(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Profissionais da Segurança Pública serão vacinados contra a Covid-19

Publicados

É bem Mato Grosso


Foto: SAMANTHA DOS ANJOS / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) buscou, incansavelmente, garantir a imunização dos profissionais da segurança pública de Mato Grosso que atuam desde o início da pandemia da Covid-19. O parlamentarapresentou as Indicações de n.º 1.984/2021 e n.º 1.356/2019 que foram direcionadas à Presidência da República, aos Ministérios da Saúde e da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e para a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES) no intuito de garantir a vacinação. 

Além desses órgãos competentes, o parlamentar também solicitou, por meio de ofícios, ao deputado Dr. Leonardo (SD), coordenador da bancada federal de Mato Grosso, e ao presidente da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, para articular com os gestores das 141 cidades de Mato Grosso a inserção dos agentes da segurança pública no grupo prioritário de imunização devido ao Ministério da Saúde ter dado autonomia para essa definição por parte dos Estados, Distrito Federal e municípios do país.

Programa Nacional – A confirmação da categoria no Programa Nacional de Imunização foi dada, no dia 31, por meio de Nota Técnica de nº 297/2021, emitida pelo Ministério da Saúde. “Foi a melhor notícia que recebemos para as forças de segurança. Só para se ter uma ideia, um levantamento da minha assessoria jurídica, aponta que foram mais de 2 mil profissionais ativos infectados e cerca de 21 óbitos por causa da Covid-19. Já faz um ano que estamos na pandemia e essa categoria sendo linha de frente. Estes servidores são merecedores desta atenção! Afinal, trabalham em prol da sociedade e colocam as suas vidas em risco”, explica Claudinei.

Leia Também:  Governo de MT repassa R$ 9,2 milhões para custeio das escolas do Estado

Conforme o documento, os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid-19 serão contemplados. Com isso, será antecipado o envio de um quantitativo de doses de vacinas, de maneira escalonada e proporcional, direcionado, exclusivamente, para a vacinação dos trabalhadores de segurança, e salvamento e forças armadas.

Governo – O governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário de Saúde (SES), Gilberto Figueiredo, se posicionaram sobre a vacinação para as forças de segurança pública de Mato Grosso. “Acabamos de ser informados pelo Ministério da Saúde, nesta nota técnica, que já autoriza iniciar a imunização dos profissionais da segurança pública. Já existe um percentual de 6% destinados, para iniciarmos a imunização destes profissionais. É uma notícia boa, agora vamos nos preocupar em fazer as pactuações regionais para o encaminhamento destas doses”, disse o secretário.

 Mendes ressaltou que juntamente com outros governadores do Consórcio da Amazônia fizeram forte ação junto ao Ministério da Saúde para que houvesse essa liberação das vacinas. “Dialogamos, falamos com o ministro, organizamos este pleito, pedimos apoio da bancada federal e, assim, foi feita essa autorização que vamos iniciar, imediatamente, a vacinação das forças de segurança”, frisou o chefe de Estado.

Leia Também:  Deputados votam contra antecipação de feriados e aprovam notebook e internet para professores

 As instituições beneficiadas serão a Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar (PM), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Sistemas Penitenciário e Socioeducativo, Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Departamento de Trânsito (Detran) de Mato Grosso.

Vacinas – O governo estadual anunciou também, no mesmo dia, a compra direta de 1,2 milhão de doses da vacina russa Sputnik V que possui eficácia comprovada de 91,6%, sendo preciso a aplicação de duas doses por pessoa para a devida imunização. Em Mato Grosso, já foram aplicadas 227.829 vacinas que estão relacionadas a 164.898 e 62.931, respectivamente, de pessoas que receberam a 1° e a 2° dose.

Pandemia – No Boletim Epidemiológico do Governo do Estado de Mato Grosso, do dia 31 de março de 2021, já são 310.337 casos confirmados de Covid-19, com 7.675 óbitos.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

PM prende cinco suspeitos e apreende drones que levariam celulares para o presídio da Mata Grande

Publicados

em


Policiais da 14ª Companhia de Força Tática prenderam no final da tarde desta sexta-feira (14.05) cinco pessoas, entre elas uma mulher (39 anos) e um adolescente (15 anos), que teriam a intenção de levar celulares para a Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), usando drones.

As prisões aconteceram a partir de uma denúncia anônima. A equipe da Força Tática passou a fazer rondas na região do presídio e na rodovia MT-130, perto de uma antiga lanchonete, avistou um veículo modelo Etios com cinco ocupantes. No veículo havia alguns celulares, um drone e entorpecente.

Dois ocupantes, de 18 e 20 anos, assumiram serem os proprietários dos materiais. Eles também indicaram o local, um matagal próximo, onde estavam outros celulares e mais um drone.

O casal, formado pelo homem de 33 anos e a mulher de 39, contou aos policiais que trabalham como motoristas por aplicativo e foram contratados pelos suspeitos para auxiliar no transporte dos celulares.

Os cinco suspeitos, todos os celulares, drones e demais produtos apreendidos foram entregues no plantão da 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis.

Leia Também:  Deputados votam contra antecipação de feriados e aprovam notebook e internet para professores

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA