(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Falsos dilemas levaram Mato Grosso a ter a 3ª maior mortalidade por covid-19 do país, diz Lúdio

Publicados

É bem Mato Grosso


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O deputado estadual e médico sanitarista Lúdio Cabral (PT) afirmou que é necessário nos guiarmos pela ciência para enfrentarmos de forma adequada a pandemia de covid-19. Ele argumenta que, desse modo, será possível escapar das armadilhas do negacionismo e dos falsos dilemas que transformaram o Brasil no pior país do mundo na gestão da pandemia, e Mato Grosso no estado com a 3ª maior taxa de mortalidade do país, com 232 óbitos por 100 mil habitantes, atrás apenas do Amazonas (293 óbitos por 100 mil habitantes) e Rondônia (246 óbitos por 100 mil habitantes).
“A pandemia de covid-19 já dura um ano e um mês, desde a declaração de pandemia feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS). É uma tempestade mais longa do que esperávamos, e ainda vai durar muito tempo. Esse prolongamento da tempestade se deve à falta de um enfrentamento adequado da pandemia, potencializado pelo negacionismo e por falsos dilemas. Essas falsas dicotomias precisam ser superadas. Não existe conflito entre medidas sanitárias e economia. É a falta de medidas sanitárias eficientes que levou ao prolongamento da crise econômica”, afirmou Lúdio.
Para superar esses falsos dilemas, Lúdio recomenda que o poder público e a sociedade civil sentem à mesa de negociações e definam ações, orientados por especialistas em epidemiologia e infectologia. “A ciência tem que ser nosso farol para sairmos da tempestade da pandemia. Precisamos de um plano de gestão de longo prazo da pandemia no nosso território, que seja construído e colocado em prática com união de esforços entre poder público e sociedade civil, para acabar com todos esses conflitos que temos vivido há mais de um ano, impedindo o enfrentamento adequado da pandemia em Mato Grosso e no Brasil”, disse.
Lúdio reforçou, mais uma vez, a necessidade de os governos decretarem medidas sanitárias eficientes acompanhadas de medidas de proteção econômica à população e aos setores mais vulneráveis, além de fortalecer o sistema público de saúde e acelerar a aquisição e aplicação das vacinas. Ele destacou ainda a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) no combate à pandemia.
“Sem um sistema público e universal de saúde, teríamos vivido uma tragédia muito maior. O SUS tem que ser fortalecido e os trabalhadores da saúde têm que ser respeitados e valorizados. Neste Dia Mundial da Saúde, em 7 de abril de 2021, precisamos refletir sobre o que precisa ser feito a partir de agora para enfrentar a pandemia, depois do aprendizado que temos que colher com os poucos acertos e muitos erros cometidos até aqui. O Brasil é o pior país do mundo na gestão da pandemia e Mato Grosso é o 3º estado do país em mortalidade, o que reflete a precariedade do enfrentamento à pandemia no nosso território”, analisou.
 

Leia Também:  Estado pode ser obrigado a indenizar segmentos afetados por medidas restritivas
Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Governador entrega novo complexo que vai melhorar atuação da Polícia Civil: “Mais eficiência no atendimento à população”

Publicados

em


O governador Mauro Mendes entregou o novo complexo que abriga cinco delegacias de Sinop (500 km de Cuiabá). Durante a solenidade, ele fez questão de destacar que um ambiente de trabalho adequado irá refletir em melhor prestação de serviço à população.

A nova estrutura foi inaugurada na tarde desta quarta-feira (05.05) e abriga no mesmo prédio todas as unidades da Polícia Civil de Sinop: Delegacia Regional; 1ª Delegacia de Polícia; Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso; e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos e a Central de Flagrantes. 

“Melhorar a qualidade das unidades otimiza o trabalho e cria um ambiente mais profissional, muito melhor para o trabalho da Polícia Civil. E, no final do dia, temos como reflexo a melhor prestação de serviço para a população”, pontuou o governador, lembrando que a implantação do complexo foi possível com as parcerias da prefeitura, iniciativa privada, Assembleia Legislativa, Ministério Público e Judiciário.

Mauro Mendes destacou que o Governo de Mato Grosso tem feito uma série de investimentos na Segurança Pública, por meio do programa Mais MT. “Vamos ampliar esse trabalho de adequação das unidades das forças de segurança, para que nossas Polícias Civil e Militar e os bombeiros possam prestar um serviço mais eficiente e de qualidade para todos”.

Para a construção do complexo, cujas obras iniciaram em setembro de 2020, foi investido R$ 1,5 milhão. Também foram adquiridos mobiliários e equipamentos de Tecnologia da Informação com R$ 500 mil oriundos de emenda do deputado estadual Dilmar Dal Bosco. 

Leia Também:  Funcionamento da ALMT continua suspenso até o próximo 23 de abril

“Acreditamos no seu governo e em todas essas retribuições, governador, principalmente, para beneficiar a segurança pública. Parabéns por dar esse retorno à população”, disse o deputado.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, frisou que a recuperação fiscal do Estado tem permitido investimentos na melhoria da área, com a entrega de novas viaturas, armamento, tecnologia de qualidade e novas unidades às forças de segurança.

“Este ano ainda, vamos entregar o melhor armamento para cada policial de cada unidade e 100% da Polícia Civil vai ter instrumento de investigação de qualidade, com tecnologia de ponta, o que vai acabar com o uso do papel. Só pedimos que os policiais trabalhem com mais afinco, o que tenho certeza que vai acontecer, pois temos homens e mulheres de qualidade e que merecem equipamentos e locais de trabalho dignos”, destacou Bustamante.

O novo complexo possui quase 4 mil metros quadrados, sendo mais de 2,2 mil de área construída. As delegacias têm salas climatizadas e um espaço amplo e confortável para o trabalho das equipes e atendimento à população.

A estrutura conta com 67 salas, 33 banheiros, estacionamento coberto para 16 veículos e aberto para aproximadamente 35 carros, área verde com 700 metros quadrados, além de uma sala destinada à Polícia Militar.

Leia Também:  Detran-MT irá reaproveitar foto de motoristas que precisam renovar a CNH

O delegado-geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Dermeval, agradeceu ao empenho da gestão estadual para implantar a nova estrutura. “A população pode ter certeza de que não mediremos esforços para garantir o bom desempenho de nossa atuação”.

Para o delegado regional de Sinop, Carlos Eduardo Muniz, o novo complexo de delegacias representa a garantia de exercer o bom serviço policial para a comunidade, que, segundo ele, só procura a Polícia Civil porque tem algum problema e merece ser tratada com respeito e dignidade.

“Esse complexo é fruto de muita luta e estou emocionado hoje, pois todos nós policiais merecemos um ambiente como esse, excepcional, salubre e digno, porque servimos às pessoas e para servir bem, temos que estar bem. É uma honra muito grande estar nessa função e ter a confiança de nossos gestores”, finalizou ele.

Também participaram o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o secretário de Educação, Alan Porto, o comandante-geral da Polícia Militar, José Jonildo de Assis, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Alessandro Borges, o deputado federal Juarez Costa e os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, Xuxu Dal Molin e João Batista.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA