(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso promove primeira mulher ao posto de coronel

Publicados

É bem Mato Grosso


A força feminina chegou ao posto mais elevado do militarismo no Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) com a promoção da primeira mulher à patente de coronel. A militar Luciana Bragança Brandão da Silva, 40 anos, da Regional Bombeiro Militar – V, em Cáceres (a 220 km de Cuiabá), foi promovida na cerimônia de comemoração ao Dia do Patrono, realizada na última quinta-feira (02.12), na Praça das Bandeiras, em Cuiabá. 

“É uma alegria, uma honra, ser agraciada pelo governador Mauro Mendes, no posto de coronel. Neste momento, meu sentimento é de reconhecimento por todo trabalho ao longo desses quase 21 anos de dedicação no intenso trabalho na corporação. Além disso, a felicidade redobra ao ser a primeira mulher, coronel bombeiro militar do Estado de Mato Grosso”, declarou a primeira coronel do CBMMT.

Com a promoção, ela passa a integrar o primeiro escalão, equipe com outros 14 coronéis, liderada pelo comandante-geral do CBMMT, Alessandro Borges Ferreira, com mesmo nível de força na participação, tomada de decisão e construção do modelo de ação da corporação dos bombeiros em nível estadual.

“Essa promoção é exclusivamente por mérito, são oficiais de excelente qualidade, na missão de comando, por isso está ocupando espaço.  Eu tenho certeza que futuramente teremos outras mulheres coronéis no Corpo de Bombeiros”, enalteceu o comandante-geral.

A nova coronel concorreu com outros cinco militares, 4 homens e 1 mulher, que almejavam as duas únicas vagas à patente mais alta da corporação, sendo ela aprovada na acirrada seleção. 

Leia Também:  Alimentar animais silvestres em Parques Estaduais pode gerar multa de até R$ 10 mil

A chegada ao posto é resultado de total dedicação às diversas missões técnicas e administrativas, desempenhada ao longo de 20 anos de trabalho na carreira militar. Além do longo processo de diversos estudos técnicos, teórico e prático, conforme detalhado em seu currículo de três páginas, requisito indispensável para justificar a ascensão na carreira.

A coronel Luciana possui graduação de Gestão em Segurança Pública e Privada, com três especializações dentro da mesma área, uma com foco na Gestão Estratégica. Além disso, um grande leque de formação em mais de 10 cursos de especialização na área militar.

Em 2018, ela também foi responsável pelo comando do 1º Batalhão do CBM, o maior e mais antigo do Estado. Sob seu comando estiveram 183 profissionais, para atuação nos municípios de Cuiabá, Santo Antônio do Leverger, Barão de Melgaço e Chapada dos Guimarães.

O excelente trabalho foi reconhecido com diversas homenagens recebidas ao longo das carreiras, com o recebimento de 10 medalhas de reconhecimento ao mérito e dois títulos; Mulher do Ano e Cidadão Mato-grossesnse, e também Varzeagrandense, em 2021.

No posto de Comandante da Regional da Fronteira Oeste do Estado (de Cáceres a Rondolândia), ela atuou na gestão das ações no combate aos incêndios florestais, principalmente no Pantanal de Cáceres.

A nova coronel foi prestigiada pelo noivo, filha, cunhada e sobrinho presentes na cerimônia, além dos demais membros da corporação e demais autoridades civis que aplaudiram sua conquista da primeira mulher ao posto mais elevado da corporação.

Leia Também:  Estudantes de 12 a 14 anos representam Mato Grosso nos Jogos Escolares Brasileiros

Ainda na mesma solenidade, Dia do Patrono, outras 11 mulheres militares dos bombeiros foram promovidas; uma coronel, uma 1º Tenente, duas sub-tenentes, três a 2º Sargento e quatro a 3º Sargento.

Breve história das mulheres no CBMMT

O ingresso da mulher no quadro do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso teve início no ano de 2001, a partir do primeiro Curso de Formação de Oficiais com vagas para o gênero. Desde então, o número de mulheres vem crescendo dentro da corporação.

Atualmente, o CBMMT possui em seu quadro 1.331 militares, sendo 88 mulheres. Duas delas ocupam posto liderança. Uma comandante mulher na Unidade do Batalhão de Emergências Ambientais (BEAMT), em Cuiabá. Outra mulher no posto de comando é a coronel Luciana Bragança Brandão da Silva, que comanda a Unidade Regional do CBMMT no munícipio de Cáceres.

Dia do Patrono

A cerimônia alusiva ao Dia do Patrono é realizada anualmente pela corporação para homenagear Dom Pedro II, nascido em 02 de dezembro de 1825, regente do Brasil e criador da primeira instituição de combate a incêndios do país.

A solenidade é o maior evento da corporação, marcada por conceder promoções nesta data, sendo que neste ano, outorga de outros 117 membros da corporação foram. Também houve a entrega de uma de uma frota de 17 viaturas – 5 unidades de resgates e 12 caminhões auto tanque, que foram compradas com recurso de R$ 10 milhões do Programa Mais MT.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Empaer apresenta vitrine tecnológica e homenageia pioneiros durante Dinetec

Publicados

em


Em mais uma edição da Dinetec, na cidade de Canarana (a 823 km de Cuiabá), a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) foi destaque entre produtores e moradores da região que visitaram a vitrine tecnológica durante os três dias de evento.

A feira foi realizada na semana passada, na Rodovia MT-326, e a Empaer contou com uma área de 805 metros quadrados divididos entre a área do estande e as plantações de algodão, girassol, gergelim, cinco tipos de feijão, chia, mamona, painço, cartamo, amendoim, grão de bico, arroz, crotalaria, três tipos de pastagens, sorgo, milho, pipoca e café.  

Foram apresentadas 26 tipos de culturas diferentes. Na ocasião, ainda foram homenageados os pioneiros responsáveis pela colonização e todo desenvolvimento da cidade ao longo de mais de 49 anos de existência.

No estande, foram realizadas duas palestras, sendo uma sobre crédito rural, junto à cooperativa de crédito Sicredi e o segundo tema referente a empreendedorismo com o empresário e pecuarista Ernando Cardoso. Participaram moradores dos Projetos de Assentamentos Suiá e Guatapará, além de produtores da região.

Para o presidente do Sindicato Rural, Alex Wisch, a Empaer é e sempre foi uma importante parceira na cidade. Ele destaca a referência para o produtor familiar que tem assistência de um técnico desde a melhor tecnologia aplicada até a colheita. “A equipe é excelente e não mede esforço para auxiliar quando solicitada”.  

Leia Também:  PM apreende 161 tabletes de maconha em área rural de Rondonópolis

Alex é filho de um dos é dos pioneiros homenageado, senhor Ademar Wisch que na época tinha 14 anos quando chegou a Canarana, em 1973. Na época, seu avó, Nataniel Hiller Wisch, trouxe toda família de Tenente Portela, no Rio Grande do Sul, para Mato Grosso. “Sou filho de Canarana e continuo acreditando assim como meu pai e avô que largaram tudo e vieram investir muito trabalho nessa cidade. Eles desbravaram quando aqui não tinha nada. Hoje é uma linda cidade e tem muito a oferecer e, nós fazemos a diferença. A Empaer sempre esteve junto ao longo desses anos acreditando no potencial do homem do campo”.

Outro produtor, Arlan Júnior Pezzini, também filho de um dos homenageados, senhor Jandir Pezzini, agradeceu a homenagem. “Toda família ficou muito feliz com o reconhecimento. Sou grato à parceria e dedicação de toda equipe da Empaer na cidade. Minha família está em Canarana desde 1972 junto com muitos que acreditaram e não mediram esforços para mantê-la viva na produção e dedicação no trabalho árduo que a lida no campo exige”.

Leia Também:  Seaf tem R$ 3 milhões de emendas impositivas empenhadas

A agente administrativa da Empaer, Marina Bier, destaca que todo trabalho foi desenvolvido com muita dedicação junto com os colegas  Gildomar Avrella e Ataíde Garcia. “A Vitrine Tecnológica exige técnica e cuidado desde a correção do solo até o plantio para estar pronta durante a feira e tudo foi de acordo com o planejado. Um sucesso”.

Marina ressalta que promover o  1º Café com os Pioneiros foi uma oportunidade de trocar expediências, apresentar novidades tecnológicas e interagir com os desbravadores, produtores e visitantes. “Uma das culturas apresentada aos pioneiros foi o café para mostrar que o sacrifício valeu a pena. Ficamos satisfeitos com o resultado e vamos manter o nosso trabalho que é assistir o produtor no que precisar, seja qual for a sua necessidade estaremos sempre à disposição”.

Dinetec

É um evento que aumenta a diversidade de culturas e fortalece a classe produtora, fomentando o desenvolvimento agrícola e aquece a economia da região. Na sua oitava edição, a feira é palco das maiores inovações e o que há de mais tecnológico no mercado e promovido pela empresa Meta Consultoria Agrícola, com apoio do Sindicato Rural de Canarana e Prefeitura Municipal. 

Foto: Empaer

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA