(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Funac busca fazer cumprir lei e garantir trabalho a egressos do Sistema Penitenciário

Publicados

É bem Mato Grosso


A Fundação Nova Chance (Funac) encaminhou este ano 133 pessoas em cumprimento de pena, no regime fechado ou em semiaberto, para uma vaga de trabalho em Mato Grosso. A maioria das vagas são de serviços gerais e em órgãos públicos estaduais e municipais. Além das Secretarias de Estado e as Prefeituras, outras oito empresas do setor de construção civil e entidades também contratam a mão de obra de pessoas privadas de liberdade. 

Para atender também o público egresso do Sistema Penitenciário, ou seja, aquelas pessoas que receberam o alvará de soltura no período de até dois anos, a direção da Funac encaminhou até o momento, 81 ofícios para empresa que tem contrato com o Poder Executivo Estadual para fazer cumprir a lei 9.879/2013 é a lei que trata da reserva de vagas de trabalho a presos e egressos em obras e serviços contratados pelo Estado.

“Buscamos verificar a quantidade de funcionários e orientar as empresas quanto a celebração de termo de intermediação. Estamos em tratativa com quatro empresas, mas buscamos mais vagas e cumprir a legislação com a empresa que contratam com o Estado”, disse o presidente da Funac, Emanoel Flores. 

Leia Também:  Espetáculo de dança "conSENTE" traz reflexões sobre violência doméstica

Ela disse que há mais pessoas em busca de trabalho do que vagas em aberto para egressos do sistema Penitenciário. Assim que consegue o alvará de soltura e passa pela audiência admonitória, o egresso precisa passar na Fundação Nova Chance também. “Toda semana temos encaminhamentos, mas é mais restrito para que os que estão no semiaberto. Por isso, precisamos garantir uma maior oportunidade a todos. A recuperação, a ressocialização passa pelo trabalho”, destacou a diretora executiva da Fundação, Michelle Egues Monteiro.   

Cumprindo a pena em regime semiaberto, Leidiane Ribeiro trabalha em um órgão público estadual. Conseguiu a vaga de auxiliar administrativo por intermédio da Fundação Nova Chance e está feliz com a oportunidade. “Consegui um trabalho e ter essa chance para recomeçar é muito importante para mim”.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Sábado (16): Mato Grosso registra 542.919 casos e 13.882 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (16.10), 542.919 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.882 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 152 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 542.919 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 2.032 estão em isolamento domiciliar e 526.375 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 93 internações em UTIs públicas e 42 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 28,35% para UTIs adulto e em 7% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (112.673), Várzea Grande (39.573), Rondonópolis (38.161), Sinop (26.144), Sorriso (18.352), Tangará da Serra (17.777), Lucas do Rio Verde (15.688), Primavera do Leste (14.762), Cáceres (11.899) e Alta Floresta (10.613).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Primeira-dama entrega cartões do Ser Família Emergencial em Cuiabá

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (15.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.627.476 casos da Covid-19 no Brasil e 602.669 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.612.237 casos da Covid-19 no Brasil e 602.099 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (16.10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Mato Grosso recebe 45.230 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (01) e quinta-feira (02)

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA