(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Produtores reduzem custos com implantação de energia solar após orientação da Empaer

Publicados

É bem Mato Grosso


O produtor rural do Projeto de Assentamento Gleba Mercedes Cinco, em Sinop (a 500 km de Cuiabá), Geraldo Paixão Moreira, vai conseguir baratear os custos de produção por meio de orientação da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) com um projeto de crédito voltado à implantação de energia solar ou sistema fotovoltaico. A partir de investimento de R$ 56 mil, carência de um ano, o equipamento já está em funcionamento há um mês e meio com a instalação de 30 placas solares.

“Ao fazer diversas análises, observamos a necessidade de uma alternativa mais viável por causa do sistema de ordenha e resfriador, que impactam muito no custo de produção. Em casa temos várias regras, tudo em busca de um consumo consciente e a redução na conta de energia, agora, com a energia solar, espero logo conseguir baixar bastante o valor e ter retorno do investimento”, avaliou Geraldo.

Outro exemplo é a produtora Marta Maria Rossatto Cândido, do município de Vera (458 km ao norte de Cuiabá), que produz soja, suíno e frango e que iniciou o processo para a aquisição do sistema de energia solar no fim do ano passado. “Esta semana, a empresa responsável pela instalação do equipamento estará realizando os trabalhos na minha propriedade. Estou feliz e na expectativa em ver a conta de luz reduzir”.

Leia Também:  Governador vistoria obras e assina mais de R$ 157 milhões para as regiões de Primavera e Campo Novo

Marta fez um investimento de R$ 56 mil, com três anos de carência, para a instalação, também, de 30 placas. “Há 20 anos vivo no mesmo lugar e, é a segunda vez recebo auxílio da Empaer. Sempre que busco qualquer orientação, sou muito bem atendida e obtenho as melhores informações”, destaca Marta.

A técnica da Empaer Natasha Caminha, responsável pelo projeto da produtora Marta, explica que em geral o perfil de quem procura orientação compreende produtores da cadeia leiteira e de corte, devido o consumo considerável de energia na propriedade. “Nosso trabalho é auxiliar, mostrando se é economicamente rentável ou não, de acordo, com o seu perfil junto à unidade bancária para análise. Normalmente, a energia solar é apresentada como uma opção rentável e sustentável”.

O técnico Leandro Dalla, que atendeu o produtor Geraldo, acrescenta que como a energia solar é uma fonte de energia renovável, o produtor consegue sim baratear o custo do produto final. “Desta maneira, o produto fica mais em conta e ainda gera conforto e qualidade de vida para o agricultor familiar”.

Leia Também:  Deputado Barranco cobra celeridade na entrega de órteses e próteses ortopédicas

Leandro cita que ambos os produtores tiveram linhas de crédito rural do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) do Governo Federal.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Corregedor recebe título de cidadão de Várzea Grande

Publicados

em

O corregedor-geral da Justiça de Mato Grosso, desembargador José Zuquim Nogueira recebeu das mãos do presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, Fábio José Tardin (Fábinho), o título de Cidadão várzea-grandense. Homenagem em decorrência dos inúmeros serviços prestados ao Município. Entre eles estão desde a época de juiz do Juizado Volante Ambiental (Juvam) ações pela preservação na região e nascentes de rios, até a atual gestão como corregedor, oportunidade em que intensificou iniciativas pelo atendimento de munícipes da comarca.
 
Dentre as principais ações atualmente estão a melhora e ampliação nos serviços dos cartorários, como a emissão de Registro Geral (RG). O 2º Ofício de Várzea Grande foi um dos cartórios que passou a emitir RGs. Ao todo a somatória destes serviços nas Comarcas de Várzea Grande, Tangará da Serra, Rondonópolis, Pontes e Lacerda, Barra do Garças, Brasnorte, Jaciara, Nova Xavantina e Distrito de Boa Esperança (Sorriso) já ultrapassa os 1.700 novos documentos. Isto significa facilidade e economicidade aos usuários destas localidades.
 
A Comarca de Várzea Grande também teve outra facilitação. Ao todo 511 crianças nascidas em Várzea Grande saíram com seus registros de dentro da Maternidade, entre 15 de setembro de 2021 até agora. Os cartórios de registro civil são interligados à Maternidade São Lucas.
 
“Homenageamos o senhor que tem grandes serviços prestados para Várzea Grande. Esta é nossa maior honraria. E em nome de todos várzea-grandenses. O juiz Eduardo Calmon também já recebeu esta homenagem e gostaríamos muito de fazer este reconhecimento também ao senhor. O prefeito Kalil Baracat também gostaria de estar presente, mas não conseguiu”, pontuou.
 
“Sinto-me muito honrado essa concessão, pra nós representa muito. Receber um reconhecimento deste Município que nos é tão caro e importante para nosso Estado”, ressaltou o corregedor.
 
#ParaTodosVerem: esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência. Imagem 1: Foto horizontal colorida. O corregedor segura o título já emoldurado ao lado do presidente da Câmara de VG. Ao fundo as bandeiras do Estado, Brasil e Poder Judiciário
 
Ranniery Queiroz  
Assessor de imprensa CGJ
 
 
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governador vistoria obras e assina mais de R$ 157 milhões para as regiões de Primavera e Campo Novo
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA