(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

PMCAST responde dúvidas sobre o concurso da Polícia Militar

Publicados

É bem Mato Grosso


As inscrições para o concurso do Governo do Estado de Mato Grosso, voltado a diversas áreas da Segurança Pública, já estão abertas. Para a Polícia Militar, estão sendo ofertadas vagas de cadastro de reserva para os cargos de oficiais e soldados. 

Para detalhar toda a estrutura do concurso, os principais pontos do edital e reponder várias dúvidas, o PMCAST lança, nesta sexta-feira (14.01), uma edição especial dedicada aos candidatos que desejam ingressar na Polícia Militar de Mato Grosso. O podcast entrevista o tenente-coronel Almir Ferraz, comandante da Academia Costa Verde e membro da central de concursos que ajudou a elaborar o edital. 

Sobre as vagas do concurso, para o cargo de oficial, o candidato deve ser Bacharel no curso de Direito, com diploma devidamente registrado. Também estão disponíveis vagas para oficiais na área de saúde, nos cargos de médico (cardiologia; cirurgião-geral; ortopedia; e psiquiatria) e dentista (cirurgião-geral e cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial). A remuneração inicial para os cargos de oficiais é no valor de R$ 8.411,88. 

Já para o cargo de soldado, o candidato deverá ter obrigatoriamente um diploma de conclusão de nível superior, sendo bacharelado, licenciatura ou tecnólogo, em qualquer área de conhecimento, devidamente registrado. O salário inicial é no valor de R$ 3.313,38. As inscrições para o concurso se encerram no dia 24 de janeiro. Os valores variam entre R$ 120,00 e R$ 200,00. As provas serão realizadas no dia 20 de fevereiro. 

Leia Também:  10º Comando Regional da PM de Vila Rica é ampliado e reformado

Quer saber mais?  

Ouça o 16º episódio do PMCAST que fala sobre o concurso da Polícia Militar para oficiais e soldados. Acesse gratuitamente nas seguintes plataformas digitais: 

Spotify

https://open.spotify.com/episode/1M0V5uw4FbaPWK6mvzjRcj?si=9gTSJLy5Qxi9VoJG_DxR2g

Anchor

https://anchor.fm/pmcast/episodes/Saiba-tudo-sobre-o-Concurso-da-PMMT-2021-e1cupk8

Google http://encurtador.com.br/jlqCU

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Governo de MT amplia 40 leitos de UTI e 20 de enfermaria para tratamento da Covid-19

Publicados

em


Nos últimos seis dias, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), disponibilizou 40 novos leitos de Terapia Intensiva e 20 leitos de enfermaria para o tratamento da Covid-19.

Foram disponibilizados 50 novos leitos no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. Desse total, a ampliação de 10 leitos intensivos ocorreu na segunda-feira (17.01). Na terça-feira (18), a unidade de saúde implementou 10 leitos de enfermaria e na quinta-feira (20.01) foram disponibilizados mais 10 leitos de UTI.  Neste sábado (22), o hospital ampliou outros 10 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI no local.

A unidade hospitalar atua como a principal referência estadual para o atendimento de pacientes com coronavírus e tem 100% da sua atividade destinada ao atendimento de demandas causadas pela Covid-19.

Com essa ampliação, a unidade de saúde passará a contar com o total de 50 leitos de UTI e 50 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

De acordo com o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a gestão estadual monitora as taxas de contaminação e ocupação hospitalar pela Covid-19 em Mato Grosso e trabalha medidas para serem implementadas conforme necessidade.

Leia Também:  Redimensionamento vai ampliar vagas na Educação Infantil e Educação de Jovens e Adultos

“Envidamos esforços para garantir o atendimento hospitalar à população mato-grossense. Já estamos monitorando o cenário atual da pandemia no Estado e, caso seja necessário, trabalharemos para novas ampliações”, declarou Figueiredo.

Outras ampliações

O Governo Estadual, em parceria com o município de Primavera do Leste, disponibilizou na última terça-feira (18) 10 novos leitos de UTI no Hospital e Maternidade São Lucas. Inicialmente, a SES irá financiar 100% do funcionamento, ou seja, R$ 2 mil a diária de cada um desses 10 novos leitos.

Esse valor será pago até que o município consiga a habilitação do leito por parte do Ministério da Saúde. Depois de autorizado e habilitado, o Governo Federal deverá investir R$1.600 e o Estado completará a diária com R$ 400.

Com essa ampliação, o Hospital e Maternidade São Lucas passará a contar com o total de 20 leitos de UTI e 30 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA