(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Evento apresenta ‘Testes Automatizados em Abordagem ágil’ na melhoria de soluções tecnológicas

Publicados

É bem Mato Grosso


O MTI Tech Talk, evento promovido pela Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), apresenta ‘Testes Automatizados em Abordagem ágil’como forma de facilitar a correção de bugs e a aplicação de melhorias aos sistemas e softwares. O evento online será realizado às 15h, horário de Cuiabá (MT), do próximo dia 20 de setembro. As inscrições são gratuitas.

Esta será a 12ª edição do evento e contará com a palestra do professor Evandro César Freiberge. Ele irá apresentar os testes ágeis como uma forma de validar as funcionalidades de soluções tecnológicas através da perspectiva dos clientes, facilitando assim a correção de bugs e a aplicação de melhorias.

Evandro é formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), mestre em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e doutor em Ciências pelo programa de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), área de concentração Engenharia de Computação. Atualmente, Evandro atua como professor do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Cuiabá.

Leia Também:  Gestantes atendidas pelo SUS terão assistência de artistas, doulas e psicóloga em Cuiabá

Para participar do MTI Tech Talk, aponte a câmera do seu celular para o QR code da arte ou se inscreva pelo seguinte link: clique aqui.

O MTI Tech Talks é um evento online promovido pela Unidade de Gestão Estratégica de Inovação (UGEIN) com o objetivo de compartilhar informações sobre diferentes temas de tecnologia e propagar novos conteúdos para os colaboradores e parceiros da MTI.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Domingo (26): Mato Grosso registra 534.484 casos e 13.769 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (26.09), 534.484 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.769 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 95 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 534.484 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.412 estão em isolamento domiciliar e 516.554 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 101 internações em UTIs públicas e 67 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 26,86% para UTIs adulto e em 11% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (110.579), Várzea Grande (37.675), Rondonópolis (37.587), Sinop (25.825), Sorriso (18.166), Tangará da Serra (17.684), Lucas do Rio Verde (15.576), Primavera do Leste (14.677), Cáceres (11.785) e Barra do Garças (10.552).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Gestantes atendidas pelo SUS terão assistência de artistas, doulas e psicóloga em Cuiabá

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (25.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.343.304 casos da Covid-19 no Brasil e 594.200 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha casos da 21.327.616 Covid-19 no Brasil e 593.663 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (26.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Carlos Avalallone lamenta falecimento de Renato de Paula Corrêa

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA