(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Governo de MT prorroga inscrições do edital de fomento à bacia leiteira

Publicados

É bem Mato Grosso


O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), estendeu as inscrições para o edital de seleção de associações e cooperativas sem fins lucrativos (OSC), ligadas à produção da cadeia leiteira, que tenham condições financeiras de dar contrapartida de 100% na compra de novilhas Girolando ½ sangue, com gestação de embrião sexado fêmea, também Girolando. Pela proposta, a Seaf compra a novilha e a entidade participante entra com contrapartida na mesma quantidade adquirida pelo Estado. 

O envio de propostas ao edital de chamamento público pode ser feito até o dia 04 de março, pelos e-mails [email protected] ou [email protected] ou presencialmente na sede da Seaf, na rua Engenheiro Agrônomo Arnaldo Duarte Monteiro, S/N, Edifício Engenheiro José Morbeck, 2º andar, Centro Político Administrativo, Cuiabá/MT, CEP: 78049-050, de segunda à sexta-feira, das 08h às 12h e das 14h às 18h.

Chamamento público

Serão selecionadas até 20 associações ou cooperativas, todas obrigatoriamente do segmento da agricultura familiar e que, comprovadamente, desenvolvam atividades relacionadas à cadeia produtiva do leite. Conforme estabelece o edital, cada associação ou cooperativa terá que apresentar condições financeiras para adquirir no mínimo de 15 novilhas prenhas, algo em torno de R$ 270 mil.

Leia Também:  Combate ao racismo e intolerância religiosa é tema de Audiência Pública

Para essa ação, foram destinados R$ 17,9 milhões em recursos estaduais, com o objetivo de fazer o melhoramento genético do rebanho de bovinos leiteiros do Estado por meio da compra de mil novilhas confirmadamente prenhas, com gestação entre quatro a oito meses.

A associação ou cooperativa, juntamente com a Empaer, serão as responsáveis por selecionar os produtores familiares que receberão as novilhas. A Seaf ficará responsável por coordenar, acompanhar e monitorar do projeto, com o apoio da Empaer.

No dia 10 de março serão divulgadas as propostas selecionadas.

Para outras informações: (65) 3613-6224 (setor responsável).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Semana Estadual de Políticas sobre Drogas discute prevenção em escolas de Poconé e Livramento

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Justiça, e o Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Conesd-MT) realizam entre os dias 27 e 30 de junho a Semana Estadual de Políticas sobre Drogas. Parte da programação será realizada nas escolas públicas dos municípios de Poconé e Nossa Senhora do Livramento.

A solenidade de abertura ocorre na próxima terça-feira (28.06), na Escola Estadual Bacharel Ribeiro de Arruda, em Poconé, com a presença de autoridades. No entanto, na segunda-feira (27.06), a Escola Estadual Professora Eucaris Nunes Cunha Morais, também em Poconé, contará com programação alusiva, com palestras e oficinas.

Já na quarta-feira (29.06) a programação ocorre no município de Nossa Senhora do Livramento, nas escolas Estadual Feliciano Galdino e Municipal Délia Galdino Duarte, finalizando o dia com ato público contra as drogas.

Entre a programação da semana estão previstas palestras sobre o uso do álcool e suas consequências, o fortalecimento da rede municipal no combate às drogas, além de bate papos com os alunos, oficinas para a confecção de cartazes e atos públicos educativos.

Leia Também:  ZÉ PEDRO QUERIA QUE RIVA CAGUETASSE DANTE MAS RIVA NÃO CAGUETOU: Em novo capítulo da "Biografia não autorizada de Riva", jornalista Eduardo Gomes relata o encontro noturno de Zé Pedro Taques, então procurador da República, e do então juiz Julier Sebastião com Riva, Silval e Bosaipo, na expectativa de levar Dante de Oliveira, a cúpula do PSDB e o empresário Armando de Oliveira para a cadeia, nos desdobramentos da Operação Arca de Noé, no início dos anos 2000. "O juiz e o procurador corriam contra o relógio pra pegar Dante e desmoralizar Riva. Na reunião, Julier e Taques propuseram a Riva, Bosaipo e Silval que eles denunciassem Dante e Armando no caso das promissórias. Se aceitassem, os dois os protegeriam com perdão judicial.À época ainda não existia o benefício da delação premiada, mas o Brasil concedia perdões tomando como parâmetro a legislação dos Estados Unidos. Riva falou por ele, Bosaipo e Silval: “Não sei de nada e mesmo que soubesse não sou dedo-duro”. Em tom áspero, despachou o juiz e o procurador. Naquele momento - 22 promissórias à parte, porque isso precisa ser esclarecido – surgiu à animosidade que alimenta o discurso de ódio de Taques contra Riva." LEIA O CAPÍTULO INÉDITO

O evento conta com o apoio das duas prefeituras municipais, além da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB/MT); das secretarias de Estado de Educação (Seduc-MT), de Saúde (SES-MT) e de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT); do Departamento Estadual de Trânsito (Detran); da Federação das Comunidades Terapêuticas de Mato Grosso (FECT); das coordenadorias estaduais de Polícia Comunitária e do Rede Cidadã; da Polícia Judiciária Civil e do Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência(Proerd) da Polícia Militar de Mato Grosso.

Para ter acesso à programação completa, clique AQUI.

Mais informações: (65) 98435-7138.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA