(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Máquinas doadas pelo Estado melhoram as condições das estradas no interior

Publicados

É bem Mato Grosso


Um mês após receberem as máquinas e equipamentos rodoviários doados pelo Governo de Mato Grosso, as prefeituras, consórcios intermunicipais e associações intensificaram a operação de melhoria e conservação de rodovias estaduais não pavimentadas e estradas vicinais em várias regiões do Estado.

Foram entregues pelo Governo um total de 74 máquinas – sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas – a 22 entidades. O investimento foi de R$ 42,2 milhões, oriundos dos recursos do programa Mais MT.  Ao todo, 10 prefeituras, 10 consórcios e duas associações conveniadas com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) receberam os equipamentos.

Um dos municípios que já está utilizando as máquinas para melhoria de suas rodovias é Juína, na região Noroeste do Estado. Na cidade, as máquinas já estão trabalhando com foco na manutenção da MT-183, que liga Juína até o município de Aripuanã.

Ambas as cidades integram o Consórcio Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental do Vale do Juruena, que recebeu cinco equipamentos para serem utilizados na manutenção das rodovias dos municípios de Juruena, Castanheira, Cotriguaçu, Colniza, além de Aripuanã e de Juína.

Leia Também:  Claudinei averigua a habilitação dos leitos UTI Covid-19 no Hospital Regional de Rondonópolis

“Estamos iniciando esse trabalho de melhoramento, rebaixamento de morro, abertura da estrada. Temos um sonho de fazer um trabalho bem feito em toda estrada MT-183 nesse trecho de Juína até o rio Furquim. Sabemos que o maquinário tem o tempo limitado aqui conosco, mas faremos o máximo possível para conseguir melhorar esse trecho aqui”, disse o secretário de Infraestrutura de Juína, Jonatas Plinio.

Outro município que já está trabalhando é Marcelândia, cujos serviços são voltados para a melhoria da MT-423, com a utilização das máquinas recebidas pelo Consórcio Intermunicipal Portal da Amazônia. Também integram o consórcio os municípios de Nova Canaã do Norte, Novo Mundo, Itaúba, Guarantã do Norte, Matupá, Peixoto de Azevedo, Nova Guarita, Colíder, Nova Santa Helena e Terra Nova do Norte.

“Sempre acreditei no governo Mauro Mendes, desde que ele assumiu. Uma coisa importante é que ele está dando atenção e olhando para os 141 municípios. Marcelândia foi contemplado, dentro do consórcio, para ficar com essas máquinas esses primeiros 30 dias e vamos atuar com foco na MT-423, que liga Marcelândia a Analândia”, disse o prefeito de Marcelândia, Celso Padovani.

Leia Também:  Deputado Claudinei garante cessão de uso de área do assentamento Pontal do Areia à UFR

Outros beneficiados

Além dos consórcios citados, receberam os equipamentos o  Consórcio Intermunicipal Vale do Guaporé, Consórcio Intermunicipal Complexo Nascentes do Pantanal, Consórcio Intermunicipal Norte Araguaia (Cidesa NA), Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental Araguaia (Cidesa), Consórcio de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Teles Pires, Consórcio Intermunicipal Portal do Araguaia (CidesaPA), Consórcio Intermunicipal Médio Araguaia (Codema) e Consórcio Intermunicipal Vale do Arinos.

Também foram beneficiadas as prefeituras de Colniza, Chapada dos Guimarães, Guiratinga, Nova Maringá, Nova Ubiratã, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Rondolândia, Rosário Oeste e Santo Antônio de Leverger, municípios favorecidos em razão da grande extensão de rodovias não pavimentadas dentro dos seus limites territoriais.

Entre as associações beneficiadas estão a Associação dos Produtores do Vale do Rio Roosevelt (Aprovale) e a Associação Santa Emília (AESE).  Além dos equipamentos entregues, outro lote de máquinas ainda será repassado pelo Estado a outras entidades e municípios.  Ao todo serão entregues 175 máquinas e equipamentos rodoviários, cujo investimento soma R$ 96,5 milhões de modo a atender todas as regiões do Estado.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Domingo (26): Mato Grosso registra 534.484 casos e 13.769 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (26.09), 534.484 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.769 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 95 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 534.484 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.412 estão em isolamento domiciliar e 516.554 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 101 internações em UTIs públicas e 67 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 26,86% para UTIs adulto e em 11% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (110.579), Várzea Grande (37.675), Rondonópolis (37.587), Sinop (25.825), Sorriso (18.166), Tangará da Serra (17.684), Lucas do Rio Verde (15.576), Primavera do Leste (14.677), Cáceres (11.785) e Barra do Garças (10.552).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Comissão de Saúde ouve prefeitura de Araraquara (SP) sobre medidas adotadas para combate à Covid-19

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (25.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.343.304 casos da Covid-19 no Brasil e 594.200 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha casos da 21.327.616 Covid-19 no Brasil e 593.663 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (26.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Projeto aposta em adaptação de estudantes a tecnologia avançada

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA