documento de identidade no município, de 75 dias para 30 dias. 

O mutirão atende à necessidade da população, sendo uma demanda encaminhada pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos à Politec, após solicitação dos munícipes durante visita realizada no município. 

A ação começou nesta terça-feira (24.08) e segue até o próximo domingo (28.08). Os atendimentos foram agendados previamente, e estão ocorrendo dentro das normas de segurança para a prevenção do Covid-19. 

Os horários de atendimento são:  27/08 (Quarta-feira a Sábado) – das 8h às 12h e das 14h às 18h; 29/08 (Domingo) – 8h às 12h.

No local foram instaladas cinco estações de trabalho e dois kits de captura biométrica, que possibilitarão reduzir os prazos de tramitação dos processos de 15 dias para 24 horas.

Atualmente os atendimentos são realizados mediante agendamento, que ocorre mensalmente, de forma presencial. A média atual é de 60 atendimentos por semana, entretanto, devido à grande procura, as vagas esgotam em cerca de três dias e voltam a reabrir somente no mês seguinte.

Leia Também:  Seduc assina ordem de serviço para reforma e ampliação da Escola Estadual Padre Firmo

“Por meio deste mutirão, nós esperamos atender as pessoas que não conseguiram vagas para fazerem o documento, de forma que, após fim do mutirão consigamos realizar a emissão do RG sem a necessidade de agendamento prévio’’, destaca a papiloscopista Márcia Cristina Claudiano. 

A Gerência Regional de Identificação de Juína realiza, em média, 100 atendimentos ao dia. Até esta sexta-feira (27.08), foram realizados 243 atendimentos. A expectativa é que até o final do mutirão sejam realizados 500 atendimentos. 

Leandro Morais Soriano foi um dos requerentes que compareceram no mutirão, e que ficou satisfeito com o serviço prestado. 

“Procuramos o atendimento devido a oportunidade de realizar o documento em tempo menor de espera. O atendimento foi ótimo, respeitando a ordem de agendamento, bem organizado, respeitando o protocolo de segurança com distanciamento, tiveram o cuidado de ser em um lugar climatizado. Em uma hora conseguimos sair de lá já com o protocolo”, afirmou.   

O chefe de gabinete da Prefeitura de Juína, Robson Amorim Machado, agradeceu pela viabilização do mutirão.  “A adesão da população foi muito grande, a gente só tem que agradecer à Politec e a Sesp. Em uma ação conjunta da prefeitura municipal de Juína, a Sesp e a Politec que disponibilizou os técnicos, a prefeitura entrou com o local adequado, para a instalação de todos os equipamentos, tendo em vista que era necessário uma internet boa, local arejado e espaçoso, que foi viabilizado e em conjunto com a prefeitura, que realizou uma ampla divulgação local, e  que está sendo um sucesso. Em dois dias as pessoas já preencheram todas as vagas para o agendamento, e a procura ainda continua grande. Porém nós estamos orientando estas pessoas que continuem procurando a Politec pois elas serão atendidas”, disse.  

Leia Também:  Abertas inscrições para capacitação em gestão pública cultural

Os atendimentos são realizados na Casa da Cultura, localizada na Avenida dos Jambos – Módulo 03, Juína – MT.  Ao todo, o mutirão conta com o trabalho de 12 servidores, sendo 10 da DMIT, de Cuiabá, e dois da Prefeitura. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

A partir de janeiro, ICMS da energia elétrica será de 17%; conta de luz pode ficar até 12% mais barata

Publicados

em


A cobrança da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da energia elétrica deixa de ser 25% e 27% e passa a ser de 17% em Mato Grosso, a partir de janeiro de 2022. A Lei 708/2021, do maior pacote de redução de impostos do país foi sancionada pelo governador Mauro Mendes, nesta terça-feira (07.12).

O impacto dessa redução poderá significar contas de luz até 12% mais baratas. Isso porque, a carga tributária do imposto, será de R$ 36,50 no consumo de 400 kWh e de até R$ 117 no consumo de 1000 kWh. Um corte de 39% e 45% no ICMS, respectivamente.

O presidente do Sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás no Estado de Mato Grosso (Sindenergia), Tiago Vianna de Arruda, afirmou que o pacote de redução de impostos sancionado pelo governador Mauro Mendes vai trazer justiça econômica para a sociedade.

A avaliação de Vianna passa pelo impacto que a medida irá produzir no setor da energia elétrica. No total, com a lei, o Governo de Mato Grosso deve deixar de arrecadar cerca de R$ 1,2 bilhão por ano, valor que permanece no bolso dos contribuintes, aliviando o orçamento doméstico de milhares de pessoas e também de empresas.

Leia Também:  Sefaz disponibiliza atendimento por WhatsApp aos contribuintes

“Essa medida chega em boa hora, no momento em que os brasileiros mais estão precisando, trazendo liquidez tributária para toda a população. E é importante frisar que dos R$ 1,2 bilhão de redução que está previsto, R$ 732 milhões são referentes ao ICMS da energia elétrica. Ou seja, 60% do pacote de redução de impostos do Governo de Mato Grosso está circunscrito à taxa de ICMS sobre a energia. Isso é muito importante porque a energia elétrica é um insumo caro, que está presente na vida de todo mundo – seja na nossa residência, no comércio, na indústria -, então qualquer redução de imposto nesse sentido vai incentivar e tornar a nossa economia mais justa para todo mundo”, avaliou Tiago Vianna.

A redução significativa também vai ser sentida nos setores da comunicação, do gás industrial e dos combustíveis.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA