(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Ponte Branca comemora aniversário com parcerias estaduais em infraestrutura, segurança e assistência social

Publicados

É bem Mato Grosso


Os 1.550 habitantes de Ponte Branca, localizada às margens do Rio Araguaia, no leste mato-grossense, a 500 quilômetros de Cuiabá, comemoram seu 68º aniversário nesta quarta-feira (28.07), com parcerias do Governo do Estado em infraestrutura, segurança e assistência social.

Por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), foi concluída a superestrutura da ponte de concreto na MT-100 sobre o Córrego Sete Voltas, com 60,5 metros de extensão, com investimento de R$ 4 milhões.

O município também está sendo beneficiado com a pavimentação de 49,3 quilômetros da MT-100 – 29,3 quilômetros no sentido Araguainha e 20 quilômetros no sentido Ribeirãozinho, a partir do entroncamento da MT 463, no município.

Como integrante do Consórcio Intermunicipal Portal do Araguaia, foi também beneficiada, ao lado de outros oito municípios, com a entrega de maquinários (três motoniveladoras, uma escavadeira e uma pá carregadeira), a serem utilizados na manutenção de 847 quilômetros de rodovias não pavimentadas.

Integrante do Consórcio Intermunicipal Portal do Araguaia, Ponte Branca terá acesso a maquinários  para manutenção de rodovias não pavimentadas. Foto Michel Alvim

Assistência Social

Por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setasc), além da entrega de 126 cartões do Ser Família Emergencial, foram doados a famílias carentes do município 800 cestas básicas entre 2020 e 2021 pelo programa Vem Ser Mais Solidário e 911 cobertores, pelo Aconchego.

Leia Também:  Governo de MT já pactuou 98% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Segurança

Ponte Branca é um dos 50 municípios a serem beneficiados com a implantação de radiocomunicação digital, pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP). Esta é a terceira etapa do Projeto, que prevê todo o Estado utilizando a ferramenta até o próximo ano. 

Saúde e repasses

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) repassou ao município 125 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 5.768 comprimidos, entre azitromicina (709), ivermectina (567) e dipirona (4.492), também distribuído em gotas, com 110 frascos.              

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 6,5 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 1,22 milhão em assistência social, transporte escolar e emendas parlamentares entre 2019 e 2020; e R$ 263,29 mil em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Economia

A administração pública é a principal responsável pela composição do Produto Interno Bruto (PIB) Municipal. Com R$ 13,2 milhões registrados em 2018, de acordo com o IBGE, respondeu por mais da metade da massa total de R$ 25,019 milhões. Serviços (R$ 6,3 milhões), agropecuária (R$ 3,2 milhões), impostos (R$ 1,556 milhão) e indústria (R$ 712 mil) fecharam a soma. O PIB per capita é de R$ 15.617,78.

Leia Também:  Investigado por chacina ocorrida há 17 anos em fazenda de VG é preso em Sergipe

No ano seguinte (2019), os dados do IBGE apontam que 35 empresas pagaram R$ 4,6 milhões entre salários e outras remunerações a 203 pessoas ocupadas (12,9% da população), das quais 175 assalariadas.  Média de dois salários mínimos mensais.

Também em 2019, a pecuária de Ponte Branca contava com um rebanho bovino com 26,2 mil cabeças, entre as quais 1,387 mil vacas ordenhadas com 2,53 milhões de litros de leite; rebanho galináceo com 6,55 mil cabeças, entre as quais 5,46 mil galinhas com 33 mil dúzias de ovos, além 2.017 suínos (384 matrizes), 633 equinos e 510 ovinos.

Na agricultura, produziu, no mesmo ano, 800 toneladas de cana-de-açúcar, 200 de mandioca  e 353 de soja (353). Contava ainda com 122 hectares com plantação de eucalipto e extraiu 2,9 mil m3 de lenha.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Câncer de intestino está entre os mais comuns para homens e mulheres

Publicados

em


Considerado o terceiro tipo de câncer mais frequente em homens, após o de próstata e o de pulmão, e o segundo entre as mulheres, após o câncer de mama, o câncer colorretal é um tumor que acomete o intestino grosso. “Importante ressaltar que o câncer de intestino é tratável e, na maioria dos casos, curável, ao ser detectado precocemente”, observa o coloproctologista Mardem Machado, credenciado ao Mato Grosso Saúde pela Clínica Vida.

O câncer de cólon, também conhecido como colorretal ou câncer de intestino, é o foco da campanha Setembro Verde, que busca conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para combater o tumor. 

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada ano, há 34.280 novos casos de câncer colorretal, dos quais 15.415 se encaminham para óbito. Ao todo, 16.660 homens e 17.620 mulheres são diagnosticados todo ano com a doença.

O Dr. Mardem Machado relata que existem diferentes fatores de risco para o diagnóstico de câncer de intestino. Os principais são a idade, sendo mais comum após os 50 anos, obesidade, sedentarismo, consumo em excesso de carnes vermelhas e processadas, dieta pobre em fibras, tabagismo, alcoolismo e histórico familiar de câncer de intestino.

Leia Também:  Remuneração dos conselheiros do Tribunal de Contas parece até modesta diante do que podem ganhar alguns burocratas públicos no Tribunal de Justiça e no Ministério Público de Mato Grosso. O salário bruto dos seis conselheiros em atividade no Pleno do TCE foi igual em agosto: R$ 30.471,11. Isso enquanto a promotora de Tabaporã, Roberta Sanches, teve remuneração bruta de R$ R$ 93.919,95, em julho. O conselheiro Valter Albano, que foi quem mais ganhou em agosto, no TCE, recebeu líquidos R$ 26.892,55. Ou seja, a promotora Roberta, em julho, ficou valendo mais do que três Valter Albano, em agosto. Um promotor do MP, segundo as tabelas consultadas, registra remuneração até quatro vezes superior à de um procurador de contas. CONFIRA AS FOLHAS DE PAGAMENTOS NO TRIBUNAL DE CONTAS

Sintomas

O especialista destaca que conhecer os sintomas é fundamental para o paciente procurar um especialista no assunto, realizar os exames necessários e, se constatado o tumor, iniciar o tratamento. 

“Os sintomas são sangue nas fezes, dor na região anal, cólicas ou dores abdominais, anemia, fraqueza, perda de peso inexplicável e alterações do hábito intestinal, como diarreia, intensa vontade de vomitar e urgência para evacuar ou constipação”.

Diagnóstico

O diagnóstico do câncer de intestino é feito a partir de um exame clínico e físico, incluindo o exame proctológico, a retossigmoidoscopia, a colonoscopia e exames de sangue. “Assim que o paciente é diagnosticado, ele inicia o tratamento”.

Tratamento

Conforme o especialista, o câncer colorretal pode ser tratado de diversas formas para melhorar a qualidade e a sobrevida dos pacientes. Entre as alternativas estão as cirurgias abertas, laparoscopias e assistidas por robô, colonoscopia e ressecções locais dos tumores, quimioterapia e radioterapia.

Como se trata de uma doença silenciosa, cujos sintomas demoram bastante a se manifestar, o Dr. Mardem Machado alerta para a importância do check-up anual para o diagnóstico precoce e maior sucesso no tratamento.

Leia Também:  Governo de MT já pactuou 98% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA