(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Governo de MT firma parceria com a Prefeitura de Várzea Grande para ampliar oferta de linhas de crédito

Publicados

É bem Mato Grosso

O Governo de Mato Grosso, por meio da Agência de Fomento de Mato Grosso (Desenvolve MT), e a Prefeitura de Várzea Grande firmaram uma parceria para atender as demandas de empreendedores por meio das linhas de crédito. Um agente de crédito municipal facilitará aos interessados o acesso aos financiamentos oferecidos pela instituição.

O termo de cooperação foi assinado, nesta quarta-feira (23), na sede da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), em Cuiabá.

Várzea Grande é o segundo município de Mato Grosso que mais tomou crédito, sendo liberado mais de R$ 360 mil, no período de janeiro a maio deste ano. Em 2021, mais de R$ 1,3 milhões foram disponibilizados em crédito aos empreendedores do município.

De acordo com o secretário de desenvolvimento econômico de Mato Grosso, César Miranda, o Governo está cuidando das pessoas e apoiando o empreendedor. “Através da parceria, a prefeitura vai poder levar informação e ajudar o pequeno empreendedor para que tenham acesso às linhas de crédito da Desenvolve MT de maneira ágil e facilitada”, pontua.

Leia Também:  Seduc destaca ações para recuperação da aprendizagem no pós-pandemia

Para o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, a assinatura do termo com o Governo do Estado é de grande relevância para o empreendedor várzea-grandense. “É uma política de incentivo que visa fomentar as atividades produtivas em nosso município”, ressalta.

Atualmente, 40 cidades mato-grossenses já contam com esta parceria com agentes de crédito habilitados e 15 entidades de classe em todo o Estado, que prestam apoio e atendimento aos empreendedores nos municípios para facilitar o acesso ao crédito. 

A Desenvolve MT possui cinco modalidades de linhas de crédito disponíveis para o empreendedor que busca investir em seus negócios, e podem ser utilizadas para compra de insumos, máquinas e equipamentos, obras de construção, reformas para modernização e ampliação de empreendimentos, entre outros.  Além da linha de crédito direcionada para o fomento do trade turístico, um dos setores atendidos fortemente pela agência durante a pandemia.

Para o presidente da Desenvolve MT, Jair Marques, a agência está capitalizada e são mais de R$ 200 milhões para atender as demandas do empreendedor mato-grossense.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso investiu R$ 165 milhões na segurança pública da Capital

“Várzea Grande tem um perfil para desenvolver a agricultura familiar, turismo, aquilo que o município demandar, o empreendedor pode ser atendido”, ressalta Jair.

Os empreendedores de Várzea Grande que tiverem interesse sobre as linhas de crédito ou necessitem de atendimento presencial podem buscar a secretaria de desenvolvimento econômico, que fica localizada no Várzea Grande shopping, ou entrar em contato pelo telefone (65) 3692-6828.

Participaram da solenidade de assinatura do termo de cooperação o senador Wellington Fagundes, o secretário de desenvolvimento econômico de Várzea Grande, Charles Caetano, o secretario adjunto de desenvolvimento econômico de Várzea Grande, Denival Bitencourt, os agentes de crédito de Várzea Grande, Danilo Ferreira Moro, Alexandre Chinaglia e o secretário executivo da Desenvolve MT, José Roberto Webber.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Projeto da Sema Mato Grosso leva práticas agrícolas sustentáveis para famílias de nove comunidades

Publicados

em

O Assentamento Antônio Conselheiro, em Barra do Bugres (164 km de Cuiabá), recebeu, nesta quarta-feira (30/06), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, materiais para uso no plantio e colheita de itens da agricultura familiar. O Programa de Educação Ambiental na Agricultura Familiar (PEAAF) acontece em nove comunidades e assentamentos de Mato Grosso.

Os municípios atendidos são Peixoto de Azevedo, Tangará da Serra, Barra do Bugres, Poconé e Nossa Senhora do Livramento. São projetos comunitários implementados para a  implantação de hortas ecológicas comunitárias, viveiros e recuperação de nascentes.

“Este projeto possibilitou aos participantes o reconhecimento da importância da conservação ambiental, além de, principalmente, possibilitar a geração de renda com práticas sustentáveis”, explica a superintendente de Educação Ambiental da Sema-MT, Vânia Montalvão.

Marinalva Tavares de Souza, moradora do assentamento, trabalha na agricultura familiar diretamente  com o PEAAF, plantando horta e produzindo leite. Ela destaca o material recebido – utensílios para uso na plantação, como enxadas, pás e carrinho de pneu – que lhe permite produzir mais e melhor.  

Leia Também:  Governo de Mato Grosso investiu R$ 165 milhões na segurança pública da Capital

“O projeto, para mim, é muito viável. Desde o início, na formação, já deu para aprender muita coisa. Valorizo muito o trabalho feito aqui, muito importante para nós”, diz.

 
 

Na comunidade de Faval, em Nossa Senhora do Livramento, o projeto possibilitou a educação ambiental por meio de horta comunitária, produção de mudas de árvores nativas e frutíferas do cerrado, para reflorestar as nascentes.

“Hoje, posso falar que sou uma agente de educação ambiental. Aprendi a preservar e, por isso, a conscientizar a população sobre o valor de manter o meio ambiente equilibrado”, afirma Cícera Aparecida da Silva Seni, 35 anos, professora. 

Emprego e renda – O PEAAF também incentiva o extrativismo sustentável de castanha cumaru na Comunidade Quilombola de Capão Verde, em Poconé. Natan José Campos de Oliveira, 22 anos, mora na comunidade, composta por 28 famílias. Eles trabalham com produtos, que não só têm grande aceitação no mercado como contribui para a preservação do bioma Pantanal.

“Este projeto vem para ajudar o nosso trabalho, que, sem recursos, fica muito difícil. Com ele, vai melhorar a renda. Recebemos materiais que ajudam, e muito, no processo de coleta e no processamento da castanha do cumaru”, avalia Natan.

Leia Também:  Janaina Riva, presidente da Assembleia? Boa ideia pra varrer Botelho, Maluf e toda tranqueira

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA