(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Secretário destaca união do Governo Federal, Estadual e do município no avanço da educação

Publicados

É bem Mato Grosso


Durante a semana de atividades do Ministério da Educação em Mato Grosso, na cidade de Rondonópolis, o ministro Milton Ribeiro e o secretário Alan Porto inauguraram a primeira Usina Fotovoltaica da Universidade Federal de Rondonópolis e participaram da solenidade de posse da gestão acadêmica na última quinta-feira (30.09).

O secretário Alan Porto parabenizou a criação da usina e reafirmou a importância do desenvolvimento da educação superior em Rondonópolis. “Vejo aqui uma belíssima estrutura, um ótimo trabalho desempenhado pela gestão acadêmica da universidade, simbolizado aqui pela ação da reitora Anali Castilho, uma estrutura significativa que representa mais produção de conhecimento na cidade”.

Entre os lançamentos das obras da universidade, Alan Porto também destacou a importância dos investimentos na educação do município em parceira com a Prefeitura, conduzida pelo prefeito José Carlos do Pátio.

“Rondonópolis é a segunda cidade com maior número de investimentos. Retomamos obras nas escolas que estavam há mais de 10 anos paralisadas, como da escola Marechal Dutra. Estamos investindo fortemente na educação básica, o que significa dizer investimento na alfabetização, no tempo integral, na educação do Ensino Médio, com o Novo Ensino Médio, e pelo desenvolvimento do ensino tecnológico. Estamos preparando os nossos jovens para que eles tenham condições de entrar em uma universidade federal como a UFR”, declarou o secretário.

Leia Também:  Trabalho social realizado pela primeira-dama Virginia Mendes é destaque de revista do Araguaia

O ministro Milton Ribeiro ressaltou a importância do lançamento da Usina Fotovoltaica como uma ação que fortalece o desenvolvimento em pesquisa. “Parabenizo aqui a ação da reitora Anali Castilho pela inauguração da usina. Como ministro posso afirmar que a maior receita das instituições provém do consumo de energia. A Universidade Federal de Rondonópolis logo terá mais autonomia. É quase um bilhão de reais que sobra para quê? Implementar projetos, investimento em pesquisa e ainda com o benefício da interface com o meio ambiente”.

A criação da Usina é uma solução de Co-geração de energia elétrica, por meio de recursos do Programa de Eficiência Energética – PEE/ANEEL/ Energisa. Além da criação da Usina, de capacidade de 61,2 Kwp foi possível também realizar a troca de toda iluminação externa do campus, garantindo ainda mais economia.

Nova Gestão UFR

Por meio da recém-publicada portaria MEC 761 de 29 de setembro, a visita do ministro ao campus da UFR tronou-se ainda mais simbólica. Na ocasião, foi realizada a primeira solenidade de posse da equipe de gestão acadêmica da universidade. A primeira a ser contemplada pela portaria.

Leia Também:  Governo de MT investe mais de R$ 170 milhões para retorno híbrido das aulas dia 3 de agosto

A reitora da UFR, Anali Castilho, destacou a confiança na equipe. “Caminhamos com a certeza de não lutarmos por nós mesmos, lutamos pelo sonho de muitos. Somos uma equipe e sabemos que o sucesso depende da união de todos. Tenho certeza que a parceria desenvolverá a região sul de Mato Grosso. Obrigada a todos pela entrega, isso será o marco da nossa gestão”, declarou.

O senador Wellington Fagundes destacou que a unidade representa um avanço econômico e contribui para a formação da equipe acadêmica. “É um evento que representa um desenvolvimento econômico, mas acima de tudo é o desenvolvimento das pessoas, do ser humano. Esta universidade, com certeza, tem esse papel para Rondonópolis”.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Governo vai investir R$ 12,5 milhões na manutenção das rodovias da Região Oeste

Publicados

em


Durante viagem a região Oeste, o governador Mauro Mendes e o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, assinaram o contrato para realização de serviços de conservação corretiva e preventiva na malha rodoviária da região. Serão investidos R$ 12.509.351,85, em recursos originários do programa Mais MT, para a execução dos serviços durante um prazo de 24 meses.

Os municípios que serão beneficiados são Cáceres, Curvelândia, Lambari D’Oeste, Rio Branco, Salto do Céu, Araputanga, Figueirópolis D’Oeste, Glória d’Oeste, Indiavaí, Jauru, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, São José dos Quatro Marcos, Conquista D’Oeste, Pontes e Lacerda, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Entre os serviços previstos no contrato estão a recomposição de aterro, remoção de barreira, execução de contenção, reparo de meio fio, limpeza de bueiro, instalação de placas, reparos em pontes, entre outros, em mais de 350 km de rodovias pavimentadas e mais de mil quilômetros de rodovias não pavimentadas.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) realizou um pregão eletrônico para contratação de empresas para manutenção e conservação da malha rodoviária de todo o estado. Na última segunda-feira (29.11), foi publicada a homologação do resultado em 7 dos 11 lotes. O valor total a ser investido pela Sinfra-MT em todo o Estado é de R$ 93.539.262,78.

Leia Também:  Estado e Ministério da Saúde divulgam pesquisa de prevalência da Covid-19 em MT

De acordo com o secretário Marcelo de Oliveira, o objetivo da contratação é garantir uma maior durabilidade das rodovias da malha estadual. “As rodovias são essenciais para o transporte de cargas e pessoas e nós precisamos viabilizar alternativas para melhorar a condição das estradas. O Governo tem a obrigação de zelar pelo patrimônio público e é isso que a gestão Mauro Mendes está fazendo”.

Região Oeste

Nesta sexta-feira (03) o governador Mauro Mendes e sua comitiva percorreram municípios da região oeste. Foram vistoriadas obras de infraestrutura, escolas e anunciados investimentos de R$ 173 milhões.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA