(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Sema solta mais de 200 tartarugas resgatadas no Parque Estadual do Araguaia

Publicados

É bem Mato Grosso

Mais de 200 tartarugas foram soltas durante operação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) no Parque Estadual do Araguaia, no município de Novo Santo Antônio. A fiscalização aconteceu após a Sema receber denúncia sobre irregularidades no local.

A ação resultou na apreensão de 250 kg de pirarucu, duas embarcações de alumínio, dois motores rabeta e três tarrafas. As tartarugas libertadas estavam presas dentro de sacos que seriam usados para transportá-las para fora da Unidade de Conservação Integral.

“Nesta época que inicia o período da seca dos rios é que se começa a caça de tartaruga e a pesca de pirarucu. O parque é uma área de 223 mil hectares, o que dificulta o monitoramento intensivo, mas mantemos uma fiscalização de rotina e contamos com o apoio da população para denúncia”, afirma o gerente do Parque Estadual do Araguaia, Davilas Cavalcante.

Os pescados foram doados para o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de São Felix do Araguaia e Novo Santo Antônio.

A operação foi coordenada pela Gerência do Parque Estadual do Araguaia no município de Novo Santo Antônio, com apoio da Polícia Militar Ambiental e da Coordenadoria de Fiscalização de Fauna da Sema.

Leia Também:  Pedro Taques comanda operação-abafa em favor de Roberto Gurgel. Mas evita falar da licitação do MPF que Collor denuncia como possível fraude
Fonte: GOV MT

Tartarugas. Unidade de Conservação Estadual Refúgio de Vida Silvestre-48
Ribeirão Calcanheira,28 de Dezembro de 2016. Foto Secom MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Concorrência maior será nas regionais de Cuiabá e São Félix do Araguaia

Publicados

em

As regionais de Cuiabá e de São Félix do Araguaia são as mais disputadas pelos candidatos inscritos no concurso público do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea). Irão ingressar, nas 14 regionais do órgão público, novos agentes fiscais estaduais de Defesa Agropecuária e Florestal 1, com exigência do ensino médio, e fiscais formados em engenharia agronômica e medicina veterinária. O concurso conta com 5.789 inscritos.

Dos 2.282 técnicos em agropecuária, a maioria (508) optou pela regional de Cuiabá, seguido por São Félix do Araguaia e Cáceres, com, respectivamente, 315 e 216 candidatos inscritos. A regional com menos candidatos inscritos é a de Água Boa.

A mesma situação ocorre com os 2.018 engenheiros agrônomos. Cuiabá é a preferência de 597, seguida de São Félix, com 296, e Lucas do Rio Verde, com 262 candidatos. A Regional de Juína teve menos interessados, com 58 inscritos no concurso.

Entre os 1.489 médicos veterinários inscritos, Cuiabá teve 284 inscrições. Em seguida vem São Félix do Araguaia, com 199 candidatos, e Rondonópolis, com 157 inscritos. A menor procura entre os veterinários foi para a região de Matupá.

Leia Também:  Sema diminui prazo médio e emite Licença por Adesão e Compromisso em 8 dias

O diretor administrativo do Indea, Luiz Gustavo Tarraf, disse que não há vagas na sede das regionais, mas nas cidades em seu entorno. A ideia é que o concurso seja homologado até o início de julho, antes do prazo eleitoral, para convocar os aprovados o mais rápido possível.

“O concurso é para cadastro de reserva e nossa expectativa é convocar em torno de 100 classificados ainda neste ano e os demais, ao longo dos anos, conforme a necessidade da Administração Pública”, explicou. 

As provas do concurso público serão aplicadas no dia 29 de maio.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA