(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Medeiros afirma que oportunismo político atrapalha conclusão da BR-158

Publicados

É bem Mato Grosso


Diante do impasse que se tornou a pavimentação da BR-158, do trecho conhecido como Contorno Leste, saindo de dentro da Terra Indígena Marãiwatsédé, o deputado federal José Medeiros (Podemos) propôs uma força-tarefa para mediar o conflito e viabilizar recursos para concluir a obra. Em conversa com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Medeiros reafirmou a viabilidade de fazer a estrada pelo reserva indígena, que representa cerca de 120 quilômetros e um custo de aproximadamente R$ 250 milhões.

“Há muito tempo venho discutindo e buscando uma solução para a BR-158. Eu disse para o presidente que não faz sentido o Brasil ficar refém da vontade de algumas pessoas. No caso da 158, apenas uma pessoa se posicionou contrário ao traçado original, que é passar a estrada dentro das terras indígenas. A maioria dos indígenas quer a rodovia por dentro, pois acreditam que ela trará melhorias como escolas, postos de saúde, estradas vicinais asfaltadas, entre outras”, disse o parlamentar.

Para colocar um fim nos conflitos, optou-se em fazer a estrada usando um contorno fora de terra indígena. Segundo Medeiros, isso vai praticamente triplicar o valor da obra e levar mais tempo para concluí-la.

Leia Também:  Seduc publica licitação para climatização de 28 escolas

“Falei sobre essa situação com o presidente. A expectativa é reunir com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, nos próximos dias, para buscar uma solução definitiva e célere para esse problema antigo e que envergonha Mato Grosso e o Brasil”, frisa Medeiros.

Medeiros critica o uso político por parte de alguns parlamentares que preferem atacar o Governo Federal e o ministro da Infraestrutura ao invés de ajudar de forma efetiva a resolver a situação.

“O governo está trabalhando para solucionar os problemas de infraestrutura de Mato Grosso. Porém, existem vários impedimentos que travam algumas obras, como é o caso da BR-158. Além das dificuldades orçamentárias, existem ações do Ministério Público Federal (MPF), Organizações Não Governamentais e a questão indígena que impedem que algumas obras sejam executadas de forma célere. O interessante é ver parlamentar de Mato Grosso, como é o caso do senador Carlos Fávaro (PSD), criticando o governo Bolsonaro e o ministro Tarcísio. Ele [Fávaro] não contribuiu com um centavo em emenda para a BR-158. Precisamos deixar de lado o oportunismo político, as falácias e unir forças com a União para resolver o problema que prejudica o escoamento da produção do nosso estado e milhares de pessoas”, enfatiza o deputado federal.

Leia Também:  Polícia Civil instaura investigação preliminar para apurar irregularidades na vacinação contra a covid-19 em Cuiabá

A BR-158 tem aproximadamente 800 quilômetros em Mato Grosso, ligando os municípios de Barra do Garças a Vila Rica – na divisa com o Pará.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Sefaz realiza seminário online sobre execução orçamentária e financeira de 2021

Publicados

em


A Secretaria de Fazenda (Sefaz) realiza nesta quarta-feira (14) um seminário online para as Unidades Orçamentárias do Poder Executivo, no qual será apresentado o Decreto nº 835, que trata da execução orçamentária e financeira no exercício de 2021. O evento será transmitido pelo canal Convênios Mato Grosso no Youtube, a partir das 14h30.

O “Seminário Decreto de Execução nº 835/2021” é promovido pelas secretarias adjuntas do Tesouro Estadual (SATE), da Contadoria Geral do Estado (SACE) e do Orçamento Estadual (SAOR), da Sefaz. O público-alvo são servidores que executam suas funções nas áreas sistêmica, financeira, contábil e orçamentária do Poder Executivo estadual.

Durante o evento serão tratados os principais itens do decreto de forma objetiva e clara para colaborar com um melhor entendimento junto às Unidades Orçamentárias. As apresentações serão ministradas por representantes das secretarias adjuntas da Sefaz.

As inscrições foram realizadas por e-mail e encerraram no dia primeiro de abril. São pelo menos 300 servidores que se cadastraram para participar do webnário.

Leia Também:  Polícia Civil instaura investigação preliminar para apurar irregularidades na vacinação contra a covid-19 em Cuiabá

Para quem se cadastrou será encaminhado um e-mail com link direto para o seminário online.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA