(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Novos golpes usando o Programa Nota MT são aplicados em Mato Grosso

Publicados

É bem Mato Grosso


A Secretaria de Fazenda (Sefaz) recebeu nos últimos dias novas denúncias de golpes usando o Programa Nota MT, por meio de mensagem pelo aplicativo WhatsApp. Os perfis usam imagens do programa e abordam as vítimas com mensagens de que elas possuem créditos em dinheiro prestes a expirar, além de outro tipo de mensagem que diz que a pessoa foi contemplada com R$ 10 mil ou R$ 50 mil, que coincidem com valores sorteados pelo Nota MT.

Outra observação importante a ser feita sobre esses golpes é que no corpo das mensagens geralmente há um código numérico que eles chamam de “número da sorte” ou “código de liberação”, que podem ser possíveis tentativas de clonar o aplicativo das vítimas.

A coordenadora de Promoção da Educação e Cidadania Fiscal, Ágatha Santana, alerta aos contribuintes cadastrados no Nota MT que a Sefaz não envia mensagens por SMS (programa de mensagens) ou por WhatsApp aos contemplados.

“Gostaríamos de alertar a população sobre as tentativas de golpe que estão tentando aplicar. Informamos que o Nota MT não envia mensagens por SMS ou WhatsApp. Até então os golpistas utilizavam apenas SMS, mas de umas semanas para cá passaram a usar o WhatsApp também. Temos DDD 65, 71 que é do Nordeste e as mensagens falam que a pessoa foi contemplada com uma televisão ou que possui créditos para resgatar no programa Nota MT, ou ainda, que possuem prêmios de R$ 10 mil e R$ 50 mil que coincidem com o prêmio do Nota”, explica.

Leia Também:  Procon Estadual divulga balanço de fiscalização em supermercados e hipermercados

De acordo com ela, o contato realizado pela Sefaz com os ganhadores é por meio do aplicativo do Nota MT e pelo e-mail cadastrado pelo usuário. Em algumas situações podem ocorrer ligações telefônicas para o telefone celular do ganhador, por ele estar com os dados bancários incompletos ou incorretos, para orientar sobre a regularização das informações. A informação da pendência também é disponibilizada no aplicativo e site.

A Secretaria de Fazenda orienta que em casos de dúvidas, o cidadão entre em contato pelo telefone (65) 3617-2704, de segunda à sexta, dás 08h às 12h e das 13h às 17h ou pelo site ou aplicativo do Nota MT, no campo “envie uma mensagem”. Ao registrar uma reclamação pelo site ou aplicativo é importante sempre encaminhar o print da tentativa de golpe recebida.

O consumidor também pode fazer um registro de ocorrência junto à Delegacia Fazendária (Defaz). Todas as denúncias de golpes utilizando o nome do Nota MT também são encaminhadas Secretaria de Fazenda para a Defaz para as devidas providências.

Leia Também:  EDUARDO PÓVOAS: Guarde o martelo e os pregos. Guarde-os para usá-los depois da Copa. Agora vamos receber com muito carinho e hospitalidade, características mor do cuiabano, a quem vem nos visitar em Cuiabá. Lembre-se de que eu e você nunca fomos chamados para administrar nenhum canteiro de obra desta Copa. Portanto, eu e você estamos isento de qualquer culpabilidade nesse fiasco.

Para saber se foi um dos contemplados do Nota MT, o consumidor pode acessar o site ou aplicativo com o login e a senha de uso pessoal. Na opção sorteios é possível acompanhar as datas dos concursos e ainda fazer o download da lista dos ganhadores e dos bilhetes premiados. É nessa página, também, que é informado se a pessoa foi contemplada ou não em um dos sorteios.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Nininho destaca a importância da retomada dos trabalhos do Incra em Rondonópolis

Publicados

em


Foto: Renato Cordeiro / Assessoria de Gabinete

Na tarde de quinta-feira (20), o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, participou da cerimônia de reativação do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) – Unidade Avançada Sul de Mato Grosso, acompanhado da superintendente regional substituta, Marina Reis Souza. O parlamentar acompanha as dificuldades das famílias que precisam se dirigir até Cuiabá, desde 2020, quando os atendimentos foram transferidos para a capital. Ele destacou a importância do retorno dos atendimentos na região.

“Os processos precisam andar, são famílias que esperam há mais de 30 anos pelos títulos definitivos, e precisamos dar o direito a essas famílias de terem não apenas seus documentos, mas também o direito de desenvolver e prosperar em suas propriedades. Tenho certeza que esta unidade será fundamental para agilidade dos processos”, pontuou Nininho.

O deputado agradeceu os esforços de todos que contribuíram para a retomada dos atendimentos e agradeceu os servidores da região. “O superintendente do Incra, coronel Cunha, tem feito gestão e concentrado esforços para agilizar a regularização fundiária em todo o estado. Quero aproveitar e agradecer os servidores Flávio Simões, chefe da unidade de Rondonópolis e ao Robson Fonzar, que pessoas capacitadas para a missão que temos aqui”, lembrou Nininho.

Leia Também:  MT Prev leva atendimento presencial a servidores da região de Cáceres

De acordo com o Incra, além de Rondonópolis outros 16 municípios serão atendidos na unidade: Alto Garças, Alto Araguaia, Alto Taquari, Araguainha, Campo Verde, Dom Aquino, Guiratinga, Itiquira, Jaciara, Juscimeira, Pedra Preta, Poxoréu, Primavera do Leste, São José do Povo, São Pedro da Cipa e Tesouro.

Também participaram da cerimônia de reativação da unidade, o deputado estadual Gilberto Cattani; os vereadores Roni Cardoso, Marisvaldo Gonçalves, Ozeias Reis, Kaza Grande, Dico e Dr. Jonas Rodrigues;  o diretor da Sema Ailnton Fonseca; os servidores do Incra Flávio Simões e Robson Fonzar; o presidente do Comitê de reabertura do Incra, Nelsivon e lideranças dos 17 municípios da região Sul.

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA