(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Desenvolve MT reforça importância de parcerias com os municípios

Publicados

É bem Mato Grosso


O Governo de Mato Grosso, por meio da Agência de Fomento – Desenvolve MT reforça a importância de parcerias com os municípios do interior do estado, para fortalecer as ações e garantir um serviço de qualidade ao micro e pequeno empreendedor.

Os agentes de crédito que atuam nas prefeituras municipais, por meio do Centro de Atendimento Empresarial (CAE), os correspondentes (associações comerciais, federações e cooperativas) são responsáveis pelo atendimento presencial nos municípios, e fundamentais para a ampliação da oferta de crédito e fortalecimento dos pequenos negócios no interior do Estado de Mato Grosso.

Atualmente a Agência de Fomento – Desenvolve MT mantém parcerias com 20 prefeituras e 13 Federações por meio do termo de cooperação técnica, que permitem o atendimento ao empreendedor local oferecendo linhas de crédito e assessoramento sem custo adicional.

De acordo com o presidente, a Desenvolve MT tem feito um grande esforço para ampliar parcerias que levam crédito em condições diferenciadas para os empreendedores e fortalecer a economia local e regional.

“Com a construção de alternativas orçamentárias e financeiras, as quais, possibilita a criação de um fundo garantidor de crédito, que podem ser revertidos em empréstimos com mais facilidade ao empreendedor’’, explica Jair Marques

Leia Também:  Termo de cooperação disponibiliza 60 vagas de emprego para recuperandos de Cuiabá e Várzea Grande

No ano de 2020, a Desenvolve MT chegou em 131 dos 141 municípios mato-grossenses por meio da plataforma digital. A tendência é que o acesso ao crédito seja ainda mais facilitado, com o lançamento do aplicativo “Crédito na Mão” que está em fase final de construção.

Trinta e sete correspondentes entre federações, associações e prefeituras foram capacitados no ano passado. Nos próximos dias a Desenvolve MT vai retomar a oferta de cursos de capacitação, oferecido por meio de ensino à distância.

Treinamento online de correspondentes do interior do estado realizado no ano de 2020.

O município que tiver interesse em aprimorar o processo de contratação de crédito, e capacitar os seus servidores para atender a demanda local, deve entrar em contato com a Desenvolve MT pelo telefone 65-3613- 7900/7913 falar com José Roberto, e solicitar a adesão ao termo de cooperação. O procedimento é simples, o treinamento é realizado pela equipe da Desenvolve MT sem custo. O objetivo da agência este ano é chegar em todos os municípios do estado.

Leia Também:  "Estamos fazendo o possível e o impossível para abrir UTIs, mas não há profissionais disponíveis"

A lista de agentes e correspondentes conveniados de cada município está disponível no site da Desenvolve MT, na aba parceiros.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Xavantes de Poxoréu são orientados a preparar o solo para plantar legumes e tubérculos

Publicados

em


A comunidade Xavante de Poxoréu (251 km de Cuiabá) muda a cultura de produção de subsistência com orientação e assistência técnica da Empresa Mato-grossense de Pesquisa Assistência e Extensão Rural (Empaer). A medida é necessária, devido ao fim da estiagem e o inicio do período de chuvas, mais frequente nessa época do ano.

Dois técnicos da Empaer, junto com agentes da Secretaria Municipal de Agricultura Desenvolvimento e Meio Ambiente, atendem 25 aldeias da região, porém, os trabalhos começaram em cinco delas, São Carlos, Dom Bosco, Tsimitsute , Santa Teresa e Santo Expedito e será estendido conforme adesão.

A comunidade Xavante da cidade engloba cerca de 800 pessoas, entre adultos e crianças. São elas: Nova Leidi, São Gerônimo, Santo Expedito, Marimbu, Lagoa Encantada, Novo Mundo, Santo Ângelo, Lagoa Azul, Bom Bosco, São Carlos, Laura Vicuña, Tsimitsute, Santa Tereza, Riprere, Tsihorira, Noaowa-da, Nhowi, Seninha, Santa Angela e Redzawe.

A assistência técnica consiste no manejo, correção do solo e orientações de plantio, é fomentado as doações de ramas de mandioca e sementes junto a produtores  da agricultura familiar da região e comércio local.

Leia Também:  Botelho destaca força-tarefa da AL e governo que resultou na redução de impostos

O técnico agropecuário da Empaer, Jonathan Vasconcelos Barros, explica que, durante a estiagem, os indígenas estavam empenhados na  produção  de hortaliças, com o inicio das chuvas, fica inviável, por isso, foram orientados a produzirem mandioca, batata, abóbora e milho.

“Estamos há dois anos na comunidade e desenvolvemos um trabalho de troca de experiência. Realizamos as visitas todas as sextas-feiras e seguimos pela segunda semana de acompanhamento. Já viabilizamos algumas ramas de mandioca e sementes”. Junto com Jonathan, está o também técnico agropecuário Fernando Thiago Alves de Oliveira Xavier.

O presidente da Cooperativa Indígena Sangradouro/Volta Grande (Cooigrandesan), Gerson Warãiwe, explica que objetivo junto aos técnicos é buscar o fortalecimento da segurança alimentar nas aldeias.

“A chuva ajuda a planta crescer mais rápido, isso favorece o alimento chegar mais rápido nas aldeias. Estamos buscando mais doações de sementes e ramas de mandioca para chegar a toda comunidade o quanto antes. A assistência da Empaer  e as doações têm sido fundamentais para o nosso povo, mas ainda buscamos um complemento para que possa atender a todos”.

Leia Também:  De janeiro a março, Estado pactuou 129 novos leitos de UTI pelo SUS

Técnico da Empaer Jonathan junto com indígenas da aldeia São Carlos                               Foto: Empaer

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA